Você está na página 1de 39

Eletrônica digital-aula 1

Prof. Jefferson Santana Martins


Introdução: Sinais analógicos e digitais

Sinal Analógico: pode variar continuamente


dentro de uma faixa de valores.

Sinal Digital: pode assumir apenas dois


valores (0 ou 1).
Introdução: eletrônica analógica e digital –
conceituação

A Eletrônica Analógica trabalha com sinais


que podem ter qualquer valor entre dois
limites.

EC-1 Educational Analog Computer, introduced in 1960 by Heathkit.

A Eletrônica Digital trabalha com


sinais que só podem assumir valores
discretos ou inteiros.

Intel 3D Tri-Gate (22 nm)


Introdução:
vantagens e desvantagens das técnicas digitais
Vantagens Desvantagens

• mais fáceis de projetar; • o mundo real é


• facilidade de armazenamento predominantemente analógico.
da informação;
• as operações podem ser
programadas;
• maior precisão;
• são menos afetadas por ruído;
• circuitos digitais são mais
adequados à integração.
Medidas de grandezas elétricas – DDP

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÃO DO


VOLTÍMETRO

a) Ter certeza que a tensão a ser medida


cabe dentro da escala.
b) Verificar se a tensão a ser medida é
contínua (CC, DC, ) ou alternada (CA,
AC, ).
c) Ligar SEMPRE em paralelo com a
fonte ou elemento a ser medido
Medidas de grandezas elétricas –
Corrente elétrica

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÃO DO


AMPERÍMETRO

a) Ter certeza de que a corrente a ser


medida cabe dentro da escala.
b) Verificar se a corrente a ser medida é
contínua (CC, DC, ) ou alternada
(CA, AC, ).
c) Ligar SEMPRE em série com a fonte
ou elemento a ser medido.
Medidas de grandezas elétricas –
Corrente elétrica

PROCEDIMENTO PARA LIGAÇÃO


DO OHMÍMETRO

a) Se o dispositivo a ser medido


estiver ligado no circuito, deve-se
removê-lo.
b) Não tocar com as mãos os
terminais de medição.
Dispositivos Eletrônicos: Resistores
Dispositivos Eletrônicos: Resistores

Resistores são componentes que têm por finalidade oferecer uma


oposição à passagem de corrente elétrica. A essa oposição damos o
nome de resistência elétrica, que possui como unidade o ohm (Ω ).

Símbolos Aspecto

IEC
ANSI
Dispositivos Eletrônicos: Resistores – Código de
Cores
Resistores em série
• Em um circuito elétrico, no
qual resistores são associados
em série, quando nas
extremidades do circuito é
estabelecida uma ddp, uma
corrente elétrica de mesma
intensidade passa por todos
os resistores.

• Por outro lado, ser for medida Re q  R1  R2  R3


a ddp entre as extremidades
de cada resistores, essa ddp V  V1  V2  V3
será diferente da ddp

i  i1  i2  i3
estabelecida entre as
extremidades do circuito.
http://www.falstad.com/circuit/#%24+1+5.0E-
6+10.20027730826997+50+5.0+50%0Ar+224+176+288+176+0+100.0%0Ar+288+176+352+176+0+200.0%0Ar+352+176+416+176+0+300.0%0A
w+224+176+224+240+0%0Aw+416+176+416+240+0%0Av+224+240+416+240+0+0+40.0+5.0+0.0+0.0+0.5%0A
Resistores em paralelo

• Para circuitos com resistores


associados em série, o ddp
estabelecida nas extremidades
do circuito é igual à ddp das
extremidades de cada resistor.

