Você está na página 1de 21

R 2 A N A C L AU D I A Z I M M E R M A N N

ES TÁ G I O G ES TA Ç AO D E A LTO R I S CO E M E D I C I N A F E TA L
R ES I D E N C I A M E D I C A G I N ECO LO G I A E O B S T E T R Í C I A
H O S P I TA L N O S S A S E N H O R A DA CO N C E I Ç AO
EXAMES LABORATORIAIS PARA
DETECÇAO DE TRISSOMIAS
TESTE COM MARCADORES QUADRUPLOS (QUAD TEST): 15-18SEM – Dosagem de AFP, BHCG,
Estriol não conjugado (uE3) e Inibina A
Teste Combinado: 11-13sem – TN + proteína A plasmática relacionada a gravidez (PAPP-A) e
BHCG
Step-wise testing (Teste passo a passo): Teste combinado seguido de biópsia vilo coriônico em
mulheres com muito alto risco ( >1:50)
Teste Contingente:
1. Mulheres com muito alto risco já realizam teste invasivO após 1o TRI
2. Mulhres com muito baixo risco não tem teste adicional
3. Risco intermediário: QUAD test
CELL FREE DNA
•Apoptose de células do sinciciotrofoblasto
•Apoptose de eritrócitos fetais geram cfDNA que cruzam a placenta
•Cf DNA fetal pode ser isolado a partir de 5 semanas de IG e praticamente sempre com IG 9sem.
•Comumente solicitado 11-13+6
•Pico com 20sem e após diminui 1% por semana até o termo
•Detecta cromossomopatias, além do sexo fetal.
•cfDNA fetal é menos frequente quando aneuploidias
R 2 A N A C L AU D I A Z I M M E R M A N N
ES TÁ G I O G ES TA Ç AO D E A LTO R I S CO E M E D I C I N A F E TA L
R ES I D E N C I A M E D I C A G I N ECO LO G I A E O B S T E T R Í C I A
H O S P I TA L N O S S A S E N H O R A DA CO N C E I Ç AO
INTRODUÇÃO
Atualmente no Reino Unido realiza-se o Screening para aneuploidias com TN + PAPP-A e BHCG
 Tx de detecçao para T21 de 90%

 Primeiro estudo a utilizar o DNA fetal livre no sangue materno (cfDNA) em contexto de manejo
clínico em larga escala
Objetivos:
 Avaliar reprodutibilidade do screening
 Examinar decisões da paciente
 Desfecho de gestaçoes com deteccao de trissomias no PN
MÉTODOS
 Avaliadas 11.692 gestaçoes únicas no Kings College, London ou no Medway Maritime Hospital,
Kent.
 Outubro/2013 a Fevereiro de 2015
 Exame realizado na consulta de rotina 11-13 sem
 Calculado risco para trissomia do 21 ou trissomia do 13/18
 Determinado riscos:
 Alto Risco ( >1:100)
 Risco intermediário ( entre > 1:101 e 1:2500)
 Baixo risco ( < 1:2500)

 Desfechos: T21, T18 ou T13


RESULTADOS
Oferecido screening combinado para 12.134 pacientes com 98,2% aceitação
Excluidas 169 por aborto espontâneo ou provocado, natimorto sem cariótipo conhecido ou
perdidas do follow-up.
Número de casos de cromossomopatias foi semelhante ao esperado.

POTENCIAL DO TESTE COMBINADO


◦ Alto Risco ( >1:100):
◦ 87% dos fetos com T21,
◦ 92% T18
◦ 100% dos fetos com T13
◦ 3.4% dos fetos considerados alto risco não tinham aneuploidia
Alto Risco: Oferecido biópsia de Vilo coriônico ou cfDNA

Risco intermediário: cfDNA

Baixo risco: Nenhum teste


RESULTADOS
IMPLEMENTAÇAO E POTENCIAL DO cfDNA:

CVS = cfDNA seguido de CVS


RESULTADOS
Decisões das pacientes no grupo AR:
Introduçao do cfDNA reduziu em 43% a taxa de procedimentos invasivos
41 casos de T21 : - 27 biópsia de VC
- 13 cfDNA (9 casos confirmados com BVC)

Interrupçao da gestação (para T21)


Quando BVC: 92,6%
Quando cfDNA: 35.7%
p=0.0002
RESULTADOS
Decisões das pacientes no grupo de Risco Intermediário:
91,5% optou pelo cfDNA
8,5% não quiseram prosseguir com investigação
Opçao do cfDNA foi diretamente relacionada ao risco de trissomias
Detectou 5 casos de T21 – 3 confirmardos

Interrupçao da gestação (para T21)


◦ 2 casos os pais optaram por interrupçao da gestaçao
◦ 1 caso manteve gravidez
DISCUSSÃO
Boa reprodutibilidade do método de screening nas rotinas de pré natal
Taxa de cromossomopatia foi maior que o documentado no UK em 2013, provavelmente pela
maior média de idade materna
Maior chance de investigaçao sem riscos fetais
Grupo de alto risco:
◦ 38% optaram por teste invasivo
◦ 60% cfDNA
◦ 2% nenhum exame

Risco Intermediário
◦ 91,5% cfDNA
◦ 8,5% nenhum exame
DISCUSSÃO
 Teste Combinado: Sensibilidade de 87% para T21 e 93% para T18/T13 com falso+ 3,4

 cfDNA: sensibilidade 98% para T21 e 82% para T18/T13 com Falso+0,25%

32% das gestaçoes com T21 resultaram em nascidos vivos – Implementaçao do cfDNA compensa
pelo custo economizado com procedimentos invasivos e cuidados pós natais.
LIMITAÇOES ESTUDO
Numero pequeno de gestaçoes com trissomias
Estudo financiado pela Ariosa Diagnostics
CONCLUSÃO
Teste é factível porém a decisão depende não somente da performance dos testes como
tambem do desejo dos pais.