Você está na página 1de 38

Hidrologia Estatística

• Estatística descritiva
• A curva de permanência
• Vazões máximas
• Vazões mínimas
Estatística descritiva
• Média
• Desvio padrão
• Mediana
• Quantis
Média
n

x i
x i 1

n
Média mensal
Desvio padrão

 x 
n
2
i x
s i 1

n 1

Indica a variabilidade em torno da média


Mediana
• Valor superado em 50% dos pontos da
amostra ou da população.
• Valor da mediana relativamente próximo à
média, mas não igual
A curva de permanência
• O que é isto?
• Histograma de freqüência de vazões
• Curva de permanência
Exemplo: Análise estatística de dados
Número Nome Altura (cm)
1 Pedro Cabral 185
2 Charles Darwin 174
3 Leonardo da Vinci 173
4 Getúlio Vargas 161
5 Oscar Schmidt 205
6 Chico Mendes 169
7 Seu Creysson 168
..
...
N Elvis Presley 180
Exemplo: Análise estatística de dados
Intervalo Contagem
<150 0
150 a 155 3 Histograma
155 a 160 10
160 a 165 43

Contagem
165 a 170 120
170 a 175 134
175 a 180 76
180 a 185 23
185 a 190 16
altura
190 a 195 13
195 a 200 6
200 a 205 1
Exemplo: Análise estatística de dados
Intervalo (cm) Contagem Contagem Acumulada
<150 0 0
150 a 155 3 3
155 a 160 10 13
160 a 165 43 56
165 a 170 120 176
170 a 175 134 310
175 a 180 76 386
180 a 185 23 409
185 a 190 16 425
190 a 195 13 438
195 a 200 6 444
200 a 205 1 445
Total = 445
Exemplo: Análise estatística de dados
Intervalo (cm) Contagem Contagem Acumulada Acumulada relativa
<150 0 0 0/445 = 0,00
150 a 155 3 3 3/445 = 0,01
155 a 160 10 13 13/445 = 0,03
160 a 165 43 56 56 /445 = 0,13
165 a 170 120 176 176 /445 = 0,40
170 a 175 134 310 310 /445 = 0,70
175 a 180 76 386 386 /445 = 0,87
180 a 185 23 409 409 /445 = 0,92
185 a 190 16 425 425 /445 = 0,96
190 a 195 13 438 438 /445 = 0,98
195 a 200 6 444 444 /445 = 1,0
200 a 205 1 445 445 /445 = 1,0
Exemplo: Análise estatística de dados
Intervalo (cm) Acumulada relativa Probabilidade de uma pessoa ser menor
<150 0,00 0%
150 a 155 0,01 1%
155 a 160 0,03 3%
160 a 165 0,13 13 %
165 a 170 0,40 40 %
170 a 175 0,70 70 %
175 a 180 0,87 87 %
180 a 185 0,92 92 %
185 a 190 0,96 96 %
190 a 195 0,98 98 %
195 a 200 1,00 100 %
200 a 205 1,00 100 %
Exemplo: Análise estatística de dados
Intervalo Acumulada Probabilidade de uma pessoa
(cm) relativa ser menor
<150 0,00 0%
150 a 155 0,01 1%
100 %
155 a 160 0,03 3%

Probabilidade
160 a 165 0,13 13 %
165 a 170 0,40 40 %
170 a 175 0,70 70 %
175 a 180 0,87 87 %
180 a 185 0,92 92 %
Altura
185 a 190 0,96 96 %
190 a 195 0,98 98 %
195 a 200 1,00 100 %
200 a 205 1,00 100 %

Se uma pessoa for escolhida aleatoriamente da


população, a chance de que esta pessoa seja menor
do que 195 cm é de 98 %.
Transformar hidrograma em
histograma

Vazão
Contagem

Cada dia é um ponto amostral


O período completo é a amostra
Transformar hidrograma em
histograma

100 %
Probabilidade

Vazão
Cada dia é um ponto amostral
O período completo é a amostra
Como fazer na prática
• Planilha EXCEL ou equivalente
Curva de permanência de vazões
Curva de permanência de vazões
Curva de permanência de vazões

Q90 = 40 m3/s

A vazão deste rio é superior a 40 m3/s em 90 % do tempo.


