Você está na página 1de 63

EQUILÍBRIO

IÔNICO
Equilíbrio iônico da água
• um caso muito particular de equilíbrio químico é o equilíbrio
iônico da água;
• a água sofre autoionização, mas, como é um eletrólito muito
fraco, estabelece o equilíbrio abaixo:

2 H2O(ℓ) ⇄ H3O+(aq) + OH-(aq)


ou simplesmente:
H2O(ℓ) ⇄ H+(aq) + OH-(aq)
Reação de auto-ionização da água

Friendrich Kohrausch (1840-1910)

a auto- ionização da água pura produz


concentração muito baixa de íons H3O+ e OH-

H2 O + H 2 O H3O+(aq) + OH-(aq)

K= [H 3 O +] [OH-]
K [H2O] 2 = [H3O+] [OH-]
[H2O] 2
Kw = [H3O+] [OH-]
[H2O] = 55,5 mol/L
constante de ionização da água
constante (25 ºC)
Reação de auto-ionização da água

H2 O + H 2 O H3O+(aq) + OH-(aq)

Medida de condutividade elétrica:

[H3O+] = [OH-] = 1,0 x 10-7 mol/L 25 ºC


Kw = [H3O+] [OH-]
= (1,0 x 10-7) (1,0 x 10-7)
= 1,0 x 10-14

Kw = 1,0 x 10-14 25 ºC
constante de ionização da água
Soluções neutras [H+] = [OH-] = 10-7 M

Soluções ácidas [H+] > [OH-]

Soluções básicas [H+] < [OH-]


pH
Parâmetro químico que indica a concentração de íons
hidrônio em uma solução aquosa

Afeta a estrutura e a atividade das biomoléculas


Absorção Medicamentos
Diagnóstico clínico (pH do sangue e urina)
Ácidos e bases

Ácidos ou bases fortes:


Completamente ionizados quando diluídos em solução
aquosa

Ácidos ou bases fracas:


Não estão completamente ionizados quando diluídos em
água

Comuns em sistemas biológicos


Papel importante no metabolismo e
regulação
Efeito do íon comum

A presença de um ião comum elimina a ionização de um ácido fraco ou de


uma base fraca.
CH3COONa(s)  CH3COO-(aq) + Na+ (aq)
CH3COOH(aq) CH3COO-(aq) + H+ (aq)

Lei de Le
Chatelier!
Uma solução contendo CH3COOH e CH3COONa
será menos ácida que uma solução contendo
apenas CH3COOH na mesma concentração!
Par ácido-base conjugado

Doador de prótons e seu aceptor correspondente

CH3COOH H+ + CH3COO-
Ácido Base conjugada

Quanto mais forte o ácido, maior a tendência em perder prótons

HA H+ + A-
Constante de equilíbrio:
Equação de Henderson-Hasselbach
Equação de Henderson-Hasselbalch

Consideremos um ácido fraco: HA(aq) H+(aq) + A-(aq)

Ka 
H A 
 
   
ou H   K a HA / A
HA
 
 log H    log K a  log
HA
A 

 log H    log K

 log
A 

a
HA

pH  pK a  log
base conj. 
ácido 
Aplicação da equação

Geralmente são conhecidas as concentrações iniciais do ácido fraco e do


sal. Desde que sejam elevadas ( > 0.1 M) podemos usar as
concentrações iniciais como concentrações de equilíbrio.

Qual é o pH de uma solução 0.3 M de HCOOH e 0.52 M em HCOOK?


0.52
pH  pK a  log
0.3
K a  1.7 10  4
pK a  3.77
pH  3.77  log 1.73  4.01
Soluções tampão

Uma solução tampão é uma solução de um ácido ou base fraca,


de um seu sal, com ambos os componentes presentes. Tem a
capacidade de resistir a variações no pH resultantes da adição de pequenas
quantidades de ácidos ou bases. São muito importantes em sistemas
químicos e biológicos!
Cálculos envolvidos

Calcular o pH de um sistema tampão NH3(0.3M)/NH4Cl(0.36M).

