Você está na página 1de 16

AUTOSSABOTAGEM

ALGO QUE ME ENGANA


QUANDO A NOSSA MENTE REMA CONTRA NÓS MESMOS
"...A origem da auto-
sabotagem, está na
infância, no núcleo
familiar, pois é neste lugar
que adquirimos
referências, experiências
boas e ruins, construímos
nossa percepção (sobre
nós, o outro e o mundo).
Onde nosso caráter é
formado e personalidade
e temperamento é
influenciada. Onde
aprendemos a repetir
alguns comportamentos
que não são saudáveis.
A autossabotagem pode ser descrita pela combinação de
sentimentos e pensamentos negativos acompanhados de
comportamentos autodestrutivos. Quando a pessoa conscientemente
quer conquistar ou fazer algo mas em contrapartida suas ações vão na
contramão do que ela busca. A sua base é o medo de correr alguns
riscos e se comprometer com as responsabilidades da vida, o que
leva a procrastinação (sempre deixar para depois) impedindo os
objetivos e realização de sonhos. Quando esse comportamento
ocorre com frequência, começa a atrapalhar a vida social,
profissional e familiar. Esse comportamento pode ser tão grave ao
ponto de influenciar em quadros mentais e físicos importantes:
obesidade, depressão, ansiedade, pensamentos suicidas, diabetes e,
em alguns casos mais graves automutilação.
INSPIRADO NA ENTREVISTA DA PSICÓLOGA KEDMA NASCIMENTO – PROG. SEM TABUS – NT

ESTE CICLO LEVA A IMATURIDADE

Raiva racionalizada TENDÊNCIA Comum na modernidade


A REPETIR
ATITUDES
DESTRUTIVAS Estas emoções
são as que mais
adoecem
Pegou algo que é meu ! Ligadas a Câncer
e tumor
O outro tem algo que quero

É UM sofrimento da ALMA ! Mas há cura, porém,


exige desejo de mudar hábitos e atitudes e
formas de pensar destrutivas.
Medo é emoção primária
Todo medo é medo de perder
Se você ACHA que perdeu, vem a culpa
A culpa gera a raiva (e precisa ser
projetada) deste projeção vem o mau
humor ligado a culpa, que pode estar
associada com a depressão.
Todos que tem medo, temem perder Mas eu, quando
algo, a perda gera culpa e a culpa estiver com medo,
gera a raiva e quando se tem raiva, o
confiarei em
medo surge novamente, formando
este ciclo. ti. Salmos 56:3
DESEJAR AMADURECER É IMPORTANTE ...

INVESTIR EM Quando eu era menino,


Reconhecer P+e P- falava como menino,
Autoconhecimento pensava como menino e
Controle das emoções raciocinava como menino.
Quando me tornei homem,
Canalização das emoções
deixei para trás as coisas de
Motivação menino. 1 Coríntios 13:11
Empatia
Pensamentos automáticos, é percebido
quando olho para as minhas emoções
como indicadores de que minha mente
esta querendo me dizer algo.

Catastrofização (pedra virou montanha)


(fazer tempestade em copo daqua)
(nota baixa pensa nunca vou vencer)
(erra com esposa e pensa eu nunca
serei um bom marido) ... Comum em
ansiosos pois querem tem controle
excessivo das coisas.

Hipergeneralização (generalizar as
experiências) (eu faço tudo errado) Pensamentos e Crenças
(não sou competende em nada) (não destrutivas prejudicam a
faço nada certo). Comum em pessoas nossa autoconfiança, gera
com auto baixa estima, medo insegurança entre outras
exagerados e inseguranças. emoções desagradáveis.
CRENÇAS são
mais profundas: nos
ver como inferiores,
incapazes de reagir
e mudar a situação
e, em muitas
ocasiões, vítimas
das circunstâncias.
Por exemplo, a garota
se reprime e não
consegue ir a
academia (ginástica,
emagrecer), ela pensa
que se for as pessoas
vão olhar para as
suas roupas, vão
cochichar entre elas e
dizer que ela está
ridícula, não vai
conseguir fazer
nenhum amigo, se
sente um peixe fora
d’água.
REPETIÇOES DESTRUTIVAS

… Fiz dieta o mês inteiro e quando estava prestes a


alcançar meu objetivo, voltei a comer como antes e
aqui estou eu depois de um mês de regime com o
mesmo peso.

… Mudei de emprego porque meu chefe era difícil de


agradar, mas estou com outro chefe difícil de agradar

… Terminei o namoro porque o cara era um canalha,


mas estou novamente namorando um canalha.

...Porque só tenho amizades que me exploram...


Exemplos graves comportamentos repetitivos:
Reclamcoes, ve a vida como peso, e mentirosos
compulsivos, só eu sofro injustica, sou vitima da sociedade,
a culpa e do outro

Exemplos graves comportamentos repetitivos:

Transtornos alimentares (obesos)


Dependência de álcool, cigarro e outras drogas
Compradores compulsivos
Jogadores compulsivos
Reflita sobre quais são as atitudes e circunstâncias repetitivas que te prejudica. Faça perguntas a você mesmo tentando detectar
culpas, medos, raivas ou fatos negativos da infância que pode explicar suas crenças negativas. O que te faz sofrer, e que você não
consegue mudar.
Procure se auto-conhecer!