• De modo diferente, a corrente V  V1  V2  V3


elétrica do circuito é igual a
soma das correntes que i  i1  i2  i3
passam por cada resistor.
1 1 1 1
  
Re q R1 R2 R3
http://www.falstad.com/circuit/#%24+1+5.0E-
6+10.20027730826997+50+5.0+50%0Ar+304+144+368+144+0+100.0%0Ar+304+224+368+224+0+200.0%0Ar+304+304+368+304+0+300.0%0Aw+304+1
44+304+224+0%0Aw+368+144+368+224+0%0Aw+304+224+304+304+0%0Aw+368+224+368+304+0%0Aw+304+224+240+224+0%0Aw+240+224+240+
336+0%0Aw+368+224+432+224+0%0Aw+432+224+432+336+0%0Av+240+336+432+336+0+0+40.0+5.0+0.0+0.0+0.5%0A
Dispositivos Eletrônicos: Resistores – Montagem 1

Curva v x I para diferentes


resistores e associação de
resistores.
Dispositivos Eletrônicos: Diodos - introdução

O diodo é um componente elétrico que permite que a corrente


atravesse-o num sentido com muito mais facilidade do que no outro.

Símbolo

Seta representando a direção que o diodo deixa passar


corrente
Dispositivos Eletrônicos: Diodos - introdução

• Os átomos são constituídos de prótons, nêutrons


(no núcleo) e elétrons “orbitando” externamente ao
núcleo
Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Semicondutor
intrínseco.

• Modelo das bandas


Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Semicondutor
intrínseco.

Elétrons e Buracos

• Cada elétron excitado para a banda de condução deixa


um “buraco” na banda de valência.

• O “buraco” é ocupado por outro elétron da banda de


valência.

• Como se movem em sentido contrário ao dos elétrons


os buracos são interpretados como “cargas positivas
Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Semicondutor
do tipo N.
Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Semicondutor
do tipo P.
Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Junção PN

Elétrons se difundem Buracos se difundem


para o lado p para o lado n

Íons doadores
ou receptores

portadores

Ausência de portadores na região de depleção


Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Polarização

reversa direta
Dispositivos Eletrônicos: Diodos – Polarização
Dispositivos Eletrônicos: Diodo – Montagem 2
•O diodo emissor de luz (LED) é um componente que emite
luz quando polarizado diretamente. Para polarizar um LED
diretamente liga-se o catodo ao terra do circuito e o anodo
ao positivo, juntamente com uma resistência série que tem
como finalidade a limitação de corrente através da junção.
Quando em operação o LED apresenta uma queda de
tensão da ordem de 1,7 a 2,1V entre seus terminais (V) e
deve passar por ele uma corrente de aproximadamente
10mA a fim de que este possa emitir uma luminosidade
ideal.
Dispositivos Eletrônicos: Diodo – Montagem 3
•Usando a resistência da pele para ligar ou desligar uma chave.
Práticando 2.3 cont.
Portas lógicas

• Portas lógicas ou circuitos lógicos, são


dispositivos que operam um ou mais sinais
lógicos de entrada para produzir uma e somente
uma saída, dependente da função
implementada no circuito.

• São geralmente usadas em circuitos eletrônicos,


por causa das situações que os sinais deste tipo
de circuito podem apresentar: presença de
sinal, ou "1"; e ausência de sinal, ou "0".
Portas lógicas and, or e not

Tipo Símbolo (Norma ANSI) Símbolo (Norma IEC) Função Booleana Tabela Verdade
ENTRADA SAÍDA

A AND
A B
B

AND 0 0 0

0 1 0

1 0 0

1 1 1
ENTRADA SAÍDA

A B A OR B

OR 0 0 0

0 1 1

1 0 1

1 1 1

ENTRADA SAÍDA

NOT A NOT A

0 1

1 0

IEC=International Electrotechnical Commission


ANSI= American National Standards Institute
Portas lógicas nor, xor, nand e xnor
Função
Tipo Símbolo (Norma ANSI) Símbolo (Norma IEC) ENTRADA
Tabela Verdade
SAÍDA
Booleana
A B A NOR B

