Você está na página 1de 24

Economia

Unidade Letiva 1

Crescimento e
Desenvolvimento
1.2 O crescimento económico moderno
Crescimento e Desenvolvimento

CRESCIMENTO ECONÓMICO MODERNO

Fenómeno que corresponde à fase entre CRESCIMENTO


o final da Segunda Guerra Mundial
«O crescimento a longo prazo da capacidade de
(1939-1945) e a década de 1970, em
prover a sua população de bens económicos cada
que o crescimento de algumas
vez mais diversos, a qual se baseia no avanço da
economias atingiu valores muito tecnologia e nas adaptações institucionais e
elevados. ideológicas que ela requer». (Simon Kuznetz)

Foi alcançado pelos países de várias formas. No


entanto, podem identificar-se alguns fatores idênticos

Atividade que se podem considerar como fontes de


pág. 18 crescimento económico.
Crescimento e Desenvolvimento

FONTES DE CRESCIMENTO ECONÓMICO

Aumento da dimensão dos mercados


(interno e externo).

FONTES DE CRESCIMENTO Investimento em capital


ECONÓMICO (físico e humano).

Progresso técnico.
Crescimento e Desenvolvimento

Aumento da dimensão dos mercados (interno e externo)

Aumento da dimensão dos mercados

Aumentar a capacidade de produção requer investimento e aumento da Procura Interna e


da Procura Externa.

aumento dos habitantes


(crescimento populacional)
Aumento da
aumento do poder de compra
Procura Interna
dos seus habitantes

O aumento do número de habitantes pode não dar origem ao


aumento da Procura Interna se não estiver associado ao aumento
do poder de compra.
Crescimento e Desenvolvimento

Aumento da dimensão dos mercados (interno e externo)

Procura Externa (exportações)

Procura efetuada pelo Resto do Mundo, o que significa que uma maior
abertura ao Exterior pode dar origem a um aumento da Procura Externa.

Exportações líquidas

(Valor das Exportações - Valor das Importações de bens e serviços)


Crescimento e Desenvolvimento

Contributos para a evolução do PIB em Portugal

Jornal Público, 2014, in www.publico.pt


Atividade
págs. 19 e 20
Crescimento e Desenvolvimento

Investimento em capital (físico e humano)

Investimento em capital físico Investimento em capital humano

Aquisição de equipamentos, de
Aplicação de recursos na melhoria
viaturas, de infraestrutura, o que
dos conhecimentos e das
dá origem ao aumento da
qualificações que os trabalhadores
capacidade produtiva das
adquirem através da sua
empresas e, consequentemente,
experiência profissional ou da
do país.
educação formal.

Fundamental para o crescimento económico,


pois é necessário investir na qualificação dos

Atividade trabalhadores para aumentar a produtividade


pág. 21 do trabalho.
Crescimento e Desenvolvimento

Progresso técnico

Capacidade de inovação das sociedades, que ocorre através das


alterações no processo produtivo e/ou através da introdução de novos
bens e de novos serviços na sociedade.

Ao investimento em educação e formação


profissional.
DEVE-SE
Ao apoio do Estado aos processos de
investigação e de desenvolvimento (I&D).

Atividade
pág. 22
Crescimento e Desenvolvimento

CARATERÍSTICAS DO CRESCIMENTO ECONÓMICO MODERNO

Inovação tecnológica, Modificação do


aumento da produção modo de organiza-
e da produtividade e ção da atividade
diversificação da pro- económica.
dução.

Alteração da estru- Melhoria do nível de vida.

tura da atividade
económica.
Crescimento e Desenvolvimento

Inovação tecnológica

Aumento da produção e da produtividade e


diversificação da produção.

Permite aumentar a produção e a Os bens podem ser colocados no mercado a


produtividade, contribuindo para se preços mais baixos, o que permite
produzirem mais bens e a custos mais generalizar o seu consumo a toda a
baixos. população.

Atividade
pág. 23
Alteração da estrutura da atividade económica

ANTES

Setor primário predominava em termos de produção e de emprego.


Revolução
Industrial
(século XVIII)
DEPOIS
Setor secundário passou a liderar ao nível da produção e do
emprego.