Algumas pessoas criam resistências com o que é novo, então, continuam com os comportamentos antigos mesmo que tragam
tristeza, outras se acostumaram com a ideia de nunca serão felizes. Talvez de forma que não perceba, alguém pode agir por meio
de auto sabotagens por temer se arriscar. Porém, ao se prender a um problema, o mesmo poderá sempre fazer parte da sua vida.
Crenças negativas também podem tomar o controle e limitar a liberdade para escolher bem, pois controlam nosso comportamento.
Por exemplo, se um jovem acredita que não passar no vestibular é algo ruim, poderá a partir disso fazer de tudo para evitá-
lo, como: não se decidindo em escolher uma área ou repetindo o ensino médio algumas vezes.
De tempos em tempos a pessoa repete o comportamento que já conhece para ficar bem, mesmo sendo algo negativo. De forma
errada aprendeu que era a atitude certa a ser tomada, e neste caso, a desculpa é a resposta pronta para evitar a mudança.
Identificar nossas potencialidades, se apropriando delas pode
evitar que alguns gatilhos da autossabotagem sejam
acionados. O processo psicoterapêutico é significativamente
válido nessa etapa de descobertas. Dar um sentido mais
otimista diante dos eventos passados e presentes da vida
altera o estado de humor e modifica o caráter das emoções.
Com o humor ajustado, se torna mais possível enfrentar os
desafios e traz mais motivação para as ações que precisam
ser tomadas. O resultado desse trabalho costuma ser
satisfatório, além de aumentar o repertório comportamental
das pessoas que se propõe de verdade.
Como Mudar?
Conscientizar-se sobre o ciclo da repetição é o primeiro passo para você superá-lo.
Perceber que você está trocando de mulher, mas toda vez está com o mesmo tipo de mulher que não te agrada.
É o comerciante que está sempre arriscando um novo negócio, que nunca dá certo mas quando vai ver lá está ele de novo
fazendo a mesma coisa.
Sabe aquele amigo que vive te pedindo dinheiro emprestado e nunca devolve, você continua emprestando?
Porque você faz isso?
Por pura auto sabotagem.
Sabe aqueles finais de semana inteiros que você passa no sofá?
No domingo à noite está morto de arrependimento por não ter feito nada que preste.
Promete que no próximo final de semana vai ser diferente, mas no próximo faz tudo igual.
Porque ?
A pessoa que não consegue administrar seu tempo, sabe as tarefas que tem a fazer mas
simplesmente não consegue colocar a vida em ordem.

O que estou sentindo


Porque estou sentindo isto (achar a causa)
O que vou fazer com isto (planejar uma soluça
É ruim
Critica excessiva sobre si – falta de amor para consigo – baixo estima e aumenta a ansiedade
Olhe para o que você tem de bom
Pensar só no pior que possa acontecer com elas – os desafios geram resultados mentais negativos
Treine confie pare de se tratar mal
Procrastina sempre deixar para depois – faça agora mesmo que seja pouvo caoisa
Procrastina gera culpa e frtustação
Melhor uma decisão tomada que nenhuma
Por medomde sofrer sofremos muito mais
Organiza-se de modo racional e saudável
Desordem externa reflete desordem interna
Relaxar e descansar e importante
COMO MUDAR
Conscientizar-se sobre o ciclo da repetição pode ser um passo para superação. Por exemplo: Perceber que você está trocando de
mulher, mas toda vez está com o mesmo tipo de mulher que não te agrada. Perceber que troca de namorado , mas está sempre
com a mesmo tipo de pessoa sem atitude. O comerciante que está sempre arriscando um novo negócio, que nunca dá certo, mas
quando vai ver lá está ele de novo fazendo a mesma coisa. O amigo que vive te pedindo dinheiro emprestado e nunca devolve, você
continua emprestando? Finais de semana inteiros que você passa no sofá, e no domingo à noite está morto de arrependimento por
não ter feito nada, promete que no próximo fim de semana vai ser diferente, mas no próximo faz tudo igual.

Escolha um problema seu atual, agora responda a essas perguntas:


•O que você já fez para mudar essa situação?
•O que está ganhando ao agir assim?
•O que irá perder se parar com isso?
•O que acontece se você não tiver mais essa desculpa para não dar certo?
•É seguro parar com isso?
•Como irá agir sem se sentir vítima?
•O que recebe ao praticar a auto sabotagem.
Para perceber se você pratica auto sabotagem, tente completar frases como:
Eu não consigo fazer isso porque ______________________________________.
Não posso ter isso porque ___________________________________________.
Não importa qual seja o problema, é preciso pensar no que já conseguiu superar, e a partir disso, acreditar no que ainda
pode alcançar, no entanto, é preciso se permitir, sem carregar a sensação de estar fazendo algo errado.
Cresçam, porém, na graça e no conheciment
de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A e
seja a glória, agora e para sempre! Amém.
2 Pedro 3:18