Você está na página 1de 44

Prof Marcos Rogério da Silva

Sinais e Sistemas
Sinais e Classificação de
Sinais

• Sinal
• uma função que representa
• uma quantidade
• Uma variável física
• contém informações
• Fenômeno
• Natureza do comportamento
Sinais de Tempo Contínuo e de
Tempo Discreto

Sinais e
Classificação Sinais Analógicos e Digitais

de Sinais

Sinais Reais e Complexos


Entre outros...
Sinais de Tempo Contínuo

• x(t) é sinal de tempo contínuo


• t é uma variável contínua
Sinais de Tempo
Discreto

• x(t) é sinal de tempo


discreto
• t é uma variável
discreta
• x(t) for definida em
tempos discretos
• Frequentemente
identificado por uma
sequência de números
• {xn} ou x[n]
• n é inteiro
• Variável independente É discreta
• Sinal de tempo discreto x[n] obtido amostrando um
sinal x(t) de tempo contínuo
• x(t0), x(t1), ... , x(tn), ...
• Abreviando para x[0], x[1], ... , x[n], ...
• Ou abreviando para x0, x1, ... , xn, ...
Sinais de • Onde xn = x[n] = x(tn)
• xn são chamados amostras
Tempo Discreto • Intervalo entre eles é chamado intervalo de
amostragem
• Amostragem uniforme
• xn = x[n] = x(nTs) onde Ts é o intervalo de
amostragem
• s de sampling (amostragem)
Modos de definir x[n]
• Regra para calcular o valor n na sequência.
Exemplo:
Modos de definir x[n]
Listar explicitamente os valores da sequência.
Exemplo
Soma e produto de duas sequências
• Se um sinal de tempo contínuo x(t) puder assumir
qualquer valor no intervalo contínuo (a,b), onde a
pode ser -∞ e b pode ser +∞ então o sinal de
tempo contínuo x(t) é chamado _______________.
• Se um sinal de tempo discreto x[n] puder assumir
apenas um valor finito de valores distintos, então
ele é chamado _______________.
Sinais
Analógicos
e Digitais
Sinal x(t) é real

• Seu valor é um número real

Sinais Reais e Sinal x(t) é complexo

Complexos • Seu valor é um número complexo


• Em geral é uma função na forma
• x(t) = x1(t) + jx2(t)
• x1(t) e x2(t) são sinais reais
• j = raiz quadrada de -1
Sinais Determinísticos e Aleatórios

• Determinísticos – valores estão


completamente especificados
• Em qualquer instante de tempo
• Pode ser modelado em função do
tempo t
• Aleatórios – assumem valores aleatórios
em qualquer tempo dado
• Devem ser caracterizados
estatisticamente
• Sinal x(t) ou x[n] é par
• 𝑥 −𝑡 = 𝑥 𝑡
• 𝑥 −𝑛 = 𝑥[𝑛]
• Sinal x(t) ou x[n] é ímpar
• 𝑥 −𝑡 = −𝑥 𝑡
• 𝑥 −𝑛 = −𝑥[𝑛]

Sinais Pares
e Ímpares
• Sinal x(t) ou x[n] é par
• 𝑥 −𝑡 = 𝑥 𝑡
• 𝑥 −𝑛 = 𝑥[𝑛]
• Sinal x(t) ou x[n] é ímpar
• 𝑥 −𝑡 = −𝑥 𝑡
• 𝑥 −𝑛 = −𝑥[𝑛]

