Você está na página 1de 10

INTRODUÇÃO

•A anemia é definida pela Organização Mundial da Saúde como


“um estado em que a concentração de hemoglobina do sangue é
anormalmente baixa em consequência da carência de um ou mais
ANEMIA nutrientes essenciais, qualquer que seja a origem dessa carência
(OMS).
•A anemia ferropriva por carência de ferro estar associada com
carências alimentares múltiplas, que pode ser acompanhada ou não

ANEMIA por algumas parasitoses intestinais. Nos casos de gestações


múltiplas e repetidas e anda quando estão acompanhadas de
FERROPRIVA distúrbios digestivos a carência se dar por uma deficiência na
absorção do ferro.
•(BATISTA.2008).
•No Brasil crianças que vivem nas regiões rurais que não
possuem saneamento básico e de locais litorâneos onde há areia
CRIANÇAS úmida ocorre preservação de larvas infectantes por via transcutânea,
onde os parasitos são predominantes (FAILACE,2015).
Problemática

A anemia ferropriva é a mais


prevalente no mundo, sendo
provocada pela deficiência de ferro.
Um dos fatores predominantes para

Problemática o desenvolvimento da anemia na


infância seria a contaminação por
parasitoses intestinas. No Brasil os
índices desta patologia são
alarmantes, ainda é uma realidade
muito presente em nosso cotidiano
HIPOTESE
3.1 Ocorre anemia ferropênica em crianças acometidas por parasitas intestinais, uma vez que, ocorre
a depleção do ferro?
3.2 Não ocorre Anemia ferropênica em crianças que são acometidas por parasitas intestinais?
OBJETIVOS

3 OBJETIVO GERAL

Investigar a anemia ferropriva causada por parasitas no período de 2007


a 2017 em crianças.

4 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

4.1 Analisar quais parasitas são mais associados a anemia ferropriva.


4.2 Verificar qual a faixa etária mais acometida por parasitas intestinais.
4.3 Analisar principais motivos a que levam ás crianças a adquirirem o parasita.
JUSTIFICATIVA

5 JUSTIFICATIVA
A anemia possui efeitos funcionais
nocivos, destacando-se dentre os
principais o retardo no desenvolvimento
psicomotor e cognitivo; dificuldade de
JUSTIFICATIVA concentração; aumento da morbidade por
doenças infecciosas; cansaço; redução da
capacidade de trabalho e produtividade
relacionada com o retardo de
crescimento.
METODOLOGIA

Procedimentos metodológicos Métodos de Pesquisa

Cenário e Participante do estudo Coleta de Dados

Análise e Organização de Dados Critérios de inclusão e exclusão


CRONOGRAMA
Abr mai jun jul ago set out nov

Pesquisa do x
tema
Definição do x
tema
Pesquisa x
bibliográfica
Coleta de x
Dados
Apresentação x
e discussão
dos dados
Elaboração x x
do pré-
projeto
Entrega do x
Pré-projeto
ORÇAMENTO

9 ORCAMENTO

TIPO DE DESPESA VALOR UNITARIO VALOR DO GASTO


Papel a4 0,10 223,00
encadernação 6,00 21,00
caneta 1,50 7,50
transporte 10,00 410,00
Material de consumo 15,00 250,00
TOTAL 32,60R$ R$ =915,00
REFERENCIAS


 BATISTA-FILHO, M. SOUZA, C.C. Anemia como problema de saúde pública: uma realidade atual. Ciência & Saúde Coletiva, n. 13, v. 6, p.1917-1922, 2008.
 BRAGA, J.; VITALLE, M. Deficiência de Ferro na Criança. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, Maio de 2010. NAOUM, Paulo Cesar.
Hemoglobinopatias e talassemias. São Paulo: Sarvier
 FAILACE, R.; FERNANDES, F. Hemograma manual de interpretação. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2015.
 .LACERDA, Ana Paula et al. Anemia Ferropriva em crianças. Revista Rede de Cuidados em Saúde, 2009.acesso março de 2017.
 LORENZI,T.F Manual de hematologia: propedêutica e clinica.4.ed.Rio de Janeiro, Anemias carências, hemolíticas e imunohemoliticas. Grupos Barbara
Bain.celulas sanguíneas: um guia pratico, editora Arimed,2017.
 NISHIDA, F. S. et al. Prevalência de anemia em escolares de escolas públicas de Maringá-PR, Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2010;12(2):237-44 Available from:
http://www.fen.ufg.br/revista/v12/n2/v12n2a02.htm. doi: 10.5216/ree.v12i2.6430.
 NUNES, X.P; ALMEIDA, J.R. G.S; NUNES, X.P Anemia ferropriva, entero parasitoses e esgotamento sanitário. Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória, 16(1): 118-124,
jan-mar, 2014.
 PAIVA, A.; RONDÓ, P.; SHINOHARA, E. Parâmetros para avaliação do estado nutricional de ferro. Revista de Saúde Pública, Agosto de 2000. Disponível em
<http://www.scielosp.org/pdf/rsp/v34n4/2544.pdf>. Acesso em 18 de Outubro de 2017.
 SOUSA, Sara. et al. Anemia Ferropriva no Desenvolvimento Infantil: uma revisão de literatura. Revista Digital Buenos Aires, ano 14, n.142, Março de 2010.
 Disponível em:<http://www.efdeportes.com/efd142/anemia-ferropriva-no-desenvolvimento-infantil.htm>.Acesso em: 27de Julho de 2017.
 ROCHA, G.K.A.M. et al.Prevalência de anemias em crianças e adolescentes portadores de enteroparasitoses. NewsLab, São Paulo, v. 65, p.172-188,2009.
 SILVA, A.; CAMARGOS, C. Fortificação de alimentos: instrumento eficaz no combate a anemia ferropriva? Artigo de revisão. Fevereiro 2010. Disponível
em<http://www.fepecs.edu.br/revista/Artigo%206.pdf>. Acesso em 12 Setembro de 2017.
 VERRASTRO, T; LORENZI, T. Hematologia e hemoterapia: fundamentos de morfologia, fisiologia, patologia e clinica. 1 ed. São Paulo: Atheneu.,2007.

TRABALHO DE CONCUSAO DE CURSO

OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!


BOA NOITE !!

Você também pode gostar