ATUALMENTE

Setor terciário passou a liderar em termos de população TERCIARIZAÇÃO


DA ECONOMIA
empregada e de contribuição para o PIB.
Crescimento e Desenvolvimento

População empregada por setores de Peso dos setores de atividade no PIB,


atividade económica, em Portugal em Portugal

INE, in www.ine.pt
INE, in www.ine.pt

Atividade
págs. 24 e 25
Crescimento e Desenvolvimento

Modificação do modo de organização da atividade económica

Transformações ao nível

das empresas

da concorrência

do papel do Estado

Transformações ao nível das empresas

Fusão das empresas Aumento da dimensão das empresas

Incorporação Maior produção, custos de produção mais baixos e


com preços mais competitivos, o que lhes permitiu
Concentração
atuar em mercados cada vez mais globais.
Crescimento e Desenvolvimento

Transformações ao nível das empresas

O número de pequenas e médias empresas


(PME) aumentou.

Estas empresas, subcontratadas por outras empresas, têm capacidade de


se adaptar rapidamente às exigências do mercado, mas dificuldades de
financiamento e de entrada nos mercados internacionais.

Atividade
pág. 26
Crescimento e Desenvolvimento

Concorrência

À abertura dos mercados nacionais (OMC)

À intensificação do processo de integração económica


O aumento da concorrência
entre empresas está
Ao aparecimento de economias emergentes
associado

À deslocalização das produções dos países mais


desenvolvidos para as economias emergentes ou
para outros países

Atividade
págs. 27 e 28
Crescimento e Desenvolvimento

Papel do Estado

O Estado passou a intervir mais na sociedade, alargando as suas funções


sociais e económicas.

Dinamizar a economia,
Garantir a satisfação de
Prestações sociais ‒ Portugal estimulando a iniciativa privada,
necessidades coletivas
concedendo benefícios fiscais e
(saúde e educação) e alargou
facilitando o acesso a linhas de
o sistema de proteção social.
crédito bonificadas.
Crescimento e Desenvolvimento

Prestações sociais - Portugal

Governo de Portugal, in http://www.Portugal.gov


Atividade
pág. 29
Crescimento e Desenvolvimento

Melhoria do nível de vida

Crescimento Aumento da capacidade Aumento do rendimento médio dos


económico
produtiva indivíduos

• Dado ser um valor médio não permite identificar as


desigualdades existentes no interior de um país;
Indicadores habitualmente utilizados
na avaliação do nível de vida
• nas comparações internacionais, para anular as

• o PIB per capita; diferenças de preços utiliza-se o PIB per capita expresso
em paridades de poder de compra (PPC);
• a estrutura das despesas de consumo.
• entre os países existem grandes diferenças culturais de
que não nos apercebemos quando utilizamos estes
indicadores.
Atividade
pág. 30
Crescimento e Desenvolvimento

Melhoria do nível de vida

A estrutura do consumo avalia as alterações dos gastos de consumo das Famílias.

O aumento do Rendimento por habitante implica a perda de peso da rubrica da alimentação e o aumento do
peso dos gastos em lazer e distração (Lei de Engel).

INE, Destaques – Orçamentos Familiares 2010/2011, junho de 2012, in www.ine.pt


Estrutura da despesa total anual média por agregado,
Portugal (em %)

Atividade
pág. 31
ÍNDICE DE BEM-ESTAR

Indicador composto que integra vários indicadores simples

Condições materiais de vida das famílias Qualidade de vida

Bem-estar económico; Saúde; balanço vida-trabalho;

vulnerabilidade económica; educação, conhecimento e competências;

trabalho e remuneração. relações sociais e bem-estar subjetivo;


participação cívica e governação;
segurança pessoal e ambiente.

INE: www.ine.pt

Atividade PORDATA: www.pordata.pt


pág. 32 OCDE: http://www.oecdbetterlifeindex.org/pt/
Crescimento e Desenvolvimento

CICLOS DE CRESCIMENTO ECONÓMICO

CICLOS ECONÓMICOS

As flutuações da atividade económica


apresentam geralmente um caráter cíclico ‒
Períodos que se repetem e que
repetem-se ao longo do tempo.
correspondem a oscilações do Produto, do
Rendimento e do emprego de uma
economia (Samuelson).
Crescimento e Desenvolvimento

Taxa de variação anual do PIB em termos reais

INE, in www.ine.pt
Crescimento e Desenvolvimento

Fases do Ciclo económico

Período ascendente do
EXPANSÃO ciclo económico.

Período descendente do
RECESSÃO ciclo económico.

Ponto alto
(prosperidade ou pico)
Pontos de viragem dos
ciclos.
Ponto baixo
(depressão ou fundo)

O padrão dos ciclos não é regular, apresentando graus de intensidade e


durações variáveis, sendo difícil fazer uma previsão.
Crescimento e Desenvolvimento

Fases do Ciclo económico

Atividade
pág. 34