0 0 1

0 1 0
NOR
1 0 0

1 1 0
ENTRADA SAÍDA

A B A XOR B

0 0 0

XOR 0 1 1

1 0 1

1 1 0

ENTRADA SAÍDA

A B A NAND B

0 0 1
NAND 0 1 1

1 0 1

1 1 0
ENTRADA SAÍDA

A B A XNOR B

0 0 1
XNOR
0 1 0

1 0 0

1 1 1
Dispositivos eletrônicos: diodo – Lógica DL
Na lógica DL são construídas portas lógicas booleanas utilizando
apenas diodos e resistores

Vantagens

• Simplicidade

Desvantagens:

• pode apenas reproduzir as portas and e or;

• se forem colocadas várias portas lógicas do tipo DL em


cascata, os níveis de tensão elétrica caem significativamente
em cada estágio, de modo que são normalmente utilizadas em
apenas um estágio.
Dispositivos eletrônicos: diodo – Lógica DL –
montagem 3
ENTRADA SAÍDA

ENTRADA SAÍDA A B A OR B

A B A AND B 0 0 0

0 0 0 0 1 1

0 1 0 1 0 1

1 0 0 1 1 1

1 1 1
Dispositivos eletrônicos: transistor de junção
bipolar (TBJ)
Transistor é um dispositivo semicondutor no qual existem uma camada do
tipo p entre duas camadas do tipo n (transistor npn), ou uma camada do tipo
n entre duas camadas do tipo p (transistor pnp).

E = Emissor
B = Base
C= Coletor
Dispositivos eletrônicos: transistor – lógica TTL

A Lógica Transistor-Transistor (Transistor-Transistor Logic ou


simplesmente TTL) é uma classe de circuitos digitais construídos de
transistores de junção bipolar, e resistores. Isso é chamado lógica
transistor-transistor porque ocorrem ambas as funções porta lógica e de
amplificação pelos transistores. Por isso é uma família difundida de
circuitos integrados (CI), usada por muitas aplicações como
computadores, controle industrial, sintetizadores etc.

Estes circuitos têm como principal característica a utilização de sinais de 5


volts para níveis lógicos altos. Seus circuitos integrados são constituídos
basicamente de transistores, o que os torna pouco sensíveis à eletricidade
estática.
Dispositivos eletrônicos: transistor – lógica TTL

ENTRADA SAÍDA

A B A NAND B

0 0 1

0 1 1

1 0 1

1 1 0
Dispositivos eletrônicos: circuitos integrados (CI’s)

• CI’s digitais são uma coleção de resistores, diodos e transistores fabricados em


uma única peça de material semicondutor (geralmente silício), chamado de
substrato, que é comumente conhecida pela denominação de CHIP.
• Um dos tipos de encapsulamento mais comum é o dual-line-package (DIP)
que nada mais é que duas linha de pino em paralelo.
Dispositivos eletrônicos: CI’s – vantagens e limitações dos
C.I’s em relação aos circuitos com componentes discretos
Vantagens Limitações
• Redução de custos, massa e • Limitação nos valores dos resistores e
tamanho. capacitores.
• Aumento da fiabilidade. • Reduzida potência de dissipação.
• Maior velocidade de trabalho. • Limitações nas tensões de
• Redução das capacidades parasitas. funcionamento.
• Menor consumo de energia. • Impossibilidade de integração com
• Melhor manutenção. indutores (salvo se forem de valores
muitíssimo pequenos).
• Redução de stocks.
• Redução dos erros de montagem.
• Melhoria das características técnicas
do circuito.
• Simplifica ao máximo a produção
industrial.
Circuitos integrados - TTL
And de 2 entradas
Nor de 2 entradas
Circuitos integrados - TTL

Not Not- And (Nand)- 2 entradas


Circuitos integrados – montagem 4

Montar os CI’s descritos nos dois slides anteriores


Referências Bibliográficas
• BOYLESTAD, Robert L.;
NASHELSKY, Louis. Dispositivos
eletrônicos e teoria de circuitos. 8.
ed. São Paulo: Prentice Hall, 2004.
672 p.