Você está na página 1de 37

BEM VINDOS

GESTÃO
“Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a
obra do ministério, para edificação do corpo de
Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e
ao conhecimento do Filho de Deus, a homem
perfeito, à medida da estatura completa de Cristo,
para que não sejamos mais meninos inconstantes,
levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo
engano dos homens que com astúcia enganam
fraudulosamente. Antes, seguindo a verdade em
amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça,
Cristo”
Efésios 4:12-15
• São simpatizantes da palavra e não praticantes.
• A bíblia é irrelevante na sua vida diária.
• Buscam a Deus nos momentos de necessidade.
• Não se envolvem nas atividades da igreja.
• Não servem na igreja.
• São frequentadores dos cultos.
• Estão repletos de dúvidas.
• Não tem um relacionamento com Jesus.
• Precisam de explicações. Querem ver pra crer
ao invés de crer pra ver.
• Estão satisfeitos com uma vida espiritual
superficial.
• “Jesus está na igreja”.
• Começam a ter um relacionamento um pouco maior
com Cristo.
• As práticas pessoais espirituais como leitura da Bíblia e
oração começam a fazer parte da sua rotina semanal.
• Já é convicto dos fundamentos da fé.
• Envolvem-se ativamente nas atividades da igreja.
• Servem nos ministérios da igreja
• Tem vergonha de expressar a sua fé publicamente.
• “Já leva Jesus para casa, mas ainda tem uma certa
dificuldade em leva-lo para o trabalho”. Isso
significa que apesar de terem iniciado as práticas
espirituais em casa eles hesitam em seguir a
Cristo fora das paredes do templo.
• Tem dificuldade em agir de acordo com o crêem.
• Ainda não são convictas que Deus está com elas
em todo o tempo.
• Esperam ser desafiadas para crescerem.
• Já são discipuladas.
• Já entendem que a responsabilidade do crescimento
espiritual é individual.
• Intensificam sua busca por Deus através das práticas
espirituais pessoais diárias.
• A bíblia oferece-lhes orientação para a vida diária.
• Estão num constante diálogo com Cristo.
• Identificam-se publicamente como seguidoras de Cristo.
• Tem uma certeza espiritual crescente - uma confiança cada
vez maior na existência, na dependência e no poder da
presença de Deus na vida delas.
• Tem um crescente amor ao próximo demonstrado
pelas atividades evangelísticas cada vez mais
frequentes.
• Elas falam sobre a sua fé.
• Contribuem financeiramente com os dízimos e ofertas.
• Servem nos ministérios da igreja.
• Apesar de Jesus exercer influência em suas decisões e
ações, vários outros valores competem com as
escolhas que elas fazem e contribuem para essas
escolhas.
• Elas deixam Jesus no banco de motorista, ou
seja, ainda estão no comando das suas vidas.
• Ainda não entregaram tudo a Cristo.
• Não estão dispostas a renunciar algumas
coisas da sua vida por amor a Jesus.
• São discipulados e discipulam.
• Dedicam-se diariamente a práticas espirituais pessoais
comprovando seu senso de comprometimento e
consagração a Cristo.
• São realmente apaixonados por Deus.
• Entregaram o controle da sua vida a Jesus, isso significa
renunciar aos desejos terrenos.
• Reconhecem ser dependentes de Cristo.
• Fazer a vontade de Deus é prioridade pra eles.
• São submissos a autoridade orientadora da Palavra de
Deus.
• Eles trabalham na igreja, cuidam dos pobres, dão
o dízimo e evangelizam.
• Eles se sentem totalmente capacitados para falar
sobre a fé a não cristãos.
• Eles entenderam que a vida não gira em torno de
possuir bens materiais; gira em torno de Deus e
das pessoas com as quais ele se preocupa muito.
• São discipulados e discipulam.
IMPACTA – CELEBRA – DESAFIA
INTEGRA – PASTOREIA – MULTIPLICA
CUIDA – ENSINA – MENTOREIA
APROXIMA – TRANSFORMA - FORTALECE
QUINTAS A PARTIR DE 13/10 às 20h
.
• SLIDE DA RECARGA

Interesses relacionados