Sinais Pares
e Ímpares
x(t) ou x[n] como soma de dois sinais

• 𝑥 𝑡 = 𝑥𝑝 𝑡 + 𝑥𝑖 𝑡
• 𝑥 −𝑡 = 𝑥𝑝 𝑡 − 𝑥𝑖 𝑡
Sinais periódicos e não periódicos
• x(t) é periódico com período T se existir T diferente de 0
que
• 𝑥 𝑡 + 𝑇 = 𝑥(𝑡) para todo t
• 𝑥 𝑡 + 𝑚𝑇 = 𝑥 𝑡 para todo t e qualquer m inteiro
• x[n] é periódica com período N se existir N diferente de 0
que
• 𝑥 𝑛 + 𝑁 = 𝑥[𝑛] para todo n
• 𝑥 𝑛 + 𝑚𝑁 = 𝑥[𝑛] para todo n e qualquer m inteiro
Sinais de energia e de potência
• Potência instantânea por ohm
𝑝(𝑡) 𝑣 𝑡 𝑖(𝑡)
• = = 𝑖 2 (𝑡)
𝑅 𝑅
• Energia total e Potência média por ohm
∞ 2
•𝐸 𝑡 = ‫׬‬−∞ 𝑖 𝑡 𝑑𝑡 joules
1 𝑇 Τ2 2
•𝑃 𝑡 = lim ‫׬‬ 𝑖 𝑡 𝑑𝑡 watts
𝑇→∞ 𝑇 −𝑇Τ2
• Para x(t) conteúdo de energia normalizado e a potência normalizada
∞ 2
•𝐸 𝑡 = ȁ ȁ
‫׬‬−∞ 𝑥(𝑡) 𝑑𝑡 joules
1 𝑇 Τ2 2
•𝑃 𝑡 = lim ‫׬‬ ȁ ȁ
𝑥(𝑡) 𝑑𝑡 watts
𝑇→∞ 𝑇 −𝑇Τ2
• Para x(t) conteúdo de energia normalizado e a potência
normalizada
∞ 2
• 𝐸 𝑡 = ‫׬‬−∞ȁ𝑥(𝑡) ȁ 𝑑𝑡 joules
1 𝑇 Τ2 2
• 𝑃 𝑡 = lim ‫׬‬−𝑇Τ2ȁ𝑥(𝑡) ȁ 𝑑𝑡 watts
𝑇→∞ 𝑇
Sinais de • x(t) é dito sinal de energia se e apenas se 0 < 𝐸 < ∞
• E assim, 𝑃 = 0
energia e de • x(t) é dito sinal de potência se e apenas se 0 < 𝑃 < ∞
potência • E assim, 𝐸 = ∞
• Sinais que não satisfazem nenhuma dessas propriedades
• Sinais nem de energia nem de potência
Sinais de energia e de potência
• Semelhante, para sinal no tempo discreto x[n], conteúdo de energia
normalizado e a potência normalizada
2
• 𝐸 = σ∞
𝑛=−∞ȁ𝑥[𝑛] ȁ 𝑑𝑡 joules
1 𝑁 2
• 𝑃= lim ‫׬‬ ȁ𝑥[𝑛] ȁ 𝑑𝑡 watts
𝑁→∞ 2𝑁−1 𝑛=−𝑁
• x[n] é dito sequência de energia se e apenas se 0 < 𝐸 < ∞
• E assim, 𝑃 = 0
• x[n] é dito sequência de potência se e apenas se 0 < 𝑃 < ∞
• E assim, 𝐸 = ∞
• Sinais que não satisfazem nenhuma dessas propriedades
• Sinais nem de energia nem de potência
Sinais Básicos de
Tempo Contínuo
• Degrau unitário u(t) – Função de Heaviside unitária
1 𝑡>0
• 𝑢 𝑡 =ቊ
0 𝑡<0
• Descontínua em t=0
• Valor em t=0 é indefinido
• Função degrau deslocado u(t-t0)

Função
1 𝑡 > 𝑡0
• 𝑢 𝑡 − 𝑡0 = ቊ
0 𝑡 < 𝑡0

Degrau
Unitário
Função Impulso Unitário

• Função impulso unitário δ(t)


– Função Delta de Dirac
0 𝑠𝑒 𝑡 ≠ 0
• δ 𝑡 =ቊ
∞ 𝑠𝑒 𝑡 = 0

• ‫׬‬−∞ δ 𝑡 𝑑𝑡 = 1
• Área unitária em um
intervalo de tempo
infinitesimal
Função Impulso Unitário

