Você está na página 1de 25

RECUSA DE TRANSFUSÃO

SANGUÍNEA EM PACIENTES
TESTEMUNHA DE JEOVÁ
COMPONENTES
• ANA CAROLINA CREPALDI DO PRADO
• CAROLINA APARECIDA DOS SANTOS
• DAVID HENRIQUE FERREIRA DA SILVA
• PEDRO HENRIQUE CAVALCANTI DA SILVA
• SAMANTA VANESSA DA COSTA
• A LEGISLAÇÃO POSSIBILITA A CRIAÇÃO OU A EXTINÇÃO DE
DIREITOS E OBRIGAÇÕES;
• NINGUÉM SE ISENTA DE CUMPRIMENTO DA LEI ALEGANDO
DESCONHECIMENTO.
• POR ISSO, A IMPORTÂNCIA DE QUE TODAS AS PESSOAS
CONHEÇAM AS NORMAS ESPECÍFICAS DA SUA PROFISSÃO E
TAMBÉM O ORDENAMENTO JURÍDICO DO SEU PAÍS.
TESTEMUNHA DE JEOVÁ
“OS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ RECUSAM AS TRANSFUSÕES
SANGUÍNEAS E QUALQUER OUTROS DERIVADOS DO SANGUE
POR MOTIVOS RELIGIOSOS BASEADO NA BÍBLIA. PORQUE A VIDA
PARA ELES É SAGRADA E DEVE SER PROTEGIDA E PRESERVADA.
OPTANDO ASSIM, POR OUTROS TRATAMENTOS MÉDICOS.”
ENTENDIMENTO BÍBLICO
•Gênesis 9:4. Embora tivesse permitido que Noé e sua família passassem a se
alimentar de carne animal após o Dilúvio, Deus os proibiu de comer o sangue.
Ele disse a Noé: “Somente a carne com a sua alma — seu sangue — não deveis
comer. ” Desde então, isso se aplica a todos os humanos, porque todos são
descendentes de Noé.
•Levítico 17:14. “Não deveis comer o sangue de qualquer tipo de carne, porque
a alma de todo tipo de carne é seu sangue. Quem o comer será decepado da
vida. ” Para Deus, a alma, ou vida, está no sangue e pertence a Ele. Embora
essa lei tenha sido dada apenas à nação de Israel, ela mostra a importância que
Deus dava a não comer sangue.
•Atos 15:20. ‘Abstenham-se do sangue. ’ Deus deu aos cristãos a mesma
proibição que deu a Noé. A História mostra que os primeiros cristãos não
consumiam sangue, nem mesmo para fins medicinais.
O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM FRENTE À
RECUSA DE TRANSFUSÃO SANGUÍNEA POR
CONVICÇÃO RELIGIOSA.
ASPECTOS ÉTICOS
ASPECTOS ÉTICOS

CÓDIGO DE ÉTICA E LEGISLAÇÕES DE


ENFERMAGEM MAIS UTILIZADA NO DIA-A-DIA
DO PROFISSIONAL.
• CAPÍTULO I
RESPONSABILIDADE E DEVERES

ART. 5 º - EXERCER A PROFISSÃO COM JUSTIÇA, COMPROMISSO,


EQUIDADE, RESOLUTIVIDADE, DIGNIDADE, COMPETÊNCIA,
RESPONSABILIDADE, HONESTIDADE E LEALDADE.
ART. 6º - FUNDAMENTAR SUAS RELAÇÕES NO DIREITO, NA
PRUDÊNCIA, NO RESPEITO, NA SOLIDARIEDADE E NA
DIVERSIDADE DE OPINIÃO E POSIÇÃO IDEOLÓGICA.
ART. 15º - PRESTAR A ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM SEM
DISCRIMINAÇÃO DE QUALQUER NATUREZA.
ART. 17º - PRESTAR ADEQUADAS INFORMAÇÕES À PESSOA,
FAMÍLIA E COLETIVIDADE À RESPEITO DOS DIREITOS, RISCOS,
BENEFÍCIOS E INTERCORRÊNCIAS ACERCA DA ASSISTÊNCIA
DE ENFERMAGEM.
ART. 20º - COLABORAR COM A EQUIPE DE SAÚDE NO
ESCLARECIMENTO DA PESSOA, FAMÍLIA E COLETIVIDADE Á
RESPEITO DOS DIREITOS, RISCOS, BENEFÍCIOS E
INTERCORRÊNCIAS ACERCA DO SEU ESTADO DE SAÚDE E
TRATAMENTO.

