Você está na página 1de 6

Acentuação Gráfica

Profa. Célia Trindade de Araújo e


Silva
Regras de acentuação gráfica
A acentuação gráfica das palavras, na língua portuguesa,
obedecem a algumas regras básicas:
1. Acentuam-se as palavras monossílabas tônicas (que apresentam
uma única sílaba, pronunciada com intensidade), terminadas em:
-a(s), -e(s), -o(s).
Ex.: pé(s), pá(s), nó(s), mês, fé(s), rês, má(s),
etc
2. Acentuam-se as palavras oxítonas (a tonicidade recai sobre a
última sílaba) terminadas em: -a(s), -e(s), -o(s), -em e –
ens. também, parabéns.
Ex.: sofá(s), Amapá, café(s), cipó(s),
3. Acentuam-se as paroxítonas (a tonicidade recai sobre a
penúltima sílaba) terminadas em -l, -n, -r, -i(s), -u(s), -ão(s), -on(s),
-ã(s), -um, uns, -ps e ditongos seguidos ou não de –s.
Ex.: nível, hífen, caráter, júri(s), vírus, órgão, próton, órfã(s), álbum,
fóruns, bíceps, série, colégio, estágio, área(s), imundície, tábua(s).
4. Acentuam-se todas as palavras proparoxítonas (a tonicidade
recai sobre a antepenúltima sílaba).
Ex.: lâmpada, pêssego, ,âncora, esplêndido, zoológico, etc

Observações:

 As regras de acentuação relacionam-se com as terminações das


palavras.

 Observe as regras das oxítonas e das paroxítonas. Note que as


terminações que exigem acento nas oxítonas não exigem nas palavras
paroxítonas e vice-versa, por isso não é necessário decorar o
grande número de terminações que exigem acento nas paroxítonas.
Basta que você conheça as regras das oxítonas, que são em número
bem menor.
 Os monossílabos tônicos são acentuados como as oxítonas (só não
levam acento se a palavra terminar com –em ou ens.
4. Acentuam-se os ditongos orais abertos –éu(s), -éi(s) e –ói(s).
Ex.: chapéu(s), jibóia, sói(s), idéia(s), céu(s)

5. Acentuam-se as vogais i e u tônicas que formam hiato com a vogal


anterior e ficam sozinhas na sílaba ou seguidas de s na sílaba tônica.
Ex.: ru-í-do, ba-ú, ca-ís-te, sa-ú-de, sa-í-da, pa-ís.
Observação:
* Não se acentuam as vogais i e u que formam hiato com a vogal
anterior e ficam sozinhas na sílaba, quando forem seguidas de nh.
Ex.: ra-i-nha, ba-i-nha, ta-i-nha, la-da-i-nha
6. Acentua-se a primeira vogal dos hiatos –ôo e –êe.
Ex.: en-jô-o, vô-o, vê-em, lê-em

7. Coloca-se trema na vogal u dos grupos –gue, -gui, -que, -qui se


ela for átona e pronunciada e acento agudo se for tônica.
Ex.: freqüência, eqüino, agüentar, lingüiça
agúe, argúem
8. Os verbos ter, e vir, na 3a. pessoa do plural do presente do
indicativo são monossílabos tônicos terminados em -em. Pela regra
dos monossílabos, não deveriam ter acento. Entretanto acentua-se a
forma da 3a pessoa do plural para diferenciá-la da forma do singular.
Ex.: Ele tem – eles têm Ele vem – eles vêm

9. Os verbos derivados de ter e vir como conter, deter, manter,


reter, provir apresentam formas oxítonas e acentuadas nas 3as.
pessoas do presente do indicativo: acento agudo no singular e
acento circunflexo no plural.
Ex.: Ele contém – eles contêm Ele mantém – eles
mantêm
Ele detém – eles detêm Ele retém – eles retêm
10. Os verbos crer, dar, ler e ver e derivados no singular recebem
acento circunflexo no –e tônico e no plural recebem acento
circunflexo no primeiro –e da terminação –êem.
Ex.: Ele crê – eles crêem Ele dê – eles dêem
Ele lê – eles lêem Ele vê – eles vêem
11. Usa-se acento diferencial para diferenciar as palavras homógrafas
(que têm a mesma escrita).
pára (verbo) para (preposição)
péla (substantivo) pela (antiga preposi- ção péla (verbo pelar)
per + artigo o)
pôr (verbo) por (preposição)
pêlo (substantivo) pélo (verbo) pelo (antiga preposi- ção
per + artigo o)
pólo (subst. – jogo) pôlo (substantivo – pólos (substantivo
gaviãozinho) -extremidades
pêra (substantivo) pera (per + a) péra (grafia antiga de
pedra)
pôde (pretérito perfeito) pode (presente)
as (artigo) ás (substantivo) às (contração)
côa, côas (verbo coar) coa, coas (com + a)
fôrma (s. modelo) forma – s. aspecto
quê (substantivo) que (pronome) que (conjunção)