K b ( NH 3 )  1.8 10 5
 Kw
K a ( NH ) 
4  5.6 10 10
Kb
0.3
pH  9.25  log  9.17
0.36
É o caso especial de equilíbrio químico em que aparecem
íons

2– + 2– +
Cr2O7 H2O 2 CrO4 + 2H

Nos equilíbrios iônicos, também são definidos um


grau de ionização ( a )
e uma constante de equilíbrio (Ki )
GRAU DE IONIZAÇÃO

ni
a =
n

Onde : ni é o número de mols dissociados


n é o número de mols inicial
Para a reação:

HCN H + + CN –
(aq) (aq) (aq)

+ –
[ H ] [ CN ]
Ki =
[ HCN ]
1) X, Y e Z representam genericamente três ácidos que, quando
dissolvidos em um mesmo volume de água, à temperatura
constante, comportam-se de acordo com a tabela:
mols dissolvidos mols ionizados
X 20 2
Y 10 7
Z 5 1
Analise as afirmações, considerando os três ácidos:
I. X representa o mais forte
ni
a= grau de ionização
II. Z representa o mais fraco n

III. Y apresenta o maior grau de ionização

Está(ao) correta(s): X Y Z
7 1
a) Apenas I. a =
2
a = a =
20 10 5
b) Apenas II.
c) Apenas III. a = 0,10 a = 0,70 a = 0,20
d) Apenas I e II.
e) I, II e III. a = 10 % a = 70 % a = 20 %
É uma lei que relaciona
o grau de ionização
com o volume (diluição) da solução

m α2 2
Ki = Ki = m α
1– α

para solução de grau


de ionização pequeno
DEMONSTRAÇÃO DA FÓRMULA


Para a reação: HA H + + A
(aq) (aq) (aq)
início n 0,0 0,0

reage / produz ni = nα nα nα

equilíbrio n –– n α nα nα

[ ] n(1 – α ) nα nα

V V V
nα nα
x
[ H+ ] [ A– ] V V n α n α x V
Ki = = = x
[ HCN ] n(1– α) V V n(1 – α )

V
2
Ki mα para solução de grau 2
=
de ionização pequeno Ki = m α
1 – α
01) Uma solução
01) Uma solução
0,01 0,01
mol /mol
L de/ Lumde um monoácido
monoácido está 4,0% está 4,0%
ionizada. A
ionizada.
constante deA constante
ionização dessede ionização
ácido é: desse ácido é:
a) 1,6 x 10 – 3.
a) 1,6 x 10 .– 3

b) 1,6
1,6xx10 10– 5– 5. m = 0,01 mol/L = 1,0 . 10 – 2 mol/L
b) .
c) 3,32
c) 10– 5–.5.
3,32xx10 a = 4 % = 0,04 = 4,0 . 10 – 2

d) 4,0
d) 10– 5–.5.
4,0xx10 Ki = m α 2
e)
e) 3,0 10– 6–.6.
3,0xx10 Ki = 1,0 x 10 – 2 x ( 4 x 10 – 2)2

Ki = 1,0 x 10 – 2 x 16 x 10 – 4

Ki = 16 x 10 – 6

Ki = 1,6 x 10 – 5
02) A constante de ionização de um ácido HX, que se encontra 0,001%
dissociado, vale 10 – 11. A molaridade desse ácido, nessas condições
é:
a) 10 – 11 α = 0,001% = 0,00001 = 1,0 x 10 – 5
b) 0,001 Ki = 10 – 11
–5
c) 10 m = ?
d) 0,10. Ki = m α 2
e) 1,00. 10 – 11 = m x ( 1,0 x 10 – 5)2

10 – 11 = m x 10 – 10
10 – 11
m = m = 10 – 1
10 – 10
m = 0,10 mol/L
03) O grau de dissociação iônica do hidróxido de amônio em solução
2 mol/L é 0,283% a 20°C.
A constante de ionização da base, nesta temperatura, é igual a:
–5 –3
a) 1,6 x 10 α = 0,283% = 0,00283 = 2,83 . 10
b) 1,0 x 10 – 3 m = 2 mol/L

c) 4,0 x 10 – 3 Ki = ? Ki = m α 2
d) 4,0 x 10 – 2
Ki = 2,0 x ( 2,83 x 10 – 3)2
e) 1,6 x 10 – 1
Ki = 2 x 8 x 10 – 6
Ki = 16 x 10 – 6
Ki = 1,6 x 10 – 5
4. Qual o pH de uma solução 0,2M de ácido
acético (HAc), sabendo que, nessa diluição, o
grau de ionização é igual a 0,5%?
Medidas experimentais de condutibilidade de corrente
elétrica mostram que a água, pura ou quando usada
como solvente, se ioniza fracamente, formando o
equilíbrio iônico:
+ –
HH22O (l) H (aq) + OH (aq)

