Você está na página 1de 14

BEHAVIORISMO

FAFIRE

Profº Valternandes de Carvalho


BEHAVIORISMO

 Behavior é uma palavra inglesa que significa


Comportamento, daí os psicólogos dessa abordagem
serem chamados Behavioristas ou
Comportamentalistas;

 John B. Watson (1878-1952) foi o fundador do


Behaviorismo. Tinha uma posição extremamente
ambientalista, pois acreditava que o ambiente molda o
comportamento.
BEHAVIORISMO

 Watson estava descontente com a situação da


psicologia e propôs um novo objeto de estudo: o
comportamento estritamente observável;

 Watson combatia o subjetivismo, a técnica da


introspecção, dizendo que apenas o comportamento é
objetivo e é o melhor critério para conclusões
científicas.
BEHAVIORISMO

 Afirma que o comportamento é a expressão visível do


organismo, aquilo que pode ser registrado e
quantificado;

 O comportamento de animais não-humanos deve ser


investigado paralelamente ao comportamento humano
porque os organismos simples são mais fáceis de
estudar e entender do que os complexos;

 Para Watson, a Psicologia é a ciência do


comportamento e não o estudo introspectivo da mente.
BEHAVIORISMO

 Na psicologia behaviorista de Watson há rejeição de


conceitos mentalistas e o uso é somente de conceitos
comportamentais, tais como estímulo e resposta.

 O esquema E→R simboliza o comportamento. “E”


significa estímulo ou conjunto de estímulos e “R”
significa resposta ou reação. Estímulo é qualquer
modificação do ambiente que provoque atividade no
organismo e Resposta é qualquer alteração do
organismo eliciada por um estímulo.
BEHAVIORISMO

 Além de Watson dois nomes são muito conhecidos:


Ivan Pavlov (1849-1936) e seu Condicionamento
Clássico ou Respondente e Burrhus Skinner (1904-
1990) e seu Condicionamento Operante;

 Pavlov era um fisiologista russo e foi ganhador de


prêmio Nobel em 1904. Tinha idéias que
entusiasmavam Watson. Desenvolveu um experimento
com cães e daí surge o
condicionamento clássico.
BEHAVIORISMO
 O condicionamento clássico consiste na produção de
uma resposta (salivação) por um estímulo identificável
(som) que está sob controle do experimentador;

 Está relacionado com o sistema nervoso autônomo,


com reflexos. Lida com respostas involuntárias;

 Esquema do Condicionamento Clássico ou


Respondente:
EN (alimento) → RNC (salivação)
EN (alimento)+ EC (sineta) → RNC (salivação)
EC (sineta) → RC (salivação)
BEHAVIORISMO
 Skinner era menos radical que Watson, não negava a
existência de eventos mentais internos, mas insistia
que eles não podiam ser estudados cientificamente;

 Segundo Skinner se o estímulo comida for seguido


pela resposta comer pode-se descrever o que
acontece sem necessidade de “adivinhar” sobre se o
organismo está
experimentando fome.
BEHAVIORISMO

 Sua Psicologia é conhecida como “Psicologia do


Organismo Vazio”;

 Seu princípio fundamental era de que os organismos


tendem a repetir as respostas que levam a um
resultado positivo e a não repetir as que levam a um
resultado neutro ou negativo. Influência da lei do efeito
de Thorndike.
BEHAVIORISMO

 Livre arbítrio é uma ilusão, pois somos governados


pelo meio em que vivemos e não por nós mesmos;

 Chama-se condicionamento operante porque se refere


a operação que o organismo executa em seu meio;

 Skinner não se contentou em observar e prever o


comportamento, fascinou-se pelo controle.
BEHAVIORISMO

 Reforço Positivo: é o estímulo cuja apresentação


fortalece o comportamento;
 Reforço Negativo: é o estímulo cuja retirada fortalece o
comportamento;

 Extinção;

 Os cientistas behavioristas procuram compreender o


comportamento para prevê-lo e até modificá-lo,
quando necessário.
BEHAVIORISMO
 Algumas premissas behavioristas são:

 Os Psicólogos devem estudar eventos ambientais


(estímulos) e os comportamentos observáveis (respostas)

 Os métodos de estudo devem ser objetivos: observação e


experimentação

 Os psicólogos devem voltar-se para objetivos científicos:


descrição, explicação, predição e controle.

 Aprendizagem significa modificação do comportamento ou


aquisição de novas respostas ou reações.
BEHAVIORISMO

 Críticas:

• Processos sensoriais e perceptuais eram


desprezados;

• Desprezo às tendências inatas do ser humano;

• O sujeito não é apenas resultado se suas experiências


passadas.
BEHAVIORISMO

CONDICIONAMENTO CONDICIONAMENTO
CLÁSSICO OPERANTE

Trata de comportamento Trata de comportamento


involuntário voluntário

Não há aprendizagem para Há aprendizagem da resposta


dar a resposta, ela já existe

É controlado pelo antecedente É controlado pelo conseqüente

O estímulo só provoca uma O estímulo (reforço) pode


resposta provocar mais de uma
resposta

Você também pode gostar