Você está na página 1de 34

Estabilidade de taludes

REQUISITO
Conhecer Estática
Introdução
Terzaghi, K. (Theoretical Soil Mechanics, 1943)
Os problemas de Engenharia Geotécnica:
 Problemas de elasticidade: modelo elástico
linear (parâmetros de deformabilidade: E, )
 Problemas de estabilidade: modelo rígido-
plástico (parâmetros de resistência: c´, ´, sU)
 Água

30/1/04 Waldemar Hachich 2


Problemas de estabilidade
típicos
 Estabilidade de
taludes
 Capacidade de
carga de
fundações
 Empuxo sobre
muros de arrimo

30/1/04 Waldemar Hachich 3


Alguns tipos comuns de
instabilidades de taludes
 Escorregamentos
a) rotacional
b) translacional
c) limitado por camada
resistente
d) condicionado por
camada fraca
 Corridas de massa
e) corrida de lama
 Rastejo
 Outros
f) tombamento

30/1/04 Waldemar Hachich 4


Método usual de análise dos
escorregamentos

 Equilíbrio Limite
 Equilíbrio estático = Estática
 Limite = iminência da ruptura

 = s / F = (c' + ' tg ') / F


 Pesquisa da superfície crítica
(tentativas)
30/1/04 Waldemar Hachich 5
Aplicações do Método do
Equilíbrio Limite

 Estabilidade de
taludes

 Capacidade de carga
de fundações

 Empuxos sobre
muros de arrimo

30/1/04 Waldemar Hachich 6


Equilíbrio estático (no plano)

 Equilíbrio de forças na direção vertical


 Equilíbrio de forças na direção horizontal
 Equilíbrio de momentos

30/1/04 Waldemar Hachich 7


Talude infinito
Talude infinito
b

 = inclinação do talude
z
QD
 W
QE ℓ
T  QE = - QD

N
 N = N’ + U
 = inclinação da superfície de
escorregamento
 W=zb=
=  z ℓ cos 
30/1/04 Waldemar Hachich 9
Equilíbrio
 Forças  Momentos
 T = W sen 
 N = W cos 
T W
W
N

N  T

30/1/04 Waldemar Hachich 10


Equilíbrio limite
 Equilíbrio  Limite
 T = W sen   T=S/F
T  N = W cos 
 T = (c'ℓ+ 'ℓ tg ') / F
W  T = (c'ℓ+ N' tg ') / F

N  T = (c' / F) ℓ +
N W
(N-U) (tg ' / F)
T
 T = c'd ℓ + (N-U) tg 'd

30/1/04 Waldemar Hachich 11


Equilíbrio limite de talude infinito

2c  u  tan 
F ( z)   1   
  z  sen 2    z  cos   tan 
2

POSIÇÃO da superfície crítica z

mín[ F ( z )]  F ( zmáx )  z  H solo


rocha

30/1/04 Waldemar Hachich 12


Número de estabilidade
Com : z  H
c
NE 
 H
2  NE  u  tan 
F   1   
sen 2    z  cos   tan 
2

30/1/04 Waldemar Hachich 13


F de talude infinito

2  NE  u  tan 
F   1  
 
sen 2    z  cos   tan 
2

30/1/04 Waldemar Hachich 14


Talude infinito: casos particulares
 F = tg  / tg 
 a) Seco
 b) Submerso

 F = ... (equilíbrio)
 c) Com percolação
paralela ao talude
 etc.

30/1/04 Waldemar Hachich 15


Talude íngreme
Talude íngreme
 = inclinação do talude

W  Equilíbrio
 H W+T+N=0
T
 Limite:
 T=S/F
N T = (c´.L + N´ . tan´) / F
T = Cd´.L + N´. tand´

 = inclinação da superfície de escorregamento (c para a crítica)

30/1/04 Waldemar Hachich 17


Talude íngreme: equilíbrio limite

cd NE 1 sen(   )  sen(   d )
  
 H F 2 sen   cos  d

POSIÇÃO da superfície crítica

F   d
 0    c 
 2

30/1/04 Waldemar Hachich 18


F de talude íngreme

  d
Com :  c 
2
cd NE 1  cos(   d )
 
 H F 4  sen   cos  d

30/1/04 Waldemar Hachich 19


Talude genérico

Ábacos para pré-


dimensionamento
Ábacos de
estabilidade
de taludes
(taludes em
geral)

1 / NE

30/1/04 Waldemar Hachich 21


Talude genérico

Processos de análise de
equilíbrio limite
Determinação das pressões
neutras de percolação

30/1/04 Waldemar Hachich 23


Processo das lamelas

30/1/04 Waldemar Hachich 24


Processo das lamelas:
superfície circular

30/1/04 Waldemar Hachich 25


Forças em uma lamela:
superfície circular

30/1/04 Waldemar Hachich 26


Forças em uma lamela:
superfície qualquer

30/1/04 Waldemar Hachich 27


Equilíbrio genérico de uma
lamela: superfície circular

30/1/04 Waldemar Hachich 28


Equilíbrio de uma lamela:
Bishop simplificado

30/1/04 Waldemar Hachich 29


Processos diversos
 Equilíbrio limite
 Hiperestaticidade não permite solução
exclusivamente por equilíbrio
 Hipóteses simplificadoras distinguem os métodos
(hipóteses quanto à distribuição interna de esforços)
 Fellenius
 Bishop
 Bishop simplificado
 Janbu
 Janbu simplificado
 Sarma
 Spencer
 Morgenstern-Price

30/1/04 Waldemar Hachich 30


M&P, Spencer, Bishop
simplificado
M&P: X = E l f(x)
Spencer: f(x) = 1

Bishop
simplificado:
l=0

30/1/04 Waldemar Hachich 31


Processos: comparação

30/1/04 Waldemar Hachich 32


Processo das lamelas:
superfície qualquer

30/1/04 Waldemar Hachich 33


Processo das cunhas

30/1/04 Waldemar Hachich 34

Você também pode gostar