Você está na página 1de 15

A cultura alemã na obra infantil

Aventuras de Hans Staden, de


Monteiro Lobato.

Lucila Bassan Zorzato


OBJETIVOS

• Estudo das obras


Meu Cativeiro entre os Selvagens do Brasil e
Aventuras de Hans Staden, de Monteiro Lobato;

• Estudo da relação entre Monteiro Lobato e a


Alemanha.

Próxima
1.ed. (1925)

Voltar

1.ed. (1927)
• Lobato lê alemão?

• Quais autores alemães são conhecidos


pelo autor?

• Qual a língua de partida para o trabalho


com Hans Staden e outras obras alemãs?

• A obra lobatiana foi publicada em


alemão?

• Para Lobato, qual o papel dos alemães


nas duas guerras mundiais?
Voltar
METODOLOGIA
• Levantamento de documentos (cartas,
artigos, revistas);
• Identificação e comparação das
diferentes edições das obras Meu
cativeiro entre os selvagens do Brasil
(1925) e Aventuras de Hans Staden
(1927);
• Leitura e análise das principais
biografias de Monteiro Lobato;
• Acervos:
-Biblioteca Monteiro Lobato
-Biblioteca Mário de Andrade
-Centro de documentação Alexandre
Eulálio – (CEDAE) Próxima
-Instituto Martius-Staden
-Museu Histórico de Taubaté
Capítulo 1: Lobato Alemão?

1.1. A correspondência lobatiana L


O
• 22 cartas (passivas, ativas e de terceiros) B
A
• Godofredo Rangel, Charles Frankie, Maria Luiza, T
Antonio Salles, Artur Coelho, José Francisco, Albert O
Theile, entre outros.
A
L
1.2. A Alemanha por Lobato E
M
1.2.1. A guerra e o discurso racial em Lobato Ã
O

1.3. Lobato para os alemães


1.3.1. A obra lobatiana entre os leitores teuto-
Próxima
brasileiros
L
O
B
A
T
O

Monteiro José
A
Lobato, 1936 Francisco,
L
1901
E
M
Ã
O

Voltar

H. Stern,
1951
DATA DE LOCAL DE TRADUTOR/ TÍTULO OBSERVAÇÕES
PUBLICAÇÃO PUBLICAÇÃO ORGANIZADOR ORIGINAL

1917 Editora Clemens “Cidades Mortas” Coletânea:


Rotermund & Co. Brandenburger Südamerikanische
São Leopoldo Literatur:
Brasilianische Prosa

07/05/1926 Friedrisch Sommer Referência ao tradutor


Fred Sommer.

1917
1932 Editora O Livro “Os Negros” Coleção: Grüner
Verde Bücher aus Brasilien,
nº1, vol.1.

14/04/1954 “Jornal de Nova Dr. H. Stern “O drama da geada”


York do Estado de
Araute”

1956 Editora Manesse, Trad. Gerda “O comprador de Coletânea:


Conzett & Huber, Theile-Bruhns; Fazendas” Unter dem Kreuz des
Suíça. Org. Albert Theile Südens.

1982 Editora Peter Lang, Annemarie Shrage Estudo sobre a obra


Frankfurt do escritor intitulado:
Alemanha. Die Erzählungen
Monteiro Lobatos. 1956

Voltar
Capítulo 2: De Hans Staden a Monteiro Lobato D
E

2.1. A obra de Hans Staden H


A
N
S
2.2. Hans Staden entre os projetos do editor
S
T
A
2.3. A língua do tradutor D
E
N

2.4. Hans Staden em suas diferentes versões A

L
O
2.5. As edições lobatianas da obra de Hans B
Staden A
T
O

Próxima
D
E

H
A
N
S

S
T
A
D
E
Frontispício da 1. ed.
N

AUTOR DATA EDITORA A

L
Alencar Araripe 1892 IHGB O
B
A
Alberto Löfgren 1900 IHGSP
T
O
Monteiro Lobato 1925 Ed. Nacional
Voltar
D
E

H
A
N
S

S
T
A
D
E
Monteiro Lobato N
Albert Löfgren
(1900) •Meu Cativeiro entre A
os selvagens do Brasil
L
(1925,1926,1927) O
B
•Hans Staden: Suas A
viagens e cativeiro T
entre os selvagens do O
Brasil (1945)
Voltar
D
E

H
A
N
S

S
T
A
1.ed., 1925 D
E
N

4.ed., 1945 L
O
B
A
T
O
1.ed., 1927
Voltar
A
V
Capítulo 3: As aventuras de Monteiro Lobato E
N
T
U
R
A
• Hans Staden à lobatiana S

D
E

M
O
• A representação do índio na obra infantil N
Aventuras de Hans Staden. T
E
I
R
O

L
O
B
A
T
Próxima O
3.ed., 1934 1. ed.,1927
2.ed.,1932 10.000 6.000
6.000

9.ed., 1954

5.ed., 1944
10.096

1945
21.ed., 1980 Voltar
Ao grupo
MONTEIRO LOBATO (1882-1948)
E OUTROS MODERNISMOS
BRASILEIROS, M
U
I
companheiros de jornada! T
O

O
B
R
I
G
A
D
A

Interesses relacionados