Você está na página 1de 88

ENXERTIA

O que é enxertia?

É a arte de se conectar pedaços


de tecido vegetal, unindo de tal
modo que eles crescem e se
desenvolvem como uma só
planta (composta)
• As diferentes interações que ocorrem entre
copa e os porta-enxertos podem condicionar
em distintos equilíbrios fisiológicos ou grau
de afinidade, podendo influenciar o
crescimento e produção (ZULUAGA, 1943)
Terminologia
• PORTA-ENXERTO: Parte da união que origina o
sistema radicular. Pode ser obtido através de
semente,estaquia, alporquia e mergulhia.
• ENXERTO: Parte da união que dará origem a copa.
• Borbulha (gema)
• Garfo (segmento de ramo com mais de uma gema
dormente)
• CLONE: Material geneticamente uniforme
originado de um único individuo propagado por
método assexual.
• PARÊNQUIMA: Tecido pouco especializado
que forma parte interior de muitos órgãos
como o raiz e caule. Está relacionado com a
cicatrização e origem de estruturas adventícias.

CÂMBIO:São células meristemáticas que se


dividem dando origem a células
indiferenciadas formadoras de tecidos do
floema e xilema
CALO: Massa de células
do parênquima que se
desenvolvem a partir de
ferimentos nos tecidos.
Formação da União do Enxerto.

• Íntimo contato câmbio-câmbio.


• Formação de parênquima (calo) a partir de
tecidos na região cambial. (entrelaçamento dos
tecidos parenquimáticos do enxerto e do porta-
enxerto)
• Novas células do câmbio. (formação de cambio
a partir do tecido parenquimático)
• formação de tecido vascular a partir no novo
tecido cambial.
• estabelecimento do fluxo de seiva
Fatores que influenciam na cicatrização do enxerto.

• Incompatibilidade.
• Tipo de planta. Variação entre plantas,
habilidades ou não de receberem certo tipo de
enxertia.
• Condições de temperatura e umidade antes e
após a operação de enxertia.
• Atividade de crescimento do porta-enxerto.
• Técnicas de propagação (área do câmbio).
• Contaminação por vírus, pragas e doenças.
• Polaridade do enxerto.
• Limites do enxerto.
LIMITES DA ENXERTIA
- Monocotiledôneas
- Dicotiledôneas
• Enxertia entre plantas de um mesmo clone
• Enxertia entre plantas de clones diferentes, porém
dentro da mesma espécie.
• Enxertia entre plantas de espécies diferentes, porém
dentro do mesmo gênero.
• Enxertia entre plantas de gêneros diferentes, porém
dentro da mesma família
Razões para utilizar a enxertia como método de
propagação de plantas.
1) Perpetuação de clones

Algumas espécies apresentam sistema radicular muito


pobres quanto submetidas a estaquia. Outras nem
apresentam sementes.

Laranja Baia Pera Barlet


2) Aproveitar benefícios de alguns porta-enxertos
- Condições fitossanitárias desfavoráveis de solo: doenças,
insetos, ácaros e nematóides
3) Aproveitar tolerância de alguns porta-enxertos a
condições inadequadas de solo

Alguns PE são capazes de superar condições de solos


compactos, pouco drenados, secos e com altos níveis de sais,
melhor que quando sob suas próprias raizes
4) Aumentar a precocidade na primeira produção
5) Alguns PE são mais vigorosos no viveiro, reduzindo
o tempo de permanência neste.

Sucesso no transplante
6) A enxertia pode ser utilizada para obter formas
especiais de crescimento em planas ornamentais
7. Mudança de copa em plantas estabelecidas

– Troca de variedades improdutivas ou sem demanda,


– Suscetíveis a pragas e doenças
– Tolerantes a condições ambientais
8. Nanismo
9) Reparar plantas danificadas por doenças, injúrias
de frio, roedores, máquinas ou doenças

Enxertia de ponte
ou inarching
10. Mudança do porta-enxerto
Localizada
Tipos de Incompatibilidade
Translocada.

Localizada: A combinação depende de contato íntimo


entre porta-enxerto e enxerto. As separações dos
componentes através de porta-enxerto
intermediário (PEI) supera os sintomas

Translocada: Alguns componentes instáveis pode se


mover em ambos os sentidos (PE e E), envolvendo
degeneração do floema ou restringindo o movimento
de carboidratos. Neste caso o PEI não supera este
tipo de incompatibilidade.
Teoria de Gur
• A incompatibilidade translocada está relacionada à
diferença fisiológica e bioquímica existente entre as partes
enxertadas encontra apoio nos dados de Gur & Samish
(1965) com pêra e marmelo.

Quando determinadas variedades de pêra são
enxertadas sobre marmeleiro, o glucosídio cianogênico,
normalmente encontrado no marmeleiro, mas não no tecido de
pêra, é transportado ao floema da pêra.
Os tecidos da pêra decompõe a prunasina em ácido
hidrociânico, na região do enxerto. As diversas variedades de
pera diferem quanto a capacidade para decompor o glucosídeo.
O grau de incompatibilidade entre pêra e marmelo é
proporcional a atividade de B-glucosidase nos tecidos de pêra,
sendo esta atividade um excelente indicador do grau de
incompatibilidade (GUR el al., 1968).
Sintomas de incompatibilidade

• Falha na união do enxerto


• Clorose
• Morte prematura
• Diferença na taxa de crescimento
• Desenvolvimento excessivo na união do enxerto
A cor amarela que aparece na parte interna da
casca do porta-enxerto é o sintoma típico da
morte súbita. Pode ser visível ao se retirar a
casca ou ao raspar as camadas internas.
Tangerina Clementina / P. trifoliata
EFEITO DO PORTA-ENXERTO NA COPA

• Efeito no tamanho e hábito de crescimento


Crescimento Laranjeiras “Folha murcha”
com diferentes PE.
Efeito na precocidade em frutificar e rendimento
Efeito no tamanho, qualidade, cor e maturação do fruto
Efeitos diversos:
• Resistência ao frio.
• Resistência a doenças e pragas de solo.
• Tolerância a toxidez de elementos
TIPOS DE ENXERTIA EM PLANTAS ADULTAS

1. Sobre-enxertia: finalidade mudar a copa

2. Sub-enxertia: finalidade mudar o porta-enxerto

3. Enxertia de ponte: Reparar o enxerto quando o


porta-enxerto não foi danificado
MÉTODOS DE ENXERTIA

1. BORBULHIA: Justaposição de uma única


gema em porta-enxerto enraizado.
2. GARFAGEM: Justaposição de um ramo com
mais de uma gema em porta-enxerto enraizado
ou não .
3. ENCOSTIA: Junção de duas plantas inteiras
que são mantidas desta forma até a união dos
tecidos.
1. BORBULHIA -TIPOS

T
a) T ou
ENXERTIA tipo T invertido
b) Janela aberta
c) Placa
MACÃ
2. GARFAGEM
• a) Fenda cheia
Inglês Simples
Inglês Simples
Inglês Complicado
c) ENCOSTIA
Encostia
FIM