Importância da curva de permanência

• Algumas vazões da curva de permanência


(por exemplo a Q90) são utilizadas como
referências na legislação ambiental e de
recursos hídricos.
• As ações e legislações existentes, nos Sistemas Estaduais
de Gestão de Recursos Hídricos, apresentam critérios de
estabelecimento de uma “vazão ecológica”, que visa evitar
que o rio seque pelo excesso de uso.
• Nesta forma de proceder, escolhe-se uma vazão de
referência (baseada na curva de permanência de vazões ou
num ajuste de probabilidade de ocorrência de vazões
mínimas, Q90 ou Q7,10, por exemplo) e arbitra-se um
percentual máximo desta vazão que pode ser outorgado. O
restante da vazão de referência é considerado como sendo
a “vazão ecológica”.
Vazões de referência, máximas outorgáveis e
remanescentes definidas por órgãos ambientais de
Estados brasileiros

ESTADO Vazão de referência Vazão Máxima Outorgável Vazão Remanescente

PR 50% Q7,10 50% Q7,10


Q7,10
MG 30% Q7,10 70% Q7,10
PE
80% Q90 20% Q90
BA
PB Q90
RN 90% Q90 10% Q90
CE
Importância para geração de energia
P   QHe
P = Potência (W)
 = peso específico da água (N/m3)
Q = vazão (m3/s)
H = queda líquida (m)
e = eficiência da conversão de energia hidráulica em elétrica

e depende da turbina; do gerador e do sistema de adução


0,76 < e < 0,87
Importância para geração de energia

P   QHe

excesso

déficit
Energia Assegurada
• Energia Assegurada é a energia que pode
ser suprida por uma usina com um risco de
5% de não ser atendida, isto é, com uma
garantia de 95% de atendimento.
• Numa usina com reservatório pequeno, a
energia assegurada é definida pela Q95
• A empresa de energia será remunerada pela
Energia Assegurada
Curva de permanência de vazões

40 m3/s
Exemplo
Uma usina hidrelétrica será construída em um rio com a curva de
permanência apresentada abaixo. O projeto da barragem prevê uma
queda líquida de 27 metros. A eficiência da conversão de energia
será de 83%. Qual é a energia assegurada desta usina?
Uma usina hidrelétrica será construída em um rio com a curva de
permanência apresentada abaixo. O projeto da barragem prevê uma
queda líquida de 27 metros. A eficiência da conversão de energia
Q95 = 50 m3/s será de 83%. Qual é a energia assegurada?
H = 27 m
e = 0,83 P   QHe
 = 1000 kg/m3 . 9,81 N/kg

P = 9,81.50.27.0,83.1000

P = 11 MW
Importância da curva de permanência

• Forma da curva de permanência permite


conhecer melhor o regime do rio.
Forma da curva de permanência

Área; geologia; clima; solos; vegetação; urbanização; reservatórios


Exercício
• Uma usina hidrelétrica foi construída no
rio Correntoso, conforme o arranjo da
figura abaixo. Observe que a água do
rio é desviada em uma curva, sendo que
a vazão turbinada segue o caminho A
enquanto o restante da vazão do rio (se
houver) segue o caminho B, pela curva.
A usina foi dimensionada para turbinar
a vazão exatamente igual à Q95. Por
questões ambientais o IBAMA está
exigindo que seja mantida uma vazão
não inferior a 20 m3/s na curva do rio
que fica entre a barragem e a usina.
Considerando que para manter a vazão
ambiental na curva do rio é necessário,
por vezes, interromper a geração de
energia elétrica, isto é, a manutenção da
vazão ambiental tem prioridade sobre a
geração de energia, qual é a
porcentagem de tempo em que a usina
vai operar nessas novas condições,
considerando válida a curva de
permanência da figura que segue?