Você está na página 1de 25

Soldagem

• a soldagem é considerada um método de união, porém, muitos


processos de soldagem ou variações destes são usados para a
deposição de material sobre uma superfície.

Definições

• Operação que visa obter a união de duas ou mais peças ,


• Operação que visa obter a coalescência localizada produzida pelo
aquecimento até uma temperatura adequada;
• Processo de união de materiais baseado no estabelecimento, na
região de contato entre os materiais sendo unidos de forças de
ligação química de natureza similar as atuantes no interior do
próprio material
Histórico
1801 Sir Humphey Davis descobre o fenômeno do arco elétrico
1836 Edmund Davy descobre o Acetileno
1885 N. Bernardos e S. Olsewski depositam patente do processo de soldagem por arco elétrico
1889 N.G. Slavianoff e C. Coffin substituem o eletrodo de grafite por arame metálico
1901 Fouché e Picard desenvolvem o primeiro maçarico industrial para soldagem oxiacetilênica
1903 Goldschmidt descobre a solda aluminotérmica
1907 O. Kjellberg deposita a patente do primeiro eletrodo revestido
1919 C. J. Halsag introduz a corrente alternada nos processos de soldagem
1926 H.M. Hobart e P.K. Denver utilizam gás inerte como proteção do arco elétrico
1930 Primeiras normas para eletrodo revestido nos EUA
1935 Desenvolvimento dos processos de soldagem TIG e Arco Submerso
1948 H.F. Kennedy desenvolve o processo de soldagem MIG
1950 França e Alemanha desenvolvem o processo de soldagem por feixe de elétrons
1953 Surgimento do processo MAG
1957 Desenvolvimento do processo de soldagem com arame tubular e proteção gasosa
1958 Desenvolvimento do processo de soldagem por eletro-escória , na Rússia
1960 Desenvolvimento de processo de soldagem a laser, nos EUA
1970 Aplicados os primeiros robôs nos processos de soldagem
Evolução dos processos de soldagem
Formação de uma junta soldada
De uma forma simplificada, uma peça metálica é
formada por um grande número de átomos dispostos
em um arranjo espacial característico
Formação de uma junta soldada
• De uma forma simplificada, uma peça metálica é formada por um
grande número de átomos dispostos em um arranjo espacial
característico

Variação de energia potencial

Superfície metálica Aproximação de superfícies


Formação de uma junta soldada
• Dois métodos principais são utilizados para superar estes
obstáculos, os quais originam os dois grandes grupos de processos
de soldagem

Soldagem por pressão Soldagem por fusão


Tipos de fontes na soldagem por fusão
Tipos de fontes na soldagem por pressão
Apesar das falhas não ocorrem em grande numero e
sua freqüência ser bastante baixa do ponto de vista
estatístico, a ocorrência das mesmas abriu um novo
campo de investigação relacionado aos aspectos
físicos e metalúrgicos envolvidos na analise de uma
falha.
b)Ferrita de contorno c) Ferrita(8%)/Perlita(17%) d)Ferrita(50%)/Perlita(45%)
de grão e em placas. Bainita(15%)/ Martensita Bainita(5%).Dureza=225 HV
Dureza=270 HV (60%). Dureza = 340 HV

a) Macrografia da
solda do Cp crítico
São bastante conhecidos os problemas que
ocorreram com navios durante a segunda guerra
onde muitos deles foram desativados por falhas
estruturais acarretadas pelas juntas soldadas.
Terminologia de soldagem

Terminologia

Tipos de junta
Tipos de chanfro
Elementos de um chanfro

Passes numa junta soldada


Posições de soldagem

Simbologia com elementos de soldagem


AWS A 2.4 - 86
Tipos Básicos e Símbolos
Soldas em
Chanfro
Símbolos Suplementares
Simbologia de soldagem
Exemplos
Exemplos
Exemplos
bibliografia
• - apostila de processos de soldagem,
universidade federal de itajubá disponível
em: http://www.ppg.efei.br.
• - ESAB, solda MIG / MAG, agosto de
2004.
• - Modenesi, Paulo. Introdução aos
processos de soldagem, apostila,
universidade federal de minas gerais.
Disponível em http://www.ufmg.br