Você está na página 1de 7

Mecânica de Locomotivas II

Aula 11
Manutenção dos Motores de Tração e Auxiliares
Mecânica de Locomotivas II
1.1. Informações gerais
A área de manutenção tem mudado significativamente e o incremento destas
mudanças pode ser observado no número e na variedade das instalações
produtivas, com projetos cada vez mais complexos, com exigências de
conhecimento técnico em níveis cada vez maiores, o que demanda uma
atualização constante dos profissionais da área de manutenção.

Uma tendência é que a área de manutenção nas empresas passa a ser


considerada estratégica para os resultados dos negócios das mesmas, pois por
meio da manutenção sistemática é possível antecipar-se e evitar falhas que
poderiam ocasionar paradas imprevistas dos equipamentos produtivos. Da
mesma forma, é possível se detectar uma situação onde haja expectativa de
falha e programar-se para uma intervenção em oportunidade mais apropriada,
sem prejudicar os compromissos de produção assumidos. 2
Mecânica de Locomotivas II
1.1.1. Tipos de manutenção
Existem basicamente quatro tipos de manutenção que são: manutenção corretiva (não
planejada e planejada), que pode ser de emergência ou não, manutenção preventiva,
manutenção preditiva e manutenção detectiva.
Exemplos:
Manutenção corretiva- Troca de Motor Diesel, torneamento de rodados, reparação de Motor
de tração avariado, troca de escovas de Motores de Tração ;

Manutenção preventiva- Inspeção de componentes semanalmente, substituição de peças


periodicamente;

Manutenção preditiva-Análise de dados de medição de temperatura, vibração, análise óleo nos


componentes.

Manutenção detectiva- Testes periódicos do sistema, autoteste. 3


Mecânica de Locomotivas II
1.1.2. Componentes
A manutenção de qualquer componente baseia-se na sua criticidade, na locomotiva podemos
dividir os componentes quanto a reutilização em:
• Componentes recuperáveis (podem ser sujeitas a reparações e recuperá-los);
• Reaproveitáveis (podem ser aproveitadas as partes constituintes para recuperar os demais
ou recicláveis);
• Descartáveis (todos que apresentando uma anomalia caem em desuso, a maioria são itens
consumíveis).

Ou ainda em criticidade como:


• Críticos (podem comprometer o funcionamento normal da locomotiva);
• Normais (podem comprometer só uma parte do funcionamento normal da locomotiva);
• Não críticos (Na sua falta a locomotiva funciona normalmente);

Todos componentes devem ser sujeitos aos tipos de manutenção descritos no slide anterior
4
Mecânica de Locomotivas II
1.2. Manutenção dos Motores de Tração e Auxiliares

• Motores de tração (6 ou 8);


• Motor do ventilador do radiador;
• Motor do Compressor;
• Motor do Soprador do alternador;
• Motores dos Sopradores de MTs (Traseiro e Dianteiro);
• Motor do Exaustor;
• Alternador de tração;
• Alternador Auxiliar;
• Sopradores das grades do freio dinâmico.
5
Mecânica de Locomotivas II
1.2. Manutenção dos Motores de Tração e Auxiliares
A manutenção geral dos Motores de tração e Auxiliares consiste em averiguar a condição normal
das partes constituintes. As avarias mais prováveis nesses motores nos obriga a fazer uma
manutenção periódica e forçada.
Em todos os Motores há necessidade de avaliar quando em funcionamento usando aparelhos
convenientes as grandezas eléctricas assim como desligados.
O Megómetro é um instrumento essencial na determinação de aterramento ou curto-circuito nos
motores, esse é usado durante a Manutenção.
O Alicate amperímetro é essencial na leitura das correntes que fluem nos motores.
A partir do painel DID é possível visual a maioria das falhas na locomotiva e os componentes
envolvidos. Isso é conseguido graças aos sensores, transdutores e microcomputadores
associados ao sistema.
Partes rotacionais e engrenagens sujeitos a fortes atritos necessitam de uma constante inspeção e
lubrificação. Os componentes consumíveis nos motores também necessitam de trocas periódicas
ou mesmo aperiódicas. Sendo máquinas industriais há necessidade de inspecionar o aperto de
parafusos. 6
Mecânica de Locomotivas II
ITEM ANEXOS

ALTERNADOR DE TRAÇÃO

MOTOR DE TRAÇÃO

MOTOR DO COMPRESSOR

SOPRADOR DO ALTERNADOR

SOPRADORES DOS MOTORES


DE TRAÇÃO

MOTOR DO EXAUSTOR

MOTOR DO VENTILADOR DO
RADIADOR

SOPRADORES DAS GRADES 7


DO FREIO DINÂMICO

Você também pode gostar