Você está na página 1de 9

DEPRESSÃO

O Mal do Século

» Lucio Reis
Psicanalista
OBJETIVOS

* Entender o que é depressão e as suas


prováveis causas.

*Identificar os sinais e sintomas


depressivos

* Conhecer os tratamentos disponíveis e


as ações de prevenção
O que é depressão?

• Termo retirado da medicina cardiovascular que significa “redução da


função”- Kraepilin (1989);

• Estado de tristeza profunda, desânimo, baixa autoestima, baixo amor


próprio e falta de energia de investir na vida - Engbrecht (2001);

• Melancolia - Conflito entre o Ego e o Superego - Freud ([1917] 1996);

• Dor de existir ou dor que não pode ser dita - Roudinesco (1944);

• Estado afetivo, tristeza. Um sintoma ou síndrome - Del Porto (1999);


Quem pode sofrer de depressão
•A depressão ocorre em todas as faixas etárias e
pode ser desencadeada por vários fatores
relacionados a questões de ordem Psicológicas,
Sociais e Orgânicas - Lafer (2.000).
Crianças
A partir dos 5 anos de idade;
separação dos pais, mudança de colégio, morte de
uma pessoa querida ou animal.
Adolescentes
Entre os 13 aos 18 anos
Mudanças na fase de puberdade - aceitação
Jovens adultos
A partir dos 25 anos
pressões sociais (casamento x Trabalho)
Idosos
A partir dos 60 anos
doenças, limitação física, sentimento de abandono
e inutilidade
Sintomas Característicos

OBS: Só se é considerado Depressão propriamente dita se a pessoa permanecer em estado de


tristeza por no mínimo 15 dias e apresentar os seguintes sintomas:

Psiquiatria (CID 10 – DSM IV) – “Transtorno de Humor”

1- Humor deprimido na maior parte do dia;


2- Interesse ou prazer acentuadamente diminuido;
3- Perda ou ganho significativo de peso sem estar em dieta;
4- Insônia ou Hipersonia quase todos os dias;
5- Fadiga ou perda de energia quase todos os dias;
6- Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada;
7- Capacidade diminuida de pensar, concentrar-se ou indecisão quase todos os dias;
8 - Agitação ou retardo psicomotor quase todos os dias;
9- Pensamento de morte recorrente;
10- Autoestima ou autoconfiança reduzidas.
Identicação de sinais depressivos

Comportamentos verbais não verbais

Comportamentos verbais:

Externar a Tristeza ou angústia


Choro constante e dizer não saber o porque

Comportamentos não verbais:

Silêncio persistente
Isolamento
Desinteresse social
Insônia
Desequilíbrio Alimentar
Choro aparentemente sem razão
Entendimento
Direção de Tratamento

1 Psiquiatria 2 Psicologia

* Desequilíbrio Hormonal •Posicionamento do Sujeito diante do


(neurotransmissores) problema (enfrentar x fugir)

•Observação dos Fenômenos •Alienação – Pensamentos distorcidos –


(sintomas x reações) Soberba (surto)

•Terapêutica Farmacológica através da •Psicoterapia ou Psicanálise (escuta


administração de Antidepressivos. especializada)
Considerações Finais

•Depressão não é Frescura e sim uma doença perigosa, portanto,


tenha atenção aos seus sintomas e procure se cuidar e ajudar a
outros;
•* Evite se cobrar demais, procure respeitar seu limites, peça ajuda
quando necessário;

* Jamais ofenda a autoimagem de alguém, respeite e procure aceitar


as diferenças;

* Procure fazer parte de algum grupo social (Clube, Igreja, Projetos);


* Esteja mais em contato com sua família, amigos e animais de
estimação;

* Tenha uma dieta alimentar saudável e equilibrada;


* Pratique esportes, faça caminhadas, leia livros edificantes e viaje
sempre que possível.