Você está na página 1de 19

Agrupamento de Escolas nº1 de Serpa

Ano letivo 2014/2015

A queda do
Muro de Berlim

Trabalho elaborado por:


Docente: Vitória Lopes
-Ana Soares, nº3
Disciplina: História
-Inês Santo António, nº10
Índice
Introdução………………………………………………...…...….Slide 3
Muro de Berlim…………………………………..………...…..Slide 4-7
• Construção do Muro e RDA……………………………....…..Slide 4
• Constituição do Muro de Berlim…………………..……......Slide 5-7
Razões que levaram à Construção do Muro de Berlim……….Slide 8-10
Construção do Muro de Berlim………………………….......Slide 11-14
• Rumo à Construção do Muro de Berlim……………….....Slide 11-12
• Construção do Muro de Berlim…………………….….....Slide 13-14
Queda do Muro de Berlim…………………………….....….Slide 15-16
Conclusão…………………………………………….......….Slide 17-18
Bibliografia………………………………………………….......Slide 19
Introdução
O tema do nosso trabalho é o Muro de Berlim.
Escolhemos este tema porque nos despertou interesse e porque
desconhecemos este acontecimento e assim pretendemos
aprofundar o nosso conhecimento sobre o mesmo.
Neste trabalho vamos abordar não só o que foi o Muro de Berlim,
mas também as razões que levaram à sua construção e à queda do
mesmo.
Muro de Berlim
O Muro de Berlim foi uma construção
erguida em 1961 pelo regime socialista
da hoje extinta República Democrática
Alemã (RDA), também conhecida
como Alemanha Oriental, que se
destinava a separar as duas áreas da
cidade de Berlim, à época dividida num
setor capitalista e outro socialista.

Brasão da RDA
Muro de Berlim
A construção deste abominável símbolo da Guerra Fria iniciou-se
a 13 de agosto de 1961. Este possuía cercas eléctricas, valas e
cerca de 300 torres de vigilância com polícias e soldados da
Alemanha Oriental que impediam ou matavam quem o tentasse
ultrapassar.
Muro de Berlim

Fig. 1 - Início da Construção do Muro

Fig. 2 – Indivíduo a ser atacado ao


tentar ultrapassar o Muro
Muro de Berlim
Estendia-se por 37 quilómetros dentro da zona urbana da cidade
de Berlim que tinha cerca de 3 milhões de habitantes,
desrespeitando estradas, casas e outras infraestruturas.

Fig. 3 - Construção do Muro Fig. 4 - Muro Finalizado


Porquê a Construção do Muro de
Berlim?
As origens da construção do muro encontram-se no fim da
Segunda Guerra Mundial, com a derrota da Alemanha e sua
consequente ocupação pelas forças aliadas. Cada país vencedor
(EUA, Inglaterra, França e URSS) "herdou" um setor da cidade
de Berlim, e desse modo foram criados um setor americano, um
inglês, um francês e outro soviético.

Fig. 5 – Notícia sobre a vitória dos Aliados


Porquê a Construção do Muro de
Berlim?
Fim da 2º Guerra Mundial

Derrota da Alemanha com a


vitória da:

EUA Inglaterra França URSS


Porquê a Construção do Muro de
Berlim?
Os três primeiros uniram-se para formar a área da cidade que
adotaria o regime capitalista, Berlim Ocidental, que seria anexada
à nascente RFA-República Federal da Alemanha (a capitalista
Alemanha Ocidental). O lado soviético daria origem a Berlim
Oriental, que se tornaria a capital da Alemanha Oriental. RDA
correspondia à República Democrática Alemã.
Construção do Muro de Berlim
Esta situação gerou uma configuração inusitada dentro da
Alemanha dividida, pois o setor capitalista de Berlim estava
mergulhado em território da Alemanha Oriental, formando
assim, um enclave capitalista dentro do país socialista,
complicando as comunicações de Berlim Ocidental com seu
próprio país.

