Você está na página 1de 34

ARTROPLASTIA DE OMBRO

Orientador: Dr. Eduardo Kenzo


R3: Fabio Jhean S. Soares
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Artroplastia de Ombro
• Mais raras que em articulações que sustentam peso como quadril e joelho;

• Mais antigo relato data de 1893, cirurgião francês Péan;

• 1951 Neer substituiu com sucesso a cabeça umeral por uma prótese de Vitallium não
restringida com raio de curvatura de 44mm;

• Em 1974 ele desenvolveu a prótese umeral de Neer II, que foi adaptada para adaptar-se a um
componente glenóide;

• Na década de 1990, foi enfatizada a restauração da cinemática normal com localização e


orientação das superfícies anatômicas da articulação glenoumeral;

• Desde o modelo inicial de Neer em 1951 mais de 70 próteses de ombro foram desenvolvidas

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:

• Maior mobilidade do que qualquer outra articulação no corpo;

• A grande cabeça umeral articula-se contra e não dentro da pequena cavidade glenóide;

• Depende de componentes estáticos e dinâmicos para movimento e estabilidade;

• A restauração da anatomia glenoumeral o mais próximo possível do normal é essencial


para um bom resultado funcional.

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:
• A superfície articular da cabeça umeral é essencialmente esférica, com um arco de
aproximadamente 160° coberto por cartilagem articular

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:
• A espessura da cabeça umeral é de 18,4 a 23,8mm

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:
• Ângulo Colo-diáfise médio é de 45° (±5)

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:
• A margem superior da superfície articular da cabeça umeral normalmente é superior ao
pico do tubérculo entre 8 a 10mm

A manutenção desta relação é importante no


resultado funcional e desempenha uma função de
prolongamento da fixação da glenóide e na
diminuição do desgaste do polietileno

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Anatomia e Biomecânica:
• A distância da base lateral do processo coracóide à margem lateral do tubérculo maior é
chamado offset lateral do úmero.

A manutenção desta distância é importante por que


a diminuição significativa reduz os braços de
alavanca dos músculos deltoide e supra-espinhal, o
que enfraquece a abdução e prejudica a função.

Um aumento significativo causa tensão excessiva


dos tecidos moles, o que também resulta em perda
do movimento.

A reconstrução anatômica da offset da cabeça do


úmero-diáfise deve ser dentro de 4mm do normal

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Osteoartrose:
• Principal indicação para artroplastia de ombro é dor por artrose glenoumeral com
resultante perda da função que não responde ao tratamento conservador;

• Alterações Radiográficas:
• Pinçamento do espaço articular;
• Formação de osteófitos marginais;
• Podem aumentar a cabeça umeral em até o dobro do tamanho normal
• Distendem a cápsula
• Esclerose subcondral;
• Cistos

• Menos de 10% dos pacientes tem rupturas completa do manguito rotador

• Contratura do subescapular pode exigir mobilização do tendão ou alongamento por Z-


plastia

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Osteoartrose Classificação Walch :

A = CABEÇA UMERAL CENTRADA

A1 = cabeça centrada com mínima erosão.


A2 = cabeça centrada com maior erosão.

B = CABEÇA UMERAL SUBLUXADA POSTERIORMENTE

B1 = cabeça subluxada posteriormente com esclerose e


osteófitos posteriores.
B2 = cabeça subluxada posteriormente com aspecto
bicôncavo da glenoide.

C = retroversão glenoidal superior a 25°,


independentemente da sua erosão.

