Você está na página 1de 12

UNIPÊ

CURSO DE DIREITO
DIREITO DO TRABALHO II
PROF.: UBIRATAN M. DELGADO

AULA: PRESCRIÇÃO TRABALHISTA


NOÇÃO INTRODUTÓRIA
• As regras gerais referentes à prescrição no direito
civil (contagem, suspensão, interrupção, causas
impeditivas, etc) também são aplicáveis à prescrição
trabalhista. A peculiaridade mais importante diz respeito
ao prazo prescricional.
REGRAS GERAIS DE PRESCRIÇÃO (CÓDIGO CIVIL)
Art. 189. Violado o direito, nasce para o titular a pretensão, a qual se extingue, pela
prescrição...
Art. 191. A renúncia da prescrição pode ser expressa ou tácita, e só valerá, sendo feita,
sem prejuízo de terceiro, depois que a prescrição se consumar; tácita é a renúncia quando se
presume de fatos do interessado, incompatíveis com a prescrição.
Art. 192. Os prazos de prescrição não podem ser alterados por acordo das partes.
Art. 193. A prescrição pode ser alegada em qualquer grau de jurisdição, pela parte a
quem aproveita.
Art. 200. Quando a ação se originar de fato que deva ser apurado no juízo criminal, não
correrá a prescrição antes da respectiva sentença definitiva.
REGRAS GERAIS DE PRESCRIÇÃO (CÓDIGO CIVIL)

Art. 202. A interrupção da prescrição, que somente poderá ocorrer uma vez, dar-se-á:
I - por despacho do juiz, mesmo incompetente, que ordenar a citação, se o interessado a
promover no prazo e na forma da lei processual;
II - por protesto, nas condições do inciso antecedente;
……………………….
V - por qualquer ato judicial que constitua em mora o devedor;
VI - por qualquer ato inequívoco, ainda que extrajudicial, que importe reconhecimento do
direito pelo devedor.
Parágrafo único. A prescrição interrompida recomeça a correr da data do ato que a
interrompeu, ou do último ato do processo para a interromper.
REGRAS GERAIS DE PRESCRIÇÃO

TEORIA DA ACTIO NATA


O curso do prazo prescricional do direito de reclamar inicia-se somente quando o
titular do direito subjetivo violado passa a conhecer o fato e a extensão de suas
conseqüências, conforme o princípio da actio nata. Precedentes. (STJ, T2 –
Segunda Turma, REsp 1.257.387/RS, Rel. Min. Eliana Calmon, DJe 17/09/2013).
REGRAS ESPECÍFICAS

CLT
Art. 440 - Contra os menores de 18 (dezoito) anos não corre nenhum prazo de
prescrição.

SÚMULA Nº 268 DO TST


PRESCRIÇÃO. INTERRUPÇÃO. AÇÃO TRABALHISTA ARQUIVADA. A ação
trabalhista, ainda que arquivada, interrompe a prescrição somente em relação aos
pedidos idênticos.
PRAZO PRESCRICIONAL (art. 7º, XXIX, CF e art. 11, CLT)

NORMA GERAL – Art. 7º, XXIX, CF


XXIX - ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho, com
prazo prescricional de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais,
até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho;

OBS: O art. 11, caput, da CLT tem a mesma redação


PRETENSÕES IMPRESCRITÍVEIS

• ART. 11 CLT
§ 1º O disposto neste artigo não se aplica às ações que tenham por
objeto anotações para fins de prova junto à Previdência Social.
PRESCRIÇÃO DO FGTS (SÚMULAS 206 E 362 DO TST)
SÚMULA 362. FGTS. PRESCRIÇÃO
I – Para os casos em que a ciência da lesão ocorreu a partir de 13.11.2014, é quinquenal a prescrição do
direito de reclamar contra o não-recolhimento de contribuição para o FGTS, observado o prazo de dois anos
após o término do contrato;
II – Para os casos em que o prazo prescricional já estava em curso em 13.11.2014, aplica-se o prazo
prescricional que se consumar primeiro: trinta anos, contados do termo inicial, ou cinco anos, a partir de
13.11.2014.

SÚMULA 206. FGTS. INCIDÊNCIA SOBRE PARCELAS PRESCRITAS. A prescrição da pretensão relativa às
parcelas remuneratórias alcança o respectivo recolhimento da contribuição para o FGTS.
PECULIARIDADES QUANTO AOS DANOS
ACIDENTÁRIOS

STJ, SÚMULA Nº 278


O termo inicial do prazo prescricional, na ação de indenização, é a
data em que o segurado teve ciência inequívoca da incapacidade
laboral.
INÍCIO DA CONTAGEM DE PRESCRIÇÃO DAS FÉRIAS
(ART. 149, CLT)

ART. 149 - A prescrição do direito de reclamar a concessão das férias


ou o pagamento da respectiva remuneração é contada do término do
prazo mencionado no art. 134 ou, se for o caso, da cessação do
contrato de trabalho.
EFEITOS

A –PRESCRIÇÃO TOTAL – atinge a pretensão como um todo, inclusive as parcelas mais


recentes
B –PRESCRIÇÃO PARCIAL – atinge apenas as parcelas mais antigas

C –A SÚMULA 294 DO TST E O NOVO ART. 11 DA CLT


§ 2o Tratando-se de pretensão que envolva pedido de prestações sucessivas
decorrente de alteração ou descumprimento do pactuado, a prescrição é total, exceto
quando o direito à parcela esteja também assegurado por preceito de lei.