A dificuldade acentuou-se quando se lançou o Plano


Marshall, destinado a ajudar economicamente todos os
países europeus do bloco capitalista afetados pela guerra,
pois Estaline, contrariado pela negativa de cobertura do
plano aos países socialistas, resolve impôr um bloqueio a
Berlim Ocidental, fechando todas as vias de comunicação.
Construção do Muro de Berlim
O objetivo da Rússia era forçar os aliados a abandonar o controlo
do seu setor, porém, tal manobra não deu os resultados desejados,
pois os americanos quebraram o bloqueio através de rotas aéreas
destinadas a abastecer e manter o “status” de Berlim Ocidental.

Fig. 6 - Oposição entre


RDA e RFA
Construção do Muro de Berlim
Após 1949, a situação parecia ter acalmado e Berlim mantinha as
suas duas fronteiras divididas e tão cercadas e vigiadas quanto
outros importantes pontos ao longo da Cortina de Ferro. A
situação complica novamente no início da década de 1960, pois
houve um aumento expressivo no número de cidadãos do lado
oriental que "passavam" para o lado ocidental, alarmando as
autoridades da Alemanha Oriental.
Construção do Muro de Berlim
Na busca de evitar qualquer possível contato com o mundo
capitalista é então construído o Muro de Berlim (Muro da
Vergonha) que iria manchar indelevelmente a imagem dos
regimes de esquerda europeus. Por trás da construção do muro
estava Walter Ulbricht, secretário geral do partido comunista da
Alemanha Oriental, o dirigente de facto do país e Nikita
Kruschev, dirigente soviético, que viram em sua construção um
modo de desafiar os EUA.
Durante sua existência, a vigilância ferrenha promovida pelas
tropas orientais seria responsável pelas mortes de muitos que
desafiaram o regime oriental e decidiram ultrapassá-lo.
Queda do Muro de Berlim
Com o colapso da União Soviética e dos seus satélites no Leste
Europeu, o Muro começa a ser derrubado em 9 de novembro de
1989, acabando com um dos símbolos máximos da opressão dos
regimes socialistas.
A sua destruição é também um símbolo do fim da Guerra Fria e o
marco zero da unificação da Alemanha em apenas uma nação.
Naquela noite, os Alemães festejavam de alegria enquanto várias
faixas do Mundo foram cortadas e deitadas a baixo.
Queda do Muro de Berlim

Fig. 7 - Pessoas a ultrapassar o Muro


para ir ter com os seus familiares e
amigos
Fig. 8 - “Berlin Wall Tumbles”
– (“Muro de Berlim Cai”)
Conclusão
Com a realização deste trabalho, concluímos que o Muro de
Berlim foi um momento importante na história alemã e uma
construção erguida em 1961 pelo regime socialista da hoje extinta
República Democrática Alemã (RDA), o qual foi um abominável
símbolo da Guerra Fria e que se iniciou a 13 de agosto de 1961.
As razões que levaram à construção deste Muro foram a derrota da
Alemanha na 2ª Guerra Mundial e sua consequente ocupação por cada
país vencedor (EUA, Inglaterra, França e URSS).
Os três primeiros uniram-se para formar a RFA-República
Federal da Alemanha (a capitalista Alemanha Ocidental).
O lado soviético daria origem a Berlim Oriental, que se tornaria a
capital da Alemanha Oriental, ou seja, a RDA-República
Democrática Alemã. Uma vez que a Alemanha estava dividida e
havia cidadãos a “passar” do lado oriental para o ocidental, o
Muro foi construído e em 8 de Novembro de 1989 foi destruído,
trazendo uma enorme alegria à população alemã.
Bibliografia
• Holland Julian e Brooke Normal; História Universal
Comparada; Correio da Manhã; Dezembro de 2000.
• Maia Cristina e Brandão Isabel Paulos; Viva a História!; Porto
Editora; 2011.
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Muro_de_Berlim