Avaliação dos resultados da artroplastia parcial no tratamento da


osteoartrose de ombro
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Rev. bras. ortop. vol.48 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2013
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Osteoartrose Classificação :

Complicações decorrentes do uso de âncoras metálicas em


Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos artroscopias de ombro

Rev. bras. ortop. vol.44 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2009


Artroplastia de Ombro
Indicações
• Artrite Reumatoide:

• Alterações Radiográficas:
• Osteopenia
• Erosão Peri articular

• Fixação com cimento do componente umeral geralmente é necessária por causa do


adelgaçamento cortical, amolecimento do osso esponjoso e erosões marginais na
cabeça umeral

• A erosão central da superfície glenóide pode resultar em centralização da articulação e


diminuição no volume glenóide que pode exigir enxerto ósseo esponjoso para suporte
adequado do componente glenóide

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Artrite Reumatoide:

• Se forem necessárias substituição de ombro e cotovelo ipsilateral a articulação mais


dolorosa de ser substituída primeiro;

• A melhora funcional só é obtida após terem sido substituída as duas articulações;

• Se o ombro for operado primeiramente um restritor de cimento deve ser usado para
impedir que o cimento entre no canal medular distal

• Um aumento de estresse pode ocorrer na diáfise umeral entra as extremidades dos dois
componentes

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações

• Artrose Pós-Traumática:
• Particularmente difícil devido a contratura e cicatrização dos tecidos moles
• 12% associada a lesão do nervo axilar com perda da função do deltoide

• Artropatida do Manguito Rotador:


• Forma distinta associada com lesão crônica extensa do MR
• Migração proximal do úmero em relação a glenóide, com erosão da superfície inferior
do acrômio e eburnação1 do tubérculo maior.

1= Eburnação: Transformação sofrida por um osso, da qual resulta apresentar-se ele mais duro e compacto, de superfície brilhante como a do marfim.

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Artropatia do Manguito Rotador Classificação de Sirveaux

E0 = Migração sem erosão E2 = Erosão Superior da glenóide


E1 = Erosão concêntrica da glenóide E3 = Erosão da glenóide inferior
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações
• Osteonecrose Estágios:

Estágio I – Não são visíveis ao RX ou em exames macroscópicos


Estágio II – Alterações escleróticas, remodelação óssea, esfericidade da cabeça umeral preservada
Estágio III – Colapso ou fratura do osso subcondral com perda da esfericidade
Estágio IV – Área da superfície articular colapsada, fragmento pode ser desviado intra-articularmente
Estágio V – Há alterações osteoatrósicas na cavidade glenóide

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Indicações

• Osteonecrose:

• Causas mais Comuns: Corticoterapia, Doença Falciforme, Alcoolismo e Idiopática


• Causas Menos Comuns: Disbarismo1, Doença de Gaucher2 e Lúpus Eritematoso Sistêmico
• Maioria em pacientes relativamente jovens
• Estágios II ou III tem pouca progressão da doença para cirurgia
• Estágios IV e V geralmente necessitarão de cirurgia
• Estágio IV a substituição da cabeça umeral isoladamente é satisfatória
• Estagio V necessita de um componente glenóide por causa da perda extensa da
cartilagem articular

1 = Disbarismo: é a formação de bolhas gasosas nos tecidos por rápida diminuição da pressão atmosférica ambiente.

2 = Doença de Gaucher: doença genética relacionada com o metabolismo dos lipídios. Deficiência na enzima beta-glicosidase, em
fazer a digestão do lipídio dentro da célula

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro

• CONTRAINDICAÇÕES:

• Infecções ativa ou recente


• Articulação neuropática
• Paralisia com perda completa do deltoide e do manguito rotador
• Paralisia de apenas um não contra indica pois pode ser tratado com transferências musculares
• Condição médica debilitante
• Instabilidade glenoumeral incorrigível

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica

• Hemiartroplastia:
• Escolha entre Artroplastia Total e Hemiartroplastia permanece controversa
• Quando a superfície articular da glenóide é boa, os resultados são semelhantes ao da
artroplastia total

• Vantagens:
• Mais fácil com menor tempo operatório
• Menor risco de instabilidade de ombro
• Pode ser revisada para artroplastia total, se necessário

• Desvantagens:
• Alívio menos consistente da dor
• Possibilidade de erosão da glenóide

