Você está na página 1de 59

Trajetória do Espírito Santo

Gênesis 1:2
2 - E a terra era sem forma e vazia; e
havia trevas sobre a face do abismo; e o
Espírito de Deus se movia sobre a face
das águas.
Gênesis 6:33 - Então disse o SENHOR:
Não contenderá o meu Espírito para
sempre com o homem; porque ele
também é carne; porém os seus dias
serão cento e vinte anos.
Trajetória do Espírito Santo
Gênesis 41:38
José 38 - E disse Faraó a seus servos:
Acharíamos um homem como este em quem
haja o Espírito de Deus?

Sansão Juízes 14:6 - Então o Espírito do


SENHOR se apossou dele tão poderosamente
que despedaçou o leão, como quem
despedaça um cabrito, sem ter nada na sua
mão; porém nem a seu pai nem a sua mãe
deu a saber o que tinha feito.
Trajetória do Espírito Santo
Salmos 51:11
11 - Não me lances fora da tua presença, e
não retires de mim o teu Espírito Santo.
II Samuel 23:1-2
1 - E ESTAS são as últimas palavras de Davi:
Diz Davi, filho de Jessé, e diz o homem que foi
levantado em altura, o ungido do Deus de
Jacó, e o suave em salmos de Israel.
2 - O Espírito do SENHOR falou por mim, e a
sua palavra está na minha boca.
Trajetória do Espírito Santo

