Você está na página 1de 17

A contribuição da Política Monetária

para Eficácia do Sistema Financeiro em


Moçambique. (2006-2017)

O Supervisor: Prof. Doutor Faizal Carsane

O Candidato: Euclides Dalambert Machanguana


INTRODUÇÃO
Actualmente, a importância do sistema financeiro
para o desenvolvimento económico, vem ganhando
espaço no sentido de que a ampliação do acesso aos
mesmos gera impactos positivos no crescimento
económico. Entretanto, é importante a actuação das
autoridades monetárias sobre a quantidade de
moeda em circulação, de crédito e das taxas de juros
com vista a controlar a liquidez global do sistema
económico, sendo a Política Monetária responsável
pelo controle da quantidade de moeda em
circulação, através da manipulação dos seus
instrumentos.
Problema de Pesquisa

O Sistema Financeiro é um dos pilares para o desenvolvimento


das economias, e o Banco Central tem como uma das principais
funções garantir a estabilidade e eficácia do sistema financeiro,
fazendo cumprir as regulamentações e a transparecia das
instituições inseridas no sistema. Contudo, é nesse contexto que
se coloca a seguinte questão: até que ponto a Política monetária
seguida pelo Banco Central contribui para a Eficácia do Sistema
Financeiro em Moçambique?
HIPÓTESES:

H0: Espera-se que a política monetária seguida pelo


banco central contribui para eficácia do sistema
financeiro em Moçambique.

H1: Espera-se que a política monetária seguida pelo


banco central não contribuí para eficácia do sistema
financeiro em Moçambique.
Objectivos:
Objectivo Geral:
Analisar a política monetária seguida pelo Banco
Central em Moçambique no período em estudo
(2006-2017);
Objectivos Específicos:
Descrever o funcionamento do sistema financeiro
moçambicano;
Caracterizar Política Monetária seguida pelo Banco
Central em Moçambique;
Evidenciar os impactos provenientes da Política
Monetária para as instituições de Crédito;
Metodologia
Revisão bibliográfica, onde foi aplicado o método
indutivo, que é um método responsável pela
generalização, isto é, partimos de algo particular para
uma questão mais ampla, mais geral (Lakatos e
Marconi ; 2007).

A pesquisa passa em seguida a um campo documental


recorrendo a diferentes publicações sobre o assunto
em estudo, com ênfase nos relatórios anuais do Banco
de Moçambique, e também nos relatórios da
Associação Moçambicana de Bancos (AMBs)
REFERENCIAL TEÓRICO
Sistema Financeiro – é uma rede de mercados e instituições que
tem por função transferir os fundos disponíveis dos poupadores,
ou seja, aqueles cuja renda é maior do que seus gastos, para
investidores, ou seja, aqueles cuja renda é maior do que os seus
gastos, para investidores, ou seja, aqueles cujas oportunidades
de gastos são maiores do que a sua renda (HILLBRECHT, 1999).
Apresenta como serviços prestados os seguintes:

Partilha de Risco;
Liquidez;
Prestação de informação;
REFERENCIAL TEÓRICO (Cont.)
Política monetária - conjunto de acções ou orientações
introduzidas pelo Banco Central sobre orientação do Governo,
dirigidas a todos agentes económicos e destinados a regularizar
o funcionamento da economia por meio de instrumentos
apropriados nos quais a moeda desempenha um papel central
(MARQUES, 1990).

Instrumentos Indirectos da PM:

Taxa De Reserva Compulsória (Obrigatória) ;

Taxa de Redesconto ( FPC e FUH);

Operações de Mercado Aberto;


ANÁLISE DA POLÍTICA MONETÁRIA EM MOÇAMBIQUE

Evolução das RO’s


18.00%
16.00% 15.50%

14.00% 14.00%

12.00% 11.51%
10.50%
10.00% 10.15%
9.50%
9.00% 8.75% 9.00%
8.00% 8.00% 8.00% 8.00%

6.00%
4.00%
2.00%
0.00%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
ANÁLISE DA POLÍTICA MONETÁRIA EM MOÇAMBIQUE

Evolução da FPC e TAXAS Activas


30.00%

25.00%

20.00%

15.00%

10.00%

5.00%

0.00%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
FPC T.ACTIVAS
ANÁLISE DA POLÍTICA MONETÁRIA EM MOÇAMBIQUE

Evolução das Operações no MMI

30.00%

25.00%

20.00%

15.00%

10.00%

5.00%

0.00%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
BT's (364 dias) Permutas de Liquidez FPC
ANÁLISE DA EFICÁCIA DO SISTEMA FINANCEIRO EM
MOÇAMBIQUE

Evolução do Nível de Solvência/ Resiliência

25.00%

20.00%

15.00%

10.00%

5.00%

0.00%

2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
SOLV. Exigivel SOLV. Alcançada
ANÁLISE DA EFICÁCIA DO SISTEMA FINANCEIRO EM
MOÇAMBIQUE

Evolução Depósitos e Crédito


400,000,000

350,000,000

300,000,000

250,000,000

200,000,000

150,000,000

100,000,000

50,000,000

2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ DEZ
Depositos Credito RO's
31.00%
28.00%
20.00%
6.00%

2012
4.00%
12.00%

BIM
31.00%
28.00%

BCI
17.00%
MOÇAMBIQUE

6.00%

2013
6.00%
12.00%
31.00%
29.00%
15.00%

STANDARD BANK
6.00%

2014
7.00%
13.00%
29.00%

BARCLAYS
29.00%
16.00%
2015 5.00%
8.00%
13.00%
Moza Banco 26.30%
29.70%
QUOTAS DO MERCADO - DEPOSITOS

20.00%
5.00%
2016

Outros/ Others

12.00%
30.00%
22.00%
ANÁLISE DA EFICÁCIA DO SISTEMA FINANCEIRO EM

30.00%
8.00%
2017

-15.00%
10.00%
CONCLUSÃO
Constatou-se numa primeira fase, que o Banco de
Moçambique tem contribuído positivamente com a sua
politica monetária para a eficácia do sistema financeiro,
sendo que os instrumentos da sua política quando
aplicados demonstram resultados favoráveis a
estabilidade da economia assim como do sistema
financeiro em particular.
A eficácia de um sistema financeiro não depende
apenas do seu regulador (Banco Central), é necessário
que as intuições que compõe o sistema pratiquem uma
boa governação no que tange as suas actividades em
combinação com o Banco central, de modo que as
politicas adoptadas nesse sistema permitam atingir os
objectivos pretendidos, seja do Banco Central assim
como das instituições.
RECOMENDAÇÕES
Banco de Moçambique na categoria de
regulador do sistema financeiro deverá
estabelecer um nível de fundos próprios
mínimos de modo que os bancos comerciais não
apresentem um nível abaixo do estabelecido o
que tende a reduzir o nível de solvência;

Banco Central deve obrigar o cumprimento dos


seus regulamentos rigorosamente, penalizando
as instituições que não cumprem, o que servirá
para reflectir aos agentes económicos a
existência de um sistema financeiro seguro e
credível.
Obrigado

Pela Atenção!