න ϕ 𝑡 δ 𝑡 − 𝑡0 𝑑𝑡 = ϕ 𝑡0
−∞
Função Impulso Unitário
Sinais exponenciais complexos

• 𝑥 𝑡 = 𝑒 𝑗ω0𝑡 = 𝑐𝑜𝑠ω0 𝑡 + 𝑗𝑠𝑒𝑛ω0 𝑡


• Parte real – cos ω0 𝑡
• Parte imaginária – sen ω0 𝑡

• 𝑇0 =
ω0
• periódico
Sinais Exponenciais
Complexos Gerais
• Seja 𝑠 = σ + 𝑗ω
• 𝑥 𝑡 = 𝑒 𝑠𝑡 = 𝑒 σ+𝑗ω 𝑡 = 𝑒 σ𝑡 (𝑐𝑜𝑠ω𝑡 +
Sinais Exponenciais
Reais
• 𝑠=σ
• 𝑥 𝑡 = 𝑒 σ𝑡
• σ > 0 𝑐𝑟𝑒𝑠𝑐𝑒𝑛𝑡𝑒
• σ < 0 𝑑𝑒𝑐𝑟𝑒𝑠𝑐𝑒𝑛𝑡𝑒
• 𝑥 𝑡 = 𝐴𝑐𝑜𝑠 ω0 𝑡 + θ
• A – amplitude real
• ω0 – frequência angular em
radianos por segundo
Sinais • θ – ângulo de fase em radianos
• Periódico
Senoidais 2π
• 𝑇0 =
ω0
1
• 𝑓0 = ℎ𝑒𝑟𝑡𝑧 𝐻𝑧
𝑇0
• ω0 = 2π𝑓0
Sinais
Senoidais

• 𝐴𝑐𝑜𝑠 ω𝑜 𝑡 + θ = 𝐴 𝑅𝑒{𝑒 𝑗 ω𝑜 𝑡+𝜃


}
• 𝐴𝑠𝑒𝑛 ω𝑜 𝑡 + θ = 𝐴 𝐼𝑚{𝑒 𝑗 ω𝑜 𝑡+𝜃
}
Sinais Básicos de
Tempo Discreto
• A sequência Degrau unitário u[n] definida como:
1 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 ≥ 0
• 𝑢 𝑛 =ቊ
0 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 < 0
• A sequência Degrau unitário deslocado u[n-k] definida como:
1 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 ≥ 𝑘
• 𝑢 𝑛−𝑘 =ቊ
0 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 < 𝑘
A Sequencia
Degrau
Unitário
• A sequência Impulso unitário (ou amostra unitária) δ[n] definida
como:
1 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 = 0
• δ𝑛 =ቊ
0 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 ≠ 0
• A sequência Impulso unitário (ou amostra unitária) deslocado δ[n-k]
definida como:

A Sequencia • δ 𝑛−𝑘 =ቊ
1 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 = 𝑘
0 𝑝𝑎𝑟𝑎 𝑛 ≠ 𝑘

Impulso • Qualquer sequencia x[n] pode ser escrita como:


• 𝑥 𝑛 = σ∞ 𝑘=−∞ 𝑥 𝑘 δ[𝑛 − 𝑘]

Unitário
• A sequência exponencial complexa é da forma
• 𝑥 𝑛 = 𝑒 𝑗Ω0 𝑛
• Usando a fórmula de Euler,
• 𝑥 𝑛 = 𝑒 𝑗Ω0 𝑛 = 𝑐𝑜𝑠Ω0 𝑛 + 𝑗𝑠𝑒𝑛Ω0 𝑛
• Periodicidade de 𝑒 𝑗Ω0 𝑛 Sequências