João 1:32
32 - E João testificou, dizendo: Eu vi o Espírito
descer do céu como pomba, e repousar sobre
ele.
João 14:16
16 - E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro
Consolador, para que fique convosco para
sempre;
Na lição de hoje, estudaremos o
propósito do fruto do Espírito. Nas
Escrituras Sagradas, o vocábulo fruto tem
muitos significados que podem ser
utilizados para designar nossas ações e
motivos. Veremos que Jesus, nosso
Salvador, morreu e ressuscitou para nos
ensinar o valor de uma vida frutífera
(João 12:24 - Na verdade, na verdade
vos digo que, se o grão de trigo,
caindo na terra, não morrer, fica ele
só; mas se morrer, dá muito fruto.).
Nós somos fruto do sacrifício de
Cristo na cruz do Calvário, logo temos
a responsabilidade de frutificar para
a glória de Deus.
1. O que significa ser controlado pelo
Espírito? Significa ser cheio do Espírito
Santo diariamente, não somente aos
domingos (Efésios 5:18 - E não vos
embriagueis com vinho, em que há
contenda, mas enchei-vos do Espírito;).
Se quisermos viver de modo a agradar a
Deus e produzir frutos para a sua glória,
precisamos cumprir o imperativo bíblico
registrado em Efésios 5.18: "[...] Mas
enchei-vos do Espírito
O verbo encher aqui remete também a
ser controlado, dominado, de modo que
a pessoa não tem mais vontade própria.
Quando somos controlados pelo Espírito
Santo, os nossos pensamentos, ações e
vontades passam a ser conduzidos por
Ele. É lamentável, mas infelizmente
muitos crentes não buscam mais o poder
do Espírito Santo, pois estão mais
preocupados com os bens desse mundo.
Jesus nos advertiu a respeito de juntar
tesouros na terra e não no céu . Mateus
6:19-20 - Não ajunteis tesouros na terra,
onde a traça e a ferrugem tudo
consomem, e onde os ladrões minam e
roubam;
20 - Mas ajuntai tesouros no céu, onde
nem a traça nem a ferrugem consomem,
e onde os ladrões não minam nem
roubam.
2. Um viver santo. O Espírito Santo nos
ajuda a ter uma compreensão melhor de
Deus e do seu Reino. Ele deseja nos
ensinar a viver em novidade de vida, em
santidade, mesmo habitando em um
mundo corrompido pelo pecado e
dominado pelo InimigoI Corintios 2:10-15
10 - Mas Deus no-las revelou pelo seu
Espírito; porque o Espírito penetra todas
as coisas, ainda as profundezas de Deus.
11 - Porque, qual dos homens sabe as
11 - Porque, qual dos homens sabe as
coisas do homem, senão o espírito do
homem, que nele está? Assim também
ninguém sabe as coisas de Deus, senão o
Espírito de Deus.
12 - Mas nós não recebemos o espírito
do mundo, mas o Espírito que provém de
Deus, para que pudéssemos conhecer o
que nos é dado gratuitamente por Deus.
13 - As quais também falamos, não com
palavras de sabedoria humana, mas com as
que o Espírito Santo ensina, comparando as
coisas espirituais com as espirituais.
14 - Ora, o homem natural não
compreende as coisas do Espírito de Deus,
porque lhe parecem loucura; e não pode
entendê-las, porque elas se discernem
espiritualmente.
15 - Mas o que é espiritual discerne bem
tudo, e ele de ninguém é discernido.
Para que uma planta produza frutos ela
precisa alcançar um determinado nível
de maturação; isso também ocorre com o
crente (Efésios 4:13 - Até que todos
cheguemos à unidade da fé, e ao
conhecimento do Filho de Deus, a
homem perfeito, à medida da estatura
completa de Cristo,). Esse nível de
crescimento e maturação só pode ser
alcançado com a ajuda e a ação do
Espírito Santo.
A vida frutífera é para os "maduros".
Quando os anos passam e o crente não
alcança a maturidade espiritual, ele se
torna vulnerável ao pecado e a todo
vento de doutrina, sendo enganado pela
astúcia dos que alegam falar em nome de
Deus (Efésios 4:14 - Para que não
sejamos mais meninos inconstantes,
levados em roda por todo o vento de
doutrina, pelo engano dos homens que
com astúcia enganam fraudulosamente.).
3. A verdadeira comunhão. Você deseja
ter uma vida de comunhão com Deus?
Então invista tempo no seu
relacionamento com Ele (Oséias 6:3
3 - Então conheçamos, e prossigamos
em conhecer ao SENHOR; a sua saída,
como a alva, é certa; e ele a nós virá
como a chuva, como chuva serôdia que
rega a terra.). Ore, jejue e adore ao
Senhor.
A comunhão com Deus vai gerar em nós
frutos excelentes que evidenciarão que
o Pai habita em nós. Jesus ordenou que
seus discípulos fossem para Jerusalém
para serem revestidos de poder (Atos
1:8 - Mas recebereis a virtude do
Espírito Santo, que há de vir sobre vós;
e ser-me-eis testemunhas, tanto em
Jerusalém como em toda a Judéia e
Samaria, e até aos confins da terra.At
1.8).
Ele sabia que, para dar
continuidade à sua obra e
produzir bons frutos, os
discípulos precisariam desse
revestimento de poder.
1. O que é caráter? Segundo o Dicionário
Houaiss, é a "qualidade inerente a um
indivíduo, desde o nascimento;
temperamento, índole." Nossas ações e
frutos identificam o caráter de Cristo em
nós. Quem pela fé recebe a Jesus Cristo
como Salvador passa por uma
transformação interior, recebendo uma
nova vida, ou seja, uma nova maneira de
pensar e agir
(II Corintios 5:17 - Assim que, se
alguém está em Cristo, nova
criatura é; as coisas velhas já
passaram; eis que tudo se fez
novo.). O caráter de Cristo é
evidenciado em nossas vidas por
nossas ações.
2. Caráter gerado pelo Espírito Santo. O
Senhor Jesus afirmou que o Espírito
Santo habitaria em nós (Jo 14.17). Ele,
em nós, faz com que a nossa natureza
adâmica seja destronada. O velho "eu"
morre, por isso, temos condição de
negarmos a nós mesmos (Mt 16.24).
Precisamos ter consciência de que o
Espírito Santo trabalha em nós, não
somente para nos conceder dons e
talentos, mas para nos transformar.
Infelizmente, muitos não dão
lugar ao Espírito, impedindo
que Ele os transforme. O
Consolador trabalha em nós à
medida que lhe permitirmos.
Deixe o Consolador