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica

• Hemiartroplastia:
• Indicações:
• Pacientes com menos de 50 anos;
• Com ruptura maciça do manguito rotador;
• Perda óssea que impede estabilidade adequada para inserção de um componente glenóide;
• Histórico de infecção articular antigo;

• Cuidado:
• Uma vez que a glenóide não é substituída, o tamanho, o raio e a orientação da superfície articular
umeral protética devem reproduzir os da cabeça umeral biológica
• Evitar prótese umeral de cabeça grande que pode preencher demais a articulação

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Hemiartroplastia:

Subescapular

Cadeira de Praia Deltopeitoral

Identificar margens
Z-Plastia se < RI Remoção de osteófitos
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Hemiartroplastia:

Cabeça grande
Tensão de partes moles

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica

• Artroplastia Total:

• Melhor indicado em pacientes com musculatura e tendões preservados que garantem


estabilidade
• Pacientes mais idosos com acometimento da glenóide
• Melhor alívio da dor
• Maior amplitude de movimento

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Artroplastia Total:

Cadeira de Praia

Deltopeitoral
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Artroplastia Total:

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Artroplastia Total:

Componente baixo em varo Componente excessivamente alto


Tensão das partes moles Componente umeral alto demais causa
tensão da cápsula durante abdução
Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica
• Artroplastia Total:

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Técnica

• Artroplastia Total Reversa:

• Indicações:
• Paciente com lesão irreparável do MR
• Função do deltoide razoavelmente preservado
• Boa qualidade óssea glenoidal que suporte o componente reverso

• Contraindicações:
• Grave osteopenia
• Artrite reumatoide de longa data
• Taxa de complicações três vezes maior que a convencional

Reverse Total Shoulder Arthroplasty


Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Journal of the American Academy of Orthopaedic Surgeons
Artroplastia de Ombro
Técnica
Artroplastia Total Reversa:

Reverse Total Shoulder Arthroplasty


Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos
Journal of the American Academy of Orthopaedic Surgeons
Artroplastia de Ombro
Reabilitação Pós-Operatória
• Exercícios isométricos de cotovelo, punho e mão devem ser iniciados no primeiro dia pós-
operatório

• Exercícios pendulares devem ser incentivados no primeiro dia

• Elevação , RI e RE passivos devem ser aumentados antes da fase de fortalecimento

• Após a 4° semana exercícios ativos-assistidos são introduzidos, embora a RI ativa seja


limitada para preservar o Subescapular

• Não usar o braço para impulsionar o corpo antes de 6 semanas

• Com 6 semanas a tipoia é totalmente retirada e exercícios contra resistência são permitidos

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Complicações
• Instabilidade
• Pode ocorrer em qualquer direção
• Incidência de 1,2%

• Ruptura do Manguito Rotador


• Complicação mais comum com incidência de 2%

• Infecção
• São raras menos de 0,5%

• Afrouxamento do implante
• Mais comum afrouxamento do componente glenóide

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
Complicações
• Ossificação Heterotópica
• Sem diferença funcional com os não acometidos

• Rigidez
• Mais comum é a perda da RE, causado pelo tamanho excessivo dos componentes

• Fratura Périprotética
• Incidência de 0,5% a 2%
• Mais comum em pacientes com Artrite Reumatoide

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v.
Artroplastia de Ombro
• Bibliografia:

• Cirurgia Ortopédica de Campbell. 10ª ed. São Paulo, Manole,. 2007. 1v

• Complicações Decorrentes do Uso de Âncoras Metálicas em Artroscopias de Ombro.


Rev. bras. ortop. vol.44 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2009

• Reverse Total Shoulder Arthroplasty. Journal of the American Academy of Orthopaedic


Surgeons May 2009, Vol 17, No 5

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos


OBRIGADO

Ortopedia e Traumatologia, Santa Casa da Misericórdia de Santos