Você está na página 1de 7

FORMAÇÃO DE PALAVRAS

PROFESSOR:
Isaac Ken’Etchipivela Xavier
Disciplina: Língua Portuguesa.

Seminário Pedagógico 2014


O VOCÁBULO E O TERMO

O VOCÁBULO- é a palavra em si, considerada quanto ao


som (fonética) ou quanto a sua forma estrutural e gráfica
(ortografia); palavra que faz parte de um idioma ou léxico.
- O exemplo que aqui se apresenta é quando alguém diz:
Pronuncia e ou escreva bem esta palavra, se faz favor.
- O TERMO- é a palavra considerada quanto à extensão da
sua significação.
- O exemplo que se apresenta é quando alguém diz:
Explica-me o significado desta palavra, se faz favor.

Seminário Pedagógico 2014


A PALAVRA PRIMITIVA ou RADICAL- É aquela que dá
origem a outras da mesma família.
Ex: Mar – marisco – marear – marujo – marejar –
marulho – preia-mar – baixa-mar, etc.
FAMÍLIA DE PALAVRAS – É o conjunto de palavras
que tem origem na mesma palavra primitiva ou
radical.
Os processos mais frequentes de formação de
palavras são a Derivação e a composição.
Para a nossa aula de hoje, limitar-nos-emos a falar do
processo de Derivação de Palavras.
Seminário Pedagógico 2014
DERIVAÇÃO DE PALAVRAS:
- É o processo de formação de palavras em que a partir
de uma palavra primitiva ou radical e ou, através de
afixos se dá origem de outra palavra da mesma
família.
Afixos – são designações comuns dos prefixos, infixos e
sufixos que se fixam nas palavras primitivas ou
radicais a fim de dar origem a outra palavra da
mesma família.
Assim, a Derivação de Palavras forma-se por Prefixação,
por Sufixação, por Derivação por prefixação e
Sufixação, por Derivação Parassintética, por
Derivação Regressiva e por Derivação Imprópria.
Seminário Pedagógico 2014
DERIVAÇÃO PREFIXAL E SUFIXAL
• DERIVAÇÃO PREFIXAL - Consiste em antepor um elemento verbal, que se vai chamar – prefixo - a uma
palavra já existente, modificando o sentido desta.
• Ex: Abjurar, abster, aversão. Analfabeto, acéfalo, anagrama, anátema, anáfora.

• DERIVAÇÃO SUFIXAL - Consiste no processo de formar novas palavras a partir de uma já existente, mediante
o acrescimento de um Sufixo.
• Ex: Rapazelho, escurecer, Gostosamente.
• A partir do exemplo, é óbvio aperceber-se que a derivação Sufixal poder ser: Nominal, Verbal e Adverbial.
• O Sufixo é Nominal – Quando se junta a um radical para formar um substantivo ou um adjectivo. Este pode
ser: Aumentativo, diminutivo e diminutivo erudito.
• Ex: Rapazelho, Sociável.
• O Sufixo é Verbal – Quando se junta a um radical para dar origem a um verbo.
• Ex: Escurecer.
• O Sufixo é Adverbial - Quando o sufixo mente liga-se a forma feminina de um adjectivo para dar origem a
um adverbio de modo.
• Ex: Gostosamente.

Seminário Pedagógico 2014


Derivação por prefixação e Sufixação,
Derivação Parassintética, Derivação
Regressiva e Derivação Imprópria
• Derivação por prefixação e Sufixação -Consiste no processo de formar novas
palavras pela junção simultânea de prefixo e sufixo ao mesmo tempo na palavra
radical. Ex: Infelizmente.
• Derivação Parassintética - Consiste na formação de palavras pela junção
simultânea de prefixo e sufixo co-dependentes na palavra radical, sem que uma
exista sem a outra.
• Ex: Embranquecer, ensurdecer, amanhecer.
• Derivação Regressiva – É um processo de criação de vocábulos, sem a junção de
prefixos e sufixos, que consiste na formação de substantivos a partir de formas
verbais.
• Ex: Abalar – abalo, Debater – debate, Denunciar – denúncia.
• Derivação Imprópria – É o processo de aumentar o vocabulário, usando palavras já
existentes, mas com outra função gramatical.
• Ex: Ela apanhou uma violeta. / A heroína Chama-se Violeta.

Seminário Pedagógico 2014


TAREFA
• Apresente a diferença existente entre o
Vocábulo e o Termo.
• Como pode ser o processo de formação de
palavras?

• Bibliografia

• Vilela, M. (1994). Estudos de Lexologia de Português. Coimbra: Almedina.


• Vilela, M. (1999). Gramática da Língua Portuguesa – Gramática da Palavra, Gramática da Frase, Gramática do Texto/Discurso.
Coimbra: Livraria Almedina.
• Villalva, A. (2008). Morfologia do Português. Lisboa: Universidade Aberta.

Seminário Pedagógico 2014