transformar todo o seu ser.
3. Um novo estilo de vida. Viver em
novidade de vida não é fácil, pois o
caminho que conduz a Jesus Cristo é
apertado e exige renúncia (Mt 7.14).
Infelizmente, muitos estão pregando
um pseudo evangelho que não exige
mais renúncia e nem mudança de vida.
Não podemos concordar com os falsos
ensinos e os falsos discursos que têm
sido disseminados, em especial nas
redes sociais.
Jesus disse que os falsos profetas têm
roupas de ovelhas, mas são harpagês,”
indivíduo avarento” isto é, são como
aves de rapina, logo precisamos ter
cuidado (Mateus 23:25 - Ai de vós,
escribas e fariseus, hipócritas! pois que
limpais o exterior do copo e do prato,
mas o interior está cheio de rapina e de
iniqüidade. ).
O alvo deles é destruir o rebanho
do Senhor e impedir que venhamos
alcançar a vida eterna. Muitos, sob
a influência de Satanás, estão
operando sinais e prodígios,
imitando as obras de Cristo, porém
seus frutos revelam que não
pertencem a Jesus Cristo.
Como identificar o crente autêntico?
Ele pode ser identificado não por
aquilo que possui, mas por aquilo que
é. Suas ações precisam revelar que ele
está em Jesus Cristo (João 15:4 - Estai
em mim, e eu em vós; como a vara de
si mesma não pode dar fruto, se não
estiver na videira, assim também vós,
se não estiverdes em mim. ). Lembre-
se: não se conhece uma árvore pelas
folhas, mas sim pelos frutos.
1. O propósito do fruto. Você não foi
salvo para somente frequentar a igreja,
mas para revelar Cristo ao mundo por
intermédio de um viver santo, justo, em
meio a uma sociedade comprometida
pelo pecado (Filipenses 2:15 - Para que
sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de
Deus inculpáveis, no meio de uma
geração corrompida e perversa, entre a
qual resplandeceis como astros no
mundo; ).
Fomos "retirados" do mundo para que
sejamos testemunhas (Isaías 43:10 - Vós
sois as minhas testemunhas, diz o
SENHOR, e meu servo, a quem escolhi;
para que o saibais, e me creiais, e
entendais que eu sou o mesmo, e que
antes de mim deus nenhum se formou, e
depois de mim nenhum haverá. ).
Você foi chamado para ser "luz" do
mundo e "sal" da terra (Mateus 5:14-15
14 - Vós sois a luz do mundo; não se
pode esconder uma cidade edificada
sobre um monte; 15 - Nem se acende a
candeia e se coloca debaixo do alqueire,
mas no velador, e dá luz a todos que
estão na casa.). Porém, não adianta
pregar o Evangelho de Cristo e não viver
segundo os princípios do Reino
(Mateus 5:1-12
1 - E JESUS, vendo a multidão, subiu a um monte, e,
assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;
2 - E, abrindo a sua boca, os ensinava, dizendo:
3 - Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é
o reino dos céus;
4 - Bem-aventurados os que choram, porque eles serão
consolados;
5 - Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a
terra;
6 - Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
porque eles serão fartos;
7 - Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles
alcançarão misericórdia;
8 - Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles
verão a Deus;
9 - Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão
chamados filhos de Deus;
10 - Bem-aventurados os que sofrem perseguição por
causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
11 - Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e
perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós
por minha causa.
12 - Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão
nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram
antes de vós.). Você precisa viver aquilo que
prega e ensina se deseja uma vida e
ministério frutíferos.
2. Uma vida produtiva. O crente precisa
ter uma vida espiritual frutífera para que
não seja arrancado, ceifado (João 15:2
2 - Toda a vara em mim, que não dá
fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá
fruto, para que dê mais fruto. ). Quando
um galho é cortado e não é
imediatamente enxertado, ou
replantado, seca e morre.
Você tem produzido frutos ou sua vida
está como um galho seco? Nossos frutos
revelam que pertencemos a Cristo e o
quanto aprendemos com o Ele (Lucas
6:40 - O discípulo não é superior a seu
mestre, mas todo o que for perfeito será
como o seu mestre.
João 15:8 - Nisto é glorificado meu Pai,
que deis muito fruto; e assim sereis
meus discípulos.; ).
3. O que fazer para manter a
produtividade? Um bom agricultor se
preocupa com o plantio, com o cultivo e
com a produção de fruto. Para que a
lavoura tenha um bom desenvolvimento,
o agricultor precisa adubar a terra, regar
as sementes e retirar as ervas daninhas.
É preciso investimento financeiro e
muito trabalho.
Nós também temos um Pai que cuida de
nós para que venhamos a frutificar (João
15:1-5
1 - EU sou a videira verdadeira, e meu
Pai é o lavrador.
2 - Toda a vara em mim, que não dá
fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá
fruto, para que dê mais fruto.
3 - Vós já estais limpos, pela palavra que
vos tenho falado.
4 - Estai em mim, e eu em vós; como a
vara de si mesma não pode dar fruto, se
não estiver na videira, assim também
vós, se não estiverdes em mim.
5 - Eu sou a videira, vós as varas; quem
está em mim, e eu nele, esse dá muito
fruto; porque sem mim nada podeis
fazer. ). Isso significa que algumas vezes
somos "podados", ou seja, passamos por
aflições e dificuldades.
As aflições não são para nos
destruir, mas contribuem para
que venhamos nos tornar
pessoas mais fortes, capazes
de produzir frutos em
abundância.
Precisamos ter uma vida frutífera e
para isso precisamos estar ligados à
Videira. O propósito dos frutos é
glorificar ao Pai: "Nisto é glorificado
meu Pai; que deis muito fruto; e assim
sereis meus discípulos"(Jo 15.8).
Busque ter um relacionamento pessoal
com Cristo, seja cheio do Espírito Santo
e produza muitos frutos para a glória
de Deus.