Você está na página 1de 30

Homem de 38 anos,

108 kg;
IMC: 32,96
1.81m;
Sedentário;
Obeso;
deseja iniciar exercícios
devido histórico
familiar pesado de
doença coronariana
DIAGNÓSTICO DA OBESIDADE

http://www.fazerdietadaproteina.com.br/como-calcular-imc-indice-de-massa-
corporal/Acesso em 11/04/2018 em 19h36
OBESIDADE
Nas últimas décadas, mudanças no padrão alimentar e nutricional ocorreram no
mundo, inclusive no Brasil, resultando no aumento da obesidade e na redução
da desnutrição. O fenômeno da transição epidemiológica e nutricional acomete
crianças e adolescente

Sugar-sweetened beverage (SSB):


refrigerantes,
sucos adoçados,
suco em pó, Principal motivo
suco de caixinha, epidemia da obesidade
bebidas esportivas, no Brasil e no mundo
águas,
chás adoçados
bebidas energéticas

CAFE, A.C.C.; LOPES, C. A.O.; NOVAIS, R. L. R.


CONSUMO DE BEBIDAS AÇUCARADAS, LEITE E SUA ASSOCIAÇÃO COM O ÍNDICE
DE MASSA CORPORAL NA ADOLESCÊNCIA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA
Rev. paul. pediatr. vol.36 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2018
DIAGNÓSTICO DA OBESIDADE

https://www.germedpharma.com.br/calculoimc
Acesso em 11/04/2018 em 18h57
DIAGNÓSTICO DA OBESIDADE

Diretrizes Brasileiras da obesidade 2009-2010


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
DIAGNÓSTICO DA OBESIDADE

Diretrizes Brasileiras da obesidade 2009-2010


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
“obesidade remédio para emagrecer”
Google Images – Acesso em 11/04/2018 em 20h24.
TRATAMENTO DA OBESIDADE
Tratamento Farmacológico

- IMC maior ou igual 30kg/m2;

- IMC maior ou igual 25 ou 27 kg/m2 na presença de comorbidades;

- Falha em tratamento não farmacológico;

Uma perda de peso de 5% mantida é um critério mínimo de sucesso, pois leva


a melhora das doenças associadas.

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
TRATAMENTO DA OBESIDADE
Tratamento Farmacológico

- IMC normal e aumento da circunferência abdominal com presença de


comorbidades;

OBESOS VISCERAIS

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
TRATAMENTO DA OBESIDADE
SIBUTRAMINA
A sibutramina bloqueia a recaptação de
noradrenalina (NE) e de serotonina (SE) e
leva a redução da ingestão alimentar.

SCOUT (Sibutramine Cardiovascular


Outcomes Trial)
aumento de 16% do risco de desfechos
cardiovasculares não fatais combinados no
grupo sibutramina em relação ao grupo
placebo

Dose: 10 a 20mg/dia

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
TRATAMENTO DA OBESIDADE
SIBUTRAMINA – MECANISMO DE AÇÃO
TRATAMENTO DA OBESIDADE
ORLISTATE

Análogo da lipstatina inibidor de lipases


gastrintestinais (GI) que se liga no sítio ativo da
enzima, fazendo com que cerca de um terço dos
triglicérides ingeridos permanecem não
digeridos e não sejam absorvidos pelo intestino,

Efeitos secundários gastrointestinais:


esteatorreia, flatus com descarga de gordura
e urgência fecal.

Atenção: vitaminas lipossolúveis (A, D, E K)

1 cápsula de 120 mg, administrada três


vezes por dia junto das principais refeições
(dose total diária de 360 mg)

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
TRATAMENTO DA OBESIDADE
ORLISTATE – MECANISMO DE AÇÃO
TRATAMENTO DA OBESIDADE
LIRAGLUTIDA
Análogo GLP-1, retarda o esvaziamento
gástrico (induz saciação via ecanoceptores),
mantendo o alimento mais tempo no
intestino
Reduz produção de ghrelina

Ação central: reduz o apetite, modifica a


preferência alimentar

SCALE (“Satiety and Clinical Adiposity –


Liraglutide Evidence”)

Dose de 3 mg

Steven B. Heymsfield, Thomas A. Wadden.


Mechanisms, Pathophysiology, and Management of Obesity
N engl J Med 376;3./January 19, 2017
TRATAMENTO DA OBESIDADE
LIRAGLUTIDA

Efeitos adversos
Náuseas e vômitos transitórios.
Outros efeitos adversos gastrointestinais.
Colelitíase
Pancreatite
Questionamentos
Aumento no risco de pancreatite e neoplasia de pâncreas ?
O paciente obeso e diabético já é de maior risco!
Aumento da incidência de tumores de células-C da tireoide?

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica

Steven B. Heymsfield, Thomas A. Wadden.


Mechanisms, Pathophysiology, and Management of Obesity
N engl J Med 376;3./January 19, 2017
TRATAMENTO DA OBESIDADE
LIRAGLUTIDA–MECANISMO DE AÇÃO
TRATAMENTO DA OBESIDADE
LORCASERINA
Agonista do receptor 5TH- serotonina:
ativação neurônios POMC- saciedade

Efeitos Adversos
Pacientes com diabetes: Cefaleia, fatiga,
náusea, boca seca, constipação;
Pacientes sem diabetes: hipoglicemia,
Cefaleia, dor nas costas, fadiga;
Contraindicação:
Gravidez

Dose de 10 mg 12/12h

Steven B. Heymsfield, Thomas A. Wadden.


Mechanisms, Pathophysiology, and Management of Obesity
N engl J Med 376;3./January 19, 2017
TRATAMENTO DA OBESIDADE
LORCASERINA – MECANISMO DE AÇÃO
TRATAMENTO DA OBESIDADE
TRATAMENTOS OFF-LABEL

- SETRALINA inibidores seletivos da recaptação de


serotonina
- FLUOXETINA
receptores adrenérgicos e dopaminérgicos
- BUPROPIONA e NALTREXONA no hipotálamo E antagonista do receptor
opióide

- TOPIRAMATO Modulador dos receptores GABA

- Lisdexanfetamina e inibe a recaptação de dopamina e norepinefrina

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica

Steven B. Heymsfield, Thomas A. Wadden.


Mechanisms, Pathophysiology, and Management of Obesity
N engl J Med 376;3./January 19, 2017
TRATAMENTO OFF-LABEL DA OBESIDADE
SETRALINA E FLUOXETINA

Inibidores da recaptação de serotonina


Baixa eficácia perda de peso, maior com Sertralina
Dose Fluoxetina: dose 20 a 60mg/dia
Dose Sertralina: dose 50 a 200mg/dia
Sertralina: TCAP, síndrome alimentar noturna

Podem proporcionar efeito de perda de peso no curto prazo,

Consenso ABESO 2016


Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica
TRATAMENTO OFF-LABEL DA OBESIDADE
BUPROPIONA E NALTREXONA

Bupropiona: Inibidor duplo da recaptação de monoaminas


(dopamina e norepinefrina)
Naltrexona: Antagonista do receptor opióide

Perda de 5 a 10% peso corporal


Isoladamente não funciona bem
Dose Bupropioma: 150 a 400mg/dia
MEDICAÇÕES E COMBINAÇÕES OFF-LABEL NÃO
DISPONÍVEIS NO BRASIL

Bupropiona +Naltrexona (Contrave®)


TRATAMENTO OFF-LABEL DA OBESIDADE
TOPIRAMATO
Modulador dos receptores GABA

Ação periférica e central:


- Aumenta sinal da leptina e oxidação de gordura;
- Aumenta expressão de peptídeos anorexígenos;
- Aumenta expressão de enzimas lipogênicas ;

Aprovado para tratamento epilepsia e enxaqueca

Dose Topiramato: 25 a 250mg

Teratogenicidade, litíase renal, glaucoma


MEDICAÇÕES E COMBINAÇÕES OFF-LABEL NÃO
DISPONÍVEIS NO BRASIL

Fentermina+Topiramato (Qsymia ®)
TRATAMENTO OFF-LABEL DA OBESIDADE
Lisdexanfetamina
O dimesilato de lisdexanfetamina que inibe a recaptação de dopamina e
norepinefrina e promove liberação de neurotransmissores de monoaminas

Tratamento de transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) em


crianças a partir de 6 anos, adolescentes e adultos

Dose Venvanse: 50 a 70mg


ORLISTATE;
LIRAGLUTIDA;
LORCASERINA;
TOPIRAMATO
SETRALINA?
FLUOXETINA?
LEITURA RECOMENDADA