[ H + ] [ OH – ]
A constante de equilíbrio será: Ki =
[ H2 O ]

como a concentração da água é praticamente constante, teremos:

Ki x [ H2O] = Kw = [ H + ] [ OH – ]

[ H + ] [ OH – ] = 10
– 14

A 25°C a constante “Kw” vale 10-14 mol/L


1) Um alvejante de roupas, do tipo “ água de lavadeira “, apresenta
[OH –] aproximadamente igual a 1,0 x 10 – 4 mol/L. Nessas condições,
a concentração de H + será da ordem de:
–4
[ OH – ] = 10 M

a) 10 – 2 [H + ] = ?
– 14
b) 10 – 3 Kw = 10 M
c) 10 – 10
– 14
[H + ] x [OH – ] = 10
d) 10 – 14
e) zero. –4 – 14
[H + ] x 10 = 10
– 14
10
[H + ] =
–4
10

+ – 10
[H ] = 10 mol/L
01) Observando a tabela abaixo, podemos afirmar que entre os
líquidos citados tem(em) caráter ácido apenas:

Líquido [H+] [OH – ]


Leite 10 – 7 10 – 7
Água do mar 10 – 8 10 – 6
Coca-cola 10 – 3 10 – 11
Café preparado 10 – 5 10 – 9
Lágrima 10 – 7 10 – 7
Água de lavadeira 10 – 12 10 – 2
a) o leite e a lágrima.
b) a água de lavadeira.
c) o café preparado e a coca-cola.
d) a água do mar e a água de lavadeira.
e) a coca-cola.
02) O leite azeda pela transformação da lactose em ácido
lático, por ação bacteriana. Consequentemente apresenta ...
I) aumento da concentração dos íons hidrogênio.
II) aumento da concentração dos íons hidroxilas.
III) diminuição da concentração dos íons hidrogênios.
IV) diminuição da concentração dos íons hidroxilas.
Assinale o item a seguir que melhor representa o processo.

a) I e III.
b) II e IV.
c) I e II.
d) II.
e) I e IV.
01) A concentração dos íons H + de uma solução é igual a 0,0001. O
pH desta solução é:
a) 1. [ H+ ]
= 0,0001 mol/L
b) 2. +
pH = – log [ H ]
c) 4.
–4
d) 10. pH = – log 10
e) 14.
pH = – ( – 4) x log 10

pH = 4 x 1 pH = 4
– 11
02) A concentração hidrogeniônica de uma solução 3,45 x 10
íons – mol/L. O pH desta solução vale:
Dado: log 3,45 = 0,54

a) 11. [ H + ] = 3,45 x 10 – 11
b) 3. +
pH = – log [H ]
c) 3,54.
pH = – log (3,45 x 10– 11 )
d) 5,4.
– 11
pH = – [log 3,45 + log 10 ]
e) 10,46.
pH = – [ 0,54 – 11 ]

pH = 11 – 0,54

pH = 10,46
03) Considere os sistemas numerados (25°C)

1 Vinagre pH = 3,0

2 Leite pH = 6,8

3 Clara de ovos pH = 8,0

4 Sal de frutas pH = 8,5

5 Saliva pH = 6,0

A respeito desses sistemas, NÃO podemos afirmar:


a) São de caráter básico os sistemas 3 e 4.
b) O de maior acidez é o número 1.
c) O de número 5 é mais ácido que o de número 2.
d) O de número 1 é duas vezes mais ácido que o de número 5.
e) O de menor acidez é o sal de frutas.
o 1 é 1000 vezes
1 tem pH = 3 [ H +] = 10 – 3 10 – 3 mais ácido do que 5,
= 10 3 então é FALSO
–6 –6
5 tem pH = 6 [ H +] = 10 10
07) O pH de fluidos em partes distintas do corpo humano tem
valores diferentes, apropriados para cada tipo de função que o fluido exerce
no organismo. O pH da saliva é de 6,5; o do sangue é 7,5 e, no estômago, o
pH está na faixa de 1,6 a 1,8. O esmalte dos dentes é formado, principalmente
por um mineral de composição Ca10(PO4)6(OH)2. Após as refeições, ocorre
diminuição do pH bucal.
O pH do sangue é mantido aproximadamente constante pelo seguinte
equilíbrio químico, envolvendo o íon bicarbonato:
-
H 2 CO 3 ( aq ) H +( aq ) + HCO 3 ( aq )

