Você está na página 1de 48

Capítulo

Estatística
20

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Conceitos básicos

Uma população é formada por todos os elementos de um


conjunto que têm pelo menos uma característica em
comum. Amostra é um subconjunto formado por
elementos extraídos de uma dada população.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.1
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Conceitos básicos
Exemplo

Lazer. Em uma pesquisa sobre a quantidade de horas que os


brasileiros passam assistindo à TV, foram entrevistadas 54.000
pessoas. Vamos identificar a população e a amostra nessa situação.
A população é formada por todos os brasileiros (cerca de
190 milhões de pessoas, segundo o Censo de 2010) e a amostra,
pelos 54.000 brasileiros entrevistados.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.1
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Variável

As características estudadas de uma população são chamadas


de variáveis.

variável

qualitativa quantitativa

discreta contínua

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.2
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências
Informática. Numa pesquisa sobre preços
(em reais) de um modelo de notebook, em
20 lojas do ramo, foram coletados os
seguintes valores:
2.000 2.500 2.000 2.600 2.000 2.600 2.600
2.500 2.500 2.000 2.000 2.000 2.500 2.600
2.600 2.600 2.600 2.600 2.600 2.600

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.3
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências
Para facilitar o estudo da variável preço, agrupamos os
valores numa tabela:

Preço Quantidade de
(R$) lojas

2.000 6

2.500 4

2.600 10

Total 20

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.3
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Frequência absoluta
Os números que aparecem na coluna “Quantidade de lojas”
indicam as frequências dos valores observados da variável
estudada (preço).

A quantidade de vezes que cada variável é observada é


chamada de frequência absoluta ou simplesmente
frequência, indicada por fi.

A tabela que mostra a relação entre a variável e a quantidade


de vezes que cada valor se repete (frequência) é chamada de
tabela de frequências ou distribuição de frequências.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.4
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Frequência relativa
Agora, vamos acrescentar à tabela de frequências uma coluna
com valores que indicam a comparação entre cada frequência
absoluta e o total pesquisado. Os valores calculados recebem
o nome de frequência relativa e geralmente são expressos
em porcentagem. A frequência relativa será indicada por fr.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.4
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências

Preço
Frequência absoluta fi Frequência relativa fr
(R$)

2.000 6 ou 30%

2.500 4 ou 20%

2.600 10 ou 50%

Total 20 100%

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.4
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Frequências acumuladas
Para saber mais sobre a variável estudada, podemos calcular:
a soma de cada frequência absoluta com as frequências
absolutas anteriores, que chamamos de frequência absoluta
acumulada, e a soma de cada frequência relativa com as
frequências relativas anteriores, que chamamos de
frequência relativa acumulada.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.5
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências

Frequência Frequência
Frequência Frequência absoluta relativa
Preço
absoluta relativa acumulada acumulada
(R$)
fi fr Fi Fr

2.000 6 30% 6 30%

50% =
2.500 4 20% 10 = 6 + 4
= 30% + 20%

100% = 30% +
2.600 10 50% 20 = 6 + 4 + 10
+ 20% + 50%

Total 20 100% 20 100%

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.5
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

Saúde. De acordo com a Organização

JUCA MARTINS/OLHAR IMAGEM


Mundial da Saúde (OMS), ruídos acima
de 50 decibéis são prejudiciais ao ser
humano. Insônia, dores de cabeça,
estresse e perda (parcial ou total) da O nível de ruído em uma via
de tráfego pesado está acima
audição são alguns dos efeitos de 70db.

negativos provocados pela chamada poluição sonora. A seguir,


estão os níveis de ruído (em decibéis) registrados em algumas
áreas residenciais da cidade de São Paulo.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

73,94 66,84 66,16 64,78 63,14 61,89 60,32 56,67

71,46 64,43 66,01 64,71 62,69 61,49 60,22 56,03

71,52 64,17 65,70 65,81 62,57 60,96 60,14 55,89

70,08 63,29 65,08 64,15 61,92 60,74 59,36 55,77

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

Como temos muitos dados distintos, uma distribuição de


frequências como a anterior pouco facilitaria a interpretação
desses dados. Nesse caso, podemos agrupar os valores
em classes.
Para construir a tabela de distribuição de frequências
precisamos definir os intervalos em que os dados
serão agrupados.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

1o) Identificamos o maior e o menor valor coletado:


73,94 e 55,77.
2o) Calculamos a diferença entre o maior e o menor valor
coletado obtendo a amplitude total: 73, 94 – 55,77 = 18,17
3o) Dividimos a amplitude total pelo número de intervalos
que desejamos. Esse número é escolhido de acordo com a
natureza dos dados, de maneira que possibilite uma análise
adequada. O quociente obtido é a amplitude do intervalo
(ou da classe).

