Você está na página 1de 28

ESTRUTURA , DUPLICAÇÃO E

REPLICAÇÃO DO DNA

AULA: 31/7/18 E 01/8/18


QUEM É O DNA?

ÁCIDO DESOXIRRIBONUCLEICO
FUNÇÃO DO DNA

 CONTROLAR A PRODUÇÃO DE PROTEÍNAS

 PARA QUE AS PROTEINAS CONTROLEM A


ATIVIDADE CELULAR.
DNA

ESTRUTURA
O DNA É COMPOSTO POR?

NUCLEOTÍDEOS

BASES NITROGENADAS AÇUCAR FOSFATO


NUCLEOTÍDEO/ DNA/ DESOXIRRIBOSE
NUCLEOTÍDEO/RNA/ RIBOSE
INFORMAÇÃO IMPORTANTE!
 O GRUPO FOSFATO APRESENTA=SE INVARIÁVEL TANTO NO
DNA QUANTO NO RNA.

 O DNA ENCONTRA-SE PRINCIPALMENTE NOS CROMOSSOMOS

 RNA É ENCONTRADO NO NUCLÉOLO E NO CITOPLASMA;


HAVENDO MUITO POUCO NOS CROMOSSOMOS.
FORMAÇÃO DO POLINUCLEOTÍDIO
ISTO DETERMINA QUE O CRESCIMENTO DO DNA SE
FAÇA NA DIREÇÃO DE 5’ PARA 3’

DEVIDO A ESTA FORMAÇÃO A CADEIA DE DNA FICA COM


UMA DIREÇÃO DETERMINADA, ISTO É,

 EM UMA EXTREMIDADE TEMOS LIVRE A HIDROXILA DO


CARBONO-5’ DA PRIMEIRA PENTOSE

 NA OUTRA TEMOS LIVRE A HIDROXILA DO CARBONO-3’


DA ÚLTIMA PENTOSE.
O DNA É CONSTITUÍDO POR UMA SEQUÊNCIA DE
SUBUNIDADES INDIVIDUAIS CHAMADAS

GENES
CONCEITO DE GENES

 O gene é uma sequencia de nucleotídeos

 Onde está contida a informação

 Que será usada para a síntese de proteínas.

 OS GENES POSSUEM SEQUÊNCIAS QUE NÃO SÃO


TRADUZIDAS (ÍNTRONS) E QUE SE INTERCALAM COM
SEQUÊNCIAS CODIFICADORAS INDIVIDUAIS (ÉXONS).
GENES: Em eucariontes, os genes que contêm informação para a síntese de

proteínas podem ser divididos em duas partes: transcrita e não-transcrita .


REGIÕES NÃO-TRANSCRITAS = NÃO
REGIÕES TRANSCRITAS= COPIADAS COPIADAS

A)codificante ( SEQUÊNCIA
QUE SERÃO TRADUZIDAS)  A seqüência de nucleotídeos que está

localizada antes do ponto em que se inicia a

transcrição pode ser chamada de região


B) não-codificante
( seqüências que não serão flanqueadora 5’. Seguindo essa denominação,

traduzidas) a seqüência de nucleotídeos que aparece

depois da parte onde a transcrição termina é

a região flanqueadora 3’.


REGIÕES TRANSCRITAS E NÃO-CODIFICANTES( NÃO SERÃO TRADUZIDAS)

 Existem seqüências de nucleotídeos não-codificantes na parte interna da fita de


mRNA recém-transcrito. Essas seqüências não-codificantes (denominadas
íntrons) aparecem intercaladas entre as regiões do gene que codificam a cadeia
polipeptídica
PORQUÊ OS ÍNTRONS NÃO SÃO
TRADUZIDOS?

Essas seqüências não-codificantes


(denominadas íntrons) , embora sejam
regiões transcritas (fazem parte do transcrito
primário), jamais sairão do núcleo.

RESPOSTA: POR QUE ELES JAMAIS SAIRÃO DO


NÚCLEO.
FUNÇÃO DOS GENES
 ARMAZENAR E CODIFICAR AS INFORMAÇÕES
GENÉTICAS QUE SERÃO UTILIZADAS PARA A
PRODUÇÃO DAS PROTEINAS
 QUE COMPÕEM AS CÉLULAS, TECIDOS E
ORGÃOS DOS ORGANISMOS.
OS GENES SÃO RESPONSÁVEIS?

PELA TRANSMISSÃO HEREDITÁRIA DAS


CARACTERÍSTICAS DE UMA GERAÇÃO PARA
OUTRA.
ORGANIZAÇÃO DOS GENES

 ORDEM LINEAR ( DISPOSTO EM LINHA),


EMBORA NEM SEMPRE CONTÍNUA.
QUESTÃO 1
Sobre a estrutura do DNA, marque a alternativa incorreta:
a) O DNA carrega as informações genéticas do indivíduo.
b) Os cromossomos são formados principalmente por
DNA.
c) O DNA, assim como o RNA, é formado por
nucleotídeos, que são constituídos por um fosfato, um
açúcar e uma base nitrogenada.
d) Os nucleotídeos que formam o DNA diferenciam-se do
RNA por apresentarem uma ribose e a base timina.
QUESTÃO 2
Uma fita de DNA apresenta a seguinte sequência:
TCAAGT. Marque a alternativa que indica
corretamente a sequência encontrada na fita
complementar:
a)AGTTCA
b)AGUUCA
c)ATAAUA
d)UCTTGU
e)AGUUGA
QUESTÃO 3
Marque a alternativa que melhor define um gene.
a) O gene é uma porção da molécula de RNA que determina
uma característica.
b) O gene é uma região do DNA que é responsável pela síntese
de carboidratos, determinando nossas características.
c) O gene é uma sequência de nucleotídeos em que está
contida a informação que será usada para a síntese de
proteínas.
d) Trecho do RNA que contém sequências de nucleotídeos que
são usados para a síntese de proteínas.
QUESTÃO 4
(PUC-SP) […] De outro lado, o galardão de química ficou com os inventores de ferramentas
para estudar proteínas, os verdadeiros atores do drama molecular da vida.
É verdade que a Fundação Nobel ainda fala no DNA como o diretor da cena a comandar a
ação das proteínas, mas talvez não seja pretensioso supor que foi um lapso, e que o
sinal emitido por essas premiações aponta o verdadeiro futuro das pesquisas biológicas
e médicas muito além do genoma e de seu sequenciamento (uma simples soletração).
(…)* LEITE, Marcelo. De volta ao sequenciamento. Folha de S. Paulo- 20 out. 2002.
O autor refere-se às proteínas como “atores do drama molecular” e ao DNA como “diretor
de cena”. Essa referência deve-se ao fato de:
a) não ocorrer uma correlação funcional entre DNA e proteínas no meio celular.
b) o DNA controlar a produção de proteínas e também atuar como catalisador de reações
químicas celulares.
c) o material genético ser constituído por proteínas.
d) as proteínas não terem controle sobre o metabolismo celular.
e) o DNA controlar a produção de proteínas e estas controlarem a atividade celular.
GABARITO
1) D
2) A
3) C
4) E