Com base nestas informações avalie as seguintes proposições:


0 0 A concentração de íons H+ é maior na saliva que no sangue.
1 1 A concentração de H+ no estômago é maior que 10 – 2 mol/L.
2 2 Um aumento na acidez da saliva pode resultar em ataque ao esmalte dos
dentes.
3 3 O bicarbonato pode ser usado para elevar o pH do estômago.
4
4 A adição de uma base em um meio contendo acido carbônico, íons
Hidrogênio e bicarbonato causará deslocamento do equilíbrio mostrado
no enunciado da questão no sentido da formação dos reagentes.
INDICADORES ÁCIDO-BASE

São substâncias que mudam de cor


em certas faixas de pH, denominada
ZONA DE VIRAGEM.
COMO FUNCIONA UM INIDICADOR

OS INDICADORES SÃO ÁCIDO FRACOS NOS QUAIS


IONIZAM-SE.

H+ In -
HIn +
vermelho azul
H+ In -
HIn +
vermelho azul

Adição de ácidos Aumenta o H+


VERMELHO

Adição de bases diminui o H+


AZUL
FAIXA DE VIRAGEM
FAIXA DE pH ONDE OS INDICADORES
MUDAM DE COR

FENOLFTALEÍNA FAIXA 8,3 -10,3


pH

0 8,3 10,3 14
EXCELENTE PARA TESTE DE BASES
INDICADOR UNIVERSAL
INDICADORES NATURAIS DE FLORES
INDICADOR
DE
REPOLHO
ROXO
PAPEL TORNASSOL

PARA ÁCIDOS

PARA BASES
PHGÂMETROS – MEDIDORES DE pH
HIDRÓLISE SALINA

É o processo em que a água reage com


o cátion ou o ânion de um sal

Este processo é reversível,


devendo ser analisado seguindo os
princípios do equilíbrio químico
Os casos fundamentais são:

Hidrólise de um sal de ácido forte e base fraca.

Hidrólise de um sal de ácido fraco e base forte.

Hidrólise de um sal de ácido e base ambos fracos.

Hidrólise de um sal de ácido e base ambos fortes.


HIDRÓLISE DE UM SAL DE
ÁCIDO FORTE E BASE FRACA

solução ácida
pH < 7

água
NH4Cl(s)  NH4+ (aq) + Cl- (aq)
NH4+(aq) + H2O  NH3(aq) + H3O+(aq)

Cl- + H2O  não ocorre

O aumento da concentração de
H3O+(aq) ou H+(aq) irá diminuir o pH da
solução. A solução é ácida!
HIDRÓLISE DE UM SAL DE
ÁCIDO FRACO E BASE FORTE

solução básica
pH > 7

água
KCN(s)  K+ (aq) + CN- (aq)
CN-(aq) + H2O  HCN(aq) + OH-(aq)

K+ + H2O  não ocorre

O aumento da concentração de OH-


(aq) irá aumentar o pH da solução. A
solução é básica!
HIDRÓLISE DE UM SAL DE
ÁCIDO FRACO E BASE FRACA

solução
soluçãofinal
final
pH
pH>>77 ou
ou pH
pH<<77

água
O que ocorreu na preparação da solução?

NH4CN (aq) + HOH (l) NH4OH (aq) + HCN (aq)


O
 OO NH
NH444OH,
NH OH, por
OH, por ser
por ser uma
ser uma base
uma base fraca,
base fraca, encontra-se
fraca, encontra-se praticamente
encontra-se praticamente não
praticamente não
não
dissociada.
dissociada.
dissociada.

 O HCN, por ser um ácido fraco, encontra-se praticamente não ionizado.