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

Vamos escolher a distribuição em quatro classes: =


= 4,5425 ≃ 5
Assim, o primeiro intervalo começa em 55 decibéis, indo até
60 decibéis (55 + 5).
Para representar esse intervalo, podemos usar duas notações:
ou [55, 60[
Essas representações significam que foram agrupadas medidas
entre 55 e 60 decibéis, com extremo inferior 55 pertencente
ao intervalo e extremo superior não pertencente.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Distribuição de frequências para
dados agrupados por intervalos

Ruído
fi Fi fr Fr (%)
(decibéis)

55 ⊢ 60 5 5 15,625% 15,625%

60 ⊢ 65 17 22 53,125% 68,75%

65 ⊢ 70 6 28 18,75% 87,5%

70 ⊢ 75 4 32 12,5% 100%

Total 32 - 100% -

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.6
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R1. Pet shop. Em um pet shop há 300 animais cadastrados.


Para melhor atendê-los, foi feita uma pesquisa sobre o
porte, a raça e a idade. Também foram verificados o
número de banhos e de tosas durante o semestre e o
tempo em que eles ficam hospedados em hotéis. Para
isso, foram selecionados de modo aleatório (ao acaso)
160 animais.
a) Determinar a população e a amostra dessa pesquisa.
b) Identificar as variáveis qualitativas estudadas na pesquisa.
c) Identificar e classificar as variáveis quantitativas estudadas
nessa pesquisa.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.7
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R1.
Resolução

a) Como no cadastro do pet shop há 300 animais, a população


é formada por esses 300 animais.
Note que foram observados 160 animais; logo, a amostra
pesquisada é formada por esses 160 animais.
b) As variáveis qualitativas não são expressas por números.
Portanto, o porte e a raça dos animais são variáveis
qualitativas.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.7
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R1.
Resolução

c) As variáveis quantitativas discretas são provenientes de


contagem e expressas por números inteiros.
Portanto, o número de banhos e o número de tosas durante
o semestre são variáveis quantitativas discretas.
As variáveis quantitativas contínuas são provenientes de
medidas e expressas por números reais (inteiros ou não).
Portanto, a idade e o tempo em que os animais ficam
hospedados em hotéis são variáveis quantitativas contínuas.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.7
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R2. As notas da última avaliação de Matemática de 20 alunos


da classe de Ana são as seguintes:
7,0 5,0 9,0 5,0 8,0 5,0 8,0 9,0 10,0 8,0
6,0 6,0 7,0 7,0 7,0 5,0 5,0 5,0 6,0 6,0
Elaborar uma tabela de distribuição de frequências que
apresente frequência absoluta, frequência relativa e
frequências acumuladas. Com base na tabela, responder:
a) Quantos alunos obtiveram nota 6,0, que é a nota mínima
de aprovação?
b) Quantos alunos obtiveram nota menor ou igual a 7,0?

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.8
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R2.
c) Qual a porcentagem de alunos que obtiveram nota menor
que 8,0?
d) Qual a porcentagem de alunos reprovados em Matemática?
E aprovados?

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.8
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R2.
Resolução
Organizamos os dados em uma tabela e calculamos as frequências:

Nota fi fr Fi Fr

5,0 6 30% 6 30%

6,0 4 20% 10 50%

7,0 4 20% 14 70%

8,0 3 15% 17 85%

9,0 2 10% 19 95%

10,0 1 5% 20 100%

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.8
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R2.
Resolução
Analisando a tabela, podemos responder às questões:
a) 4 alunos, que é a frequência absoluta da nota 6,0.
b) 14 alunos, que é a frequência absoluta acumulada da nota
7,0 (6 + 4 + 4).
c) 70% dos alunos, que é a frequência relativa acumulada da
nota 7,0.
d) 30% dos alunos, que é a frequência relativa acumulada da
nota 5,0, foram reprovados. Logo, 70% dos alunos foram
aprovados.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.8
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R3. Economia. Os tempos (em minuto) que 30 pessoas


gastam no banho são:
30 20 14 5 10 12 16 6 3 2 8 8 8 5 10
38 35 28 25 5 7 14 25 23 4 32 5 9 12 14

Construir uma distribuição de frequências com 5 intervalos e


determinar a porcentagem de pessoas que gastam menos de
18 minutos no banho.
Resolução
Vamos calcular amplitude de cada classe: (38  2)  5 = 7,2.
Arredondamos 7,2 para 8, usando a amplitude de classe igual
a 8 minutos.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.9
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Exercício resolvido

R3.
Resolução

Tempo
fi Fi fr Fr
(min)