PROIBIÇÕES
ART. 27º - EXECUTAR OU PARTICIPAR DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE
SEM O CONSENTIMENTO DA PESSOA OU DE SEU
REPRESENTANDO LEGAL, EXCETO EM IMINENTE RISCO DE
MORTE.
ART. 17 DO ESTATUTO DO IDOSO

AUTORIZA QUE O PACIENTE, INDEPENDENTEMENTE DO


SEU ESTADO CLÍNICO, MAIS DESDE QUE NO DOMÍNIO DE
SUAS FACULDADES MENTAIS, ESCOLHA O TRATAMENTO
DE SAÚDE QUE ENTENDER MAIS ADEQUADO.
CÓDIGO CIVIL
CONSTITUIÇÃO FEDERAL
TÍTULO II
DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS

CAPITULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
ART. 5ª - TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, SEM DISTINÇÃO DE QUALQUER
NATUREZA, GARANTINDO SEUS BRASILEIROS E SEUS ESTRANGEIROS
RESIDENTES NO PAIS A INVIOLABILIDADE DO DIREITO À VIDA, À
LIBERDADE, À IGUALDADE, À SEGURANÇA E A PROPRIEDADE NO TERMOS
SEGUINTES:
II – NINGUÉM SERÁ OBRIGADO A FAZER OU DEIXAR DE FAZER ALGUMA
COISA SE NÃO EM VIRTUDE DA LEI.
VI – INVIOLÁVEL A LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA DE CRENÇA...
• DIREITO À LIBERDADE RELIGIOSA
“TODO HOMEM TEM DIREITO À LIBERDADE DE
PENSAMENTO, CONSCIÊNCIA E RELIGIÃO; ESTE
DIREITO INCLUI A LIBERDADE DE MANIFESTAR ESSA
RELIGIÃO OU CRENÇA POR ENSINO, PELA PRÁTICA,
PELO CULTO E PELA OBSERVÂNCIA, ISOLADA OU
COLETIVAMENTE, EM PÚBLICO OU EM PARTICULAR.“
• DIREITO À PRIVACIDADE
“SÃO INVIOLÁVEIS A INTIMIDADE, A VIDA PRIVADA, A
HONRA E A IMAGEM DAS PESSOAS, ASSEGURADO O
DIREITO DE INDENIZAÇÃO PELO DANO MATERIAL OU
MORAL DECORRENTE DE SUA VIOLAÇÃO.”
MUITAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ ACEITAM TÉCNICAS DE
GERENCIAMENTO DE SANGUE AUTÓLOGO, COMO A RECUPERAÇÃO
INTRA-OPERATÓRIA DE CÉLULAS E A HEMODILUIÇÃO.
AUTÓLOGO
• AU·TÓ·LO·GO
(AUTO- + -LOGO)
ADJETIVO
• 1. RELATIVO AO PRÓPRO INDIVÍDUO.
• 2. QUE É FEITO COM MATERIAL DO CORPO DO PRÓPRIO
PACIENTE (EX.: TRANSFUSÃO AUTÓLOGA).
SANGUE AUTÓLOGO
HEMODILUIÇÃO

• SUBSTANTIVO FEMININO (HEMATOLOGIA)


• 1. AUMENTO NO VOLUME DE PLASMA EM RELAÇÃO AOS GLÓBULOS
VERMELHOS, COM A CONSEQUENTE REDUÇÃO DA CONCENTRAÇÃO
DESSES GLÓBULOS NA CIRCULAÇÃO DO SANGUE.
• 2. TÉCNICA QUE CONSISTE EM RETIRAR DE UM PACIENTE, ANTES DE
UMA CIRURGIA COM RISCO DE GRANDE PERDA SANGUÍNEA, CERCA
DE 800 ML DE SANGUE, A FIM DE PODER REINJETÁ-LO NO PRÓPRIO
PACIENTE AO TÉRMINO DA CIRURGIA OU POUCO DEPOIS.
“OPROFISSIONAL DE ENFERMAGEM RESPEITA A VIDA, A
DIGNIDADE E OS DIREITOS HUMANOS, EM TODAS AS
SUAS DIMENSÕES.”
REFERÊNCIAS
• HTTPS://DICIONARIO.PRIBERAM.ORG/AUTÓLOGO

• HTTPS://WWW.MAXWELL.VRAC.PUC-RIO.BR/15777/15777.PDF

• HTTPS://WWW.JW.ORG/PT/

• HTTPS://DELLACELLASOUZAADVOGADOS.JUSBRASIL.COM.BR/NOTICIAS/13399
2086/E-POSSIVEL-TRANSFUSAO-DE-SANGUE-EM-TESTEMUNHA-DE-JEOVA-
DECIDE-O-STJ

• HTTP://WWW.ESTUDOS-BIBLICOS.NET/16-2001.HTML

• HTTP://WWW.PLANALTO.GOV.BR/CCIVIL_03/LEIS/2002/L10406.HTM

• HTTP://WWW.CORENPB.GOV.BR/NOVO-CODIGO-DE-ETICA-DA-ENFERMAGEM-
BRASILEIRA-ENTRA-EM-VIGOR-NESTA-SEXTA-FEIRA_6195.HTML
TEATRO