A
AA solução
soluçãofinal
solução final pode
final pode ser
pode ser ligeiramente
ser ácida
ligeiramente ácida
ligeiramente ou
ácida ou ligeiramente
ou ligeiramente básica;
ligeiramente básica; isto
básica; isto depende
dependeda
isto depende da
da
constante
constante(K
constante (Kaaa e
(K ee K
KKbbb))) de
de ambos
de ambos
ambos

Neste caso:
Ka = 4,9 x 10 – 10 e Kb = 1,8 x 10 – 5, isto é, Kb é maior que Ka; então a
solução será ligeiramente básica
HIDRÓLISE DE UM SAL DE
ÁCIDO FORTE E BASE FORTE

solução final
é neutra
pH = 7

água
NaCl(s)  Na+ (aq) + Cl- (aq)
Cl-(aq) + H2O  não ocorre

Na+ + H2O  não ocorre

A solução salina, neste caso, é neutra


(pH = 7, [H+] = [OH-], pois não ocorre
nenhum processo apreciável de hidrólise
de íons.
1) Solução aquosa ácida é obtida quando se
dissolve em água o sal:

a) NaHCO3.
b) K2SO4.
c) KCN.
d) KF.
e) NH4Cl
02) O pH resultante da solução do nitrato de potássio
(KNO3) em água será:

a) igual a 3,0.
b) igual a 12,0.
c) maior que 7,0.
d) igual ao pH da água.
e) menor que 7,0.
03) O azul de bromotimol é um indicador ácido – base, com
faixa de viragem [6,0 – 7,6], que apresenta cor amarela em
meio ácido e cor azul em meio básico. Considere os seguintes
sistemas:
I. Água pura.
II. CH3COOH 1,0 mol/L.
III. NH4Cl 1,0 mol/L.
Indique, na tabela que segue, a coluna contendo as cores desses
sistemas depois da adição de azul de bromotimol,
respectivamente:
a) verde, amarela, azul.
b) verde, azul, verde.
c) verde, amarelo, verde.
d) verde, amarela, amarelo.
e) azul, amarelo, azul.
EXERCÍCIOS ESSENCIAIS 3
(UFSCar-SP)
A acidose metabólica é causada pela liberação excessiva, na corrente sanguínea, de ácido lático e de outras substâncias ácidas
resultantes do metabolismo. Considere a equação envolvida no equilíbrio ácido-base do sangue e responda.

a) Explique de que forma o aumento da taxa de respiração, quando se


praticam exercícios físicos, contribui para a redução da acidez metabólica.
RESPOSTA: Analisando o equilíbrio:
CO2(g) + H2O(g)  H2CO3(aq)  H+(aq) + HCO3-(aq)
De acordo com o princípio de Le Chatelier, o equilíbrio se
desloca para a esquerda e a concentração de H+(aq) diminui, pois o aumento da taxa de
respiração provoca grande liberação de CO2 (expiração), ou seja, a diminuição de sua
concentração no sangue.
b) O uso de diuréticos em excesso pode elevar o pH do sangue, causando
uma alcalose metabólica. Explique de que forma um diurético perturba o
equilíbrio ácido-base do sangue.
RESPOSTA: Com o uso de diuréticos ocorrerá uma diminuição
de H2O no sangue. O equilíbrio será deslocado no sentido da formação de CO2 e a
concentração de H+ diminuirá, acarretando
a elevação do pH do sangue.

EQUILÍBRIO IÔNICO — NO VESTIBULAR


11. Produto de solubilidade (Kps)
É o produto das concentrações em mol/L
dos íons existentes em uma solução
saturada, estando cada concentração
elevada à potência igual ao coeficiente do
íon na equação iônica correspondente.
Exemplo
Ex.: FeS (s) <->Fe2+ + S2-

KPS = [Fe+2] . [S–2]

Para a reação genérica:


BA <-> B+ + A- KPS = [B+ ] . [A-]

Temos:
[B+ ] . [A-] < KPS  solução insaturada
[B+ ] . [A-] = KPS  solução saturada
[B+ ] . [A-] > KPS  ocorre precipitação
Exemplo
(MACK-SP) A concentração mínima de íons
SO4 2- necessária para ocorrer a precipitação de
PbSO4, numa solução que contém
1 . 10–3 mol/L de íons Pb2+ deve ser:
(Dado: Kps PbSO4 = 1,3 . 10–8, a 25 °C)
Resolução:
PbSO4↔ Pb2+ + SO4 2- Logo:
Kps=[Pb2+ ].[SO4 2- ] Então:
1,3 . 10–8 = 1 . 10–3 .[SO4 2- ]
[SO4 2- ]=1,3. 10–5 mol/ L