2 ⊢ 10 13 13 43,3% 43,3%

10 ⊢ 18 8 21 26,7% 70%

18 ⊢ 26 4 25 13,3% 83,3%

26 ⊢ 34 3 28 10% 93,3%

34 ⊢ 42 2 30 6,7% 100%
A porcentagem dos que gastam menos de 18 minutos no
banho é 70%.
CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5
20.9
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de barras
(verticais e horizontais)

Os gráficos de barras verticais apresentam os dados por


meio de colunas (retângulos) dispostas em posição vertical.
A altura de cada coluna corresponde à frequência (absoluta
ou relativa) dos valores observados.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.10
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de barras
(verticais e horizontais)

Veja um exemplo de gráfico de barras verticais:

Dados obtidos em: IBGE. Censo 2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em: 22 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.10
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de barras
(verticais e horizontais)

As informações coletadas também podem ser apresentadas


em um gráfico de barras horizontais.
Esse tipo de gráfico utiliza as barras (retângulos) dispostas
em posição horizontal. O comprimento das barras
corresponde à frequência (absoluta ou relativa) dos valores
observados.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.10
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de barras
(verticais e horizontais)

Veja um exemplo de gráfico de barras horizontais:

Fonte: Escola Acesso

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.10
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de segmentos
Os gráficos de segmentos (ou de linha) são muito
empregados para representar duas grandezas que se
relacionam. Para construir um gráfico deste tipo, adotamos um
referencial semelhante ao plano cartesiano, no qual os pontos
correspondentes aos dados levantados são marcados e, em
seguida, unidos por segmentos de reta.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.11
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de segmentos
Observe um exemplo de gráfico de segmentos:

Dados obtidos em: Ministério do Turismo. Disponível em: <http://www.turismo.gov.br>. Acesso em: 22 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.11
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de setores
Os gráficos de setores apresentam os dados em um círculo,
no qual cada setor indica a frequência (absoluta ou relativa) de
uma variável observada.
Nesse tipo de representação, a área e a medida do ângulo de
cada setor são diretamente proporcionais à porcentagem que
representam em relação ao todo (100%).

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.12
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico de setores
Exemplo
Veja como os dados da tabela podem ser representados em um
gráfico de setores:

Exportações
Porcentagem
brasileiras (2010)

alta tecnologia 7,3%

média tecnologia* 51,2%

baixa tecnologia 41,5%

Total 100%
* Soma dos produtos de média-alta e média-baixa tecnologia. Dados obtidos em: Secretaria do Comércio Exterior
(SECEX)/Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Disponível em:
<http://www.desenvolvimento.gov.br>. Acesso em: 22 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.12
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Em algumas situações, é necessário representar
simultaneamente duas ou mais características da amostra.
Para facilitar a comparação entre características distintas,
podemos construir um gráfico múltiplo.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.13
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Exemplos
a) Observe que, no gráfico
de colunas múltiplas
apresentado ao lado, as
variáveis comparadas
referem-se a serviços e
bens presentes em
domicílios brasileiros de
2006 a 2009. Dados obtidos em: IBGE. PNAD. Rio de Janeiro: IBGE, 2006; 2007; 2008; 2009.
Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em: 25 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.14
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Exemplos
b) Considere os gráficos abaixo:

Dados obtidos em: IBGE. Tendências demográficas 2000 e Censo 2010.


Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em: 25 jul. 2011.
Dados obtidos em: IBGE. Censo demográfico 1950, 1960, 1970, 1980, 1991, 2000,
2010. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br>. Acesso em: 25 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.15
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Exemplos
b) Com base nos dados apresentados, vamos fazer algumas
considerações.
O gráfico de colunas simples (fecundidade) e o de colunas
múltiplas (população urbana e rural) indicam mudanças em
algumas características da população brasileira no período de
1950 a 2010. Cruzando as informações, podemos observar que a
população rural predominou até 1960, ano a partir do qual se
inicia a redução na taxa de fecundidade, ou ainda que, enquanto a
população urbana aumenta, a taxa de fecundidade diminui.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.15
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Exemplos
c) Nesse gráfico de linhas
múltiplas, é possível comparar
o avanço percentual da
participação dos cinco países
com o maior número de
medalhas nos Jogos
Pan-Americanos.

