Você está na página 1de 60

POLÍMEROS

● PROPRIEDADE DOS POLÍMEROS


● MATERIAIS E PRODUTOS
POLIMÉRICOS
DEFINIÇÃO

● Polímeros são materiais compostos de origem sintética ou natural


que apresentam massa molar elevada, formados pela repetição
de um grande número de unidades estruturais básicas. (Citação)
● Formado por reações químicas entre monômeros
● Polímero ≠ Plástico
○ Plástico é o nome popular dado devido à propriedade de
plasticidade de grande parte dos polímeros e também por que
os polímeros têm de passar pelo estado plástico para
conformação.
Derivados do petróleo

● Palefitas, olefitas, naftaleno, hidrocarbonetos


aromáticos (benzeno, etano, etileno, metano,
propano, propileno, etc)

● São obtidos através do processo de destilação


Destilação do petróleo
Tipos de indústrias petroquímicas
➢ Primária
○ Nafta Olefinas (butadieno, eteno e
propeno) