Você está na página 1de 10

DIAGNOSTICO CINÉTICO FUNCIONAL

NEURO / ORTO

Prof. Milton Carlos Lima


NEUROLOGIA
 Mono:
 1 membro (MMSS / MMII)

 Hemi:
 1 lado ( direito / esquerdo)

 Para:
 paralelus (paralelo) MMII

 Tri:
 3 membros (MMII simétricos / 1 MMSS)

 Tetra
 4 membros
 lesão medular

 Quadri
 4 membros
 lesão encefálica

 Di
 4 membros (MMII simétricos / MMSS assimétricos)
 Plegia:
 ausência de movimento

 Paresia:
 alteração do movimento

 Anestesia:
 ausência de sensibilidade

 Parestesia:
 alteração da sensibilidade

 Lesão medular completa:


 Controle esfíncter anal

 Dermátomos e Miótomos
 Tipo de tônus:
 Espástico;
 Flácido;

 Padrões:
 Flexor;
 Extensor;

 Predomínios:
 Braquial;
 Crural;
EXEMPLOS
 Monoplegia braquial flácida à D.
 1 braço s/ movimento com tônus flácido

 Hemiparesia espástica com padrão flexor em MS e extensor em MI à E


 Hemicorpo E com alteração do movimento, espasticidade e padrões

 Paraplegia com termoanestesia


 MMII s/ movimento e s/ sensib. térmica

 Triplegia com predomínio braquial à D


 MMII e braço D s/ movimento

 Tetraparesia com pouco controle de tronco


 4 membros c/ alteração do movimento e pouco controle de tronco

 Quadriplegia flácida
 4 membros s/ movimento e tônus flácido

 Diparesia espástica com predomínio braquial à E e sem equilíbrio estático


e com marcha em tesoura
 MMII e MMSS com alteração do movimento, mas braço E + comprometido e s/
equilíbrio estático, marcha em tesoura.
ORTOPEDIA
 Disfunção:
 Anomalia no funcionamento de qualquer todo organicamente estruturado
(de um órgão, de uma glândula, de um aparelho, etc.).

 Óssea:
 Alteração da massa óssea ou da sua continuidade (fratura; osteoporose;
osteófitos; artrose e etc)

 Muscular:
 Trata-se de uma inflamação muscular aguda, dolorosa e generalizada
normalmente resultante de um processo infeccioso ou traumático.
 Rupturas; distenções; inflamações; contraturas e etc.

 Articular:
 Toda sobrecarga que atue na articulação pode causar damos às estruturas
ou alterar o relacionamento normal entre côndilo, disco e eminência
articular, provocando dor ou disfunção.
 Artroses; desalinhamentos, crepitações; discos; meniscos e etc.
 Ligamentar e Neural:
 Uma lesão nervosa implica em alterações de suas propriedades
mecânicas (movimento e elasticidade) e fisiológicas (alterando sua
neurodinâmica, portanto) que por sua vez, sustentam ou agravam a
lesão.
 Rupturas; distenções; inflamações; compressões e etc.
EXEMPLOS – ESTRUTURAS ENVOLVIDAS NA
LESÃO
 Fratura da tíbia E
 Disf. osteomuscular da tíbia E

 Fratura do fêmur e patela distalmente à E


 Disf. osteomioarticular do joelho E

 Lombociatalgia com irradiação p/ MID


 Disf. Neuromioarticular por compressão em L4/L5

 Entorse tornozelo de grau II


 Disf. Ligamentomioarticular de grau II do tzlo
MUITO OBRIGADO!!!!
 https://www.terapiamanual.com.br/site/noticias/a
rquivos/200912101725220.artigo_7.pdf