Dados obtidos em: Quadro de medalhas de todos os Jogos Pan-Americanos. Disponível em:
<http://www.quadrodemedalhas.com>. Acesso em: 25 jul. 2011.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.16
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Gráfico múltiplo
Exemplos
c) Com as informações apresentadas, concluímos que em todos
os Jogos Pan-Americanos, com exceção da primeira edição, os
Estados Unidos conquistaram o maior número de medalhas.
Mas, a partir de 1995, o número de medalhas conquistadas por
esse país vem decrescendo.
O Brasil é o único país que vem conquistando número
crescente de medalhas a partir dos Jogos Pan-Americanos
de 1979.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.16
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Histograma
Quando temos de representar uma distribuição de frequências
cuja variável tem os valores agrupados em intervalos,
costumamos utilizar um histograma.
O histograma é um gráfico formado por retângulos
justapostos cujas bases são construídas sobre o eixo das
abscissas. As larguras correspondem à amplitude de cada
intervalo e as alturas indicam a frequência (absoluta ou
relativa) de cada intervalo.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.17
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Histograma
Exemplo
Combustível. Vamos construir um histograma para a distribuição de
frequências que representa o número de litros de gasolina vendidos
por veículo no posto RBA.

Número de
litros de
gasolina 5 ⊢ 10 10 ⊢ 15 15 ⊢ 20 20 ⊢ 25 25 ⊢ 30 Total
(por veículo)

Frequência
(fi) 23 78 9 60 40 210
Fonte: Posto de gasolina RBA.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.18
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Histograma
Exemplo

Observando o histograma, podemos perceber que a maior altura é


78, ou seja, o intervalo que representa a maior frequência (78
veículos) está entre 10 (inclusive) e 15 litros de gasolina vendidos
por veículo.
CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5
20.18
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Polígonos de frequências
Com base no histograma, é possível construir um gráfico de
segmentos chamado gráfico de curva poligonal, ou
polígono de frequências.

Exemplos
a) Retomando o exemplo anterior, marcamos os pontos cuja abscissa
seja o valor médio dos intervalos, unimos em sequência esses
pontos por segmentos de reta e finalmente completamos a curva
poligonal acrescentando um ponto de frequência zero que esteja
equidistante a cada extremidade da escala horizontal.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.19
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Polígonos de frequências
Exemplos
a)

Fonte: Posto de gasolina RBA. Fonte: Posto de gasolina RBA.

Observando o polígono de frequência, podemos perceber que o ponto


mais alto ocorre para 12,5 litros de gasolina e 78 veículos, o que indica
que a quantidade abastecida com mais frequência no posto RBA é
12,5 litros em média.
CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5
20.19
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Polígonos de frequências
Exemplos
b) Preços. Vamos representar, por meio de um histograma e de um
polígono de frequências, a distribuição de frequências apresentadas
pelos preços (em reais) de 50 produtos do Hipermercado ALM.

Preço (R$) 2 ⊢4 4⊢6 6 ⊢8 8 ⊢ 10 10 ⊢ 12

Frequência (fi) 8 28 11 4 2

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.20
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
Polígonos de frequências
Exemplos
b)

Fonte: Hipermercado ALM. Fonte: Hipermercado ALM.

CONEXÕES COM ANOTAÇÕES EM AULA 1.5


20.20
A MATEMÁTICA
Capítulo 20 – Estatística
ANOTAÇÕES EM AULA
Coordenação editorial: Juliane Matsubara Barroso
Edição de texto: Ana Paula Souza Nani, Adriano Rosa Lopes, Enrico Briese Casentini, Everton José Luciano,
Juliana Ikeda, Marilu Maranho Tassetto, Willian Raphael Silva
Assistência editorial: Pedro Almeida do Amaral Cortez
Preparação de texto: Renato da Rocha Carlos
Coordenação de produção: Maria José Tanbellini
Iconografia: Daniela Chahin Barauna, Erika Freitas, Fernanda Siwiec, Monica de Souza e Yan Comunicação
Ilustração dos gráficos: Adilson Secco

EDITORA MODERNA
Diretoria de Tecnologia Educacional
Editora executiva: Kelly Mayumi Ishida
Coordenadora editorial: Ivonete Lucirio
Editores: Andre Jun, Felipe Jordani e Natália Coltri Fernandes
Assistentes editoriais: Ciça Japiassu Reis e Renata Michelin
Editor de arte: Fabio Ventura
Editor assistente de arte: Eduardo Bertolini
Assistentes de arte: Ana Maria Totaro, Camila Castro e Valdeí Prazeres
Revisores: Antonio Carlos Marques, Diego Rezende e Ramiro Morais Torres
© Reprodução proibida. Art. 184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.
Todos os direitos reservados.

EDITORA MODERNA
Rua Padre Adelino, 758 – Belenzinho
São Paulo – SP – Brasil – CEP: 03303-904
Vendas e atendimento: Tel. (0__11) 2602-5510
Fax (0__11) 2790-1501
www.moderna.com.br
2012

CONEXÕES COM
A MATEMÁTICA

Você também pode gostar