Ω0

=
𝑚
𝑁
sendo m = inteiro positivo Exponenciais

• 𝑁0 = 𝑚
Ω0 Complexas
• 𝑒 𝑗(Ω0 +2π𝑘)𝑛 = 𝑒 𝑗Ω0 𝑛 𝑒 𝑗2π𝑘𝑛 = 𝑒 𝑗Ω0 𝑛
• Pois 𝑒 𝑗2π𝑘𝑛 = 1
• Sequencia exponencial complexa na
frequência Ω0 é a mesma em Ω0 ± 2π ...
Sequências exponenciais
complexas
• Sequências exponenciais complexas gerais
• 𝑥 𝑛 = 𝐶α𝑛
• C e α – números complexos
• caso especial
• 𝐶 = 1 e α = 𝑒 𝑗Ω0
• C e α forem reais – sequências exponenciais reais
• α = 1 x[n] é uma sequência constante
• α = −1 valores de x[n] alternam-se em –C e C
• 𝑎)α > 1 𝑏)1 > α > 0
• 𝑐) 0 > α ≻ −1 𝑑) α < −1
Sequências Senoidais

• Expressa como
• 𝑥 𝑛 = 𝐴𝑐𝑜𝑠 Ω0 𝑛 + θ
• 𝑥 𝑛 = 𝐴𝑐𝑜𝑠 Ω0 𝑛 + θ =
𝐴 𝑅𝑒 𝑒 𝑗Ω0𝑛+θ
Sistemas e Classificação
de Sistemas
• Sistema – é um modelo matemático de um processo físico
• Relaciona o sinal de entrada (ou excitação) com o sinal de
saída (ou resposta)
• Sistema é visto como uma transformação (ou
mapeamento) de x (entrada) em y (saída).
• Notação matemática 𝑦 = 𝐓𝑥
• T – operador que representa alguma regra
Representação • x é transformado em y.

de Sistema
Sistemas de Tempo Contínuo e de Tempo Discreto
• Sem memória – saída em qualquer instante de
tempo depende apenas da entrada naquele mesmo
instante.
• Resistor R:
• entrada x(t) – corrente
• Saída y(t) – tensão
Sistemas Com • Relação entrada-saída (Lei de Ohm)
Memória e • 𝑦 𝑡 = 𝑅𝑥 𝑡
• Com memória – do contrário
Sem Memória • Capacitor C:
• entrada x(t) – corrente
• Saída y(t) – tensão
1 𝑡
• 𝑦 𝑡 = ‫𝑥 ׬‬ τ 𝑑τ
𝐶 −∞
Sistemas Causais e Não-Causais

• Causal – saída y(t) em t=t0 depende apenas da entrada x(t) para t<=t0
• Saída de um sistema causal
• depende de valores presentes ou anteriores de entradas
• Sistema não causal
• 𝑦 𝑡 = 𝑥(𝑡 + 1)
• Satisfaz princípios da Aditividade e da
Homogeneidade
• Aditividade
• Se 𝐓𝑥1 = 𝑦1 e 𝐓𝑥2 = 𝑦2
• 𝐓 𝑥1 + 𝑥2 = 𝑦1 + 𝑦2
Sistemas • Homogeneidade (Escalonamento ou Mudança
Lineares e Não de Escala)
• 𝐓 α𝑥 = α𝑦
Lineares • Combinados:
• 𝐓 α1 𝑥1 + α2 𝑥2 = α1 𝑦1 + α2 𝑦2
• Propriedade da Superposição
• Se não satisfaz um dos princípios: não-linear
• Exemplos 𝑦 = 𝑥 2 ou então 𝑦 = 𝑐𝑜𝑠𝑥
Sistemas Variantes e
Invariantes no Tempo

• Invariante no tempo
• Deslocamento de tempo no sinal de
entrada (retardo ou adiantamento)
• Provoca mesmo deslocamento de
tempo no sinal de saída
• 𝐓 𝑥(𝑡 − τ) = 𝑦 𝑡 − τ
• 𝐓 𝑥[𝑛 − 𝑘] = 𝑦[𝑛 − 𝑘]
• Sistema Linear e Invariante no Tempo – LTI
ou LIT
Sistemas Estáveis
Sistemas com Realimentação