Você está na página 1de 12

Ano letivo:2018/19

Índice
 Introdução

 O que é a dieta mediterrânia

 Características da Dieta Mediterrânica

 Pirâmide Mediterrânica

 Vantagens da Dieta

 Bibliografia
Introdução
 No âmbito da disciplina de OC (oferta
complementar) foi-nos dados vários temas. O
tema da Dieta Mediterrânica foi o que mais nos
interessou para podermos apreender mais sobre a
alimentação saudável e os riscos que se pode ter
se não a tivermos.
O que é a Dieta Mediterrânica
 A Dieta Mediterrânica é considerada um dos
padrões alimentares mais saudáveis do mundo;

 O objetivo desta alimentação é que ela se torne


um estilo de vida, por isso é algo a longo prazo e
não uma dieta para estar bem para o próximo
verão;
 Um grande problema das dietas baixas em
calorias, é serem temporárias, pois até se pode
perder muito peso de uma vez, mas não é
saudável para o corpo, e com facilidade se volta a
ganhar o peso perdido;
 Pode criar, também, problemas a nível do
metabolismo e a falta de nutrientes essenciais
para o bom funcionamento do organismo;
 Optando por uma alimentação saudável,
reforçamos o nosso sistema imunitário, perdemos
peso, eliminamos toxinas e de uma forma geral
sentimo-nos melhor;
Características da Dieta Mediterrânica
 Os legumes, frutas, hortaliças, frutos secos
especialmente nozes pão, arroz, cereais e
lacticínios demonstram ser importantes e eficazes
como protetores da saúde e devem ser
consumidos diariamente;

 Peixe, carnes brancas, ovos e doces também têm


uma função importante, pois tal como frutos secos
dão-nos proteínas, mas devem ser consumidos
semanalmente;
 Já as carnes vermelhas, não nos fazem tão bem e
o seu consumo deve ser mensal;

 Para além destes alimentos, deve-se beber seis


copos de água diariamente e praticar exercício
físico;
Vantagens da Dieta
 A dieta mediterrânea tem bastantes vantagens:

 Aumenta a expectativa de vida pois inclui uma

enorme quantidade de antioxidantes, que atrasam


o envelhecimento das células;

 Previne a obesidade devido ao elevado consumo


de frutas, e legumes e à pouca quantidade de
gordura presentes nos alimentos consumidos;
 Evita problemas cardiovasculares pois tem baixa
quantidade de proteína de origem animal
ajudando a reduzir o colesterol. Por outro lado o
ómega-3 consumido através peixes, protege o
sistema cardiovascular e têm propriedades anti-
inflamatórias;

 Ajuda a prevenir certos tipos de cancro porque o

consumo permanente ajudam contra o risco de


determinados tipos de cancro, como o da
próstata, o da mama e o do cólon;
 Equilibra os níveis de glicose no sangue e reduz
em cerca de 30% o risco de diabetes tipo 2, sem
a necessidade de diminuir a ingestão de
determinados alimentos ou de fazer atividade
física.

 Diminui o risco de doenças cognitivas porque


ajuda na prevenção de doenças como o
Alzheimer e a Parkinson, porque os tipos de
gorduras presentes têm efeitos antioxidantes e
anti-inflamatórios; as faculdades cognitivas e a
memória são melhoradas.
Bibliografia

 https://escolakids.uol.com.br/ciencias/riscos-de-
uma-alimentacao-inadequada.htm
 https://pt.wikipedia.org/wiki/Dieta_mediterr%C3%A
2nica
 http://www.programapipo.com/menus-
saudaveis/dieta-saudavel-dieta-
mediterranica/caracteristicas-da-dieta-
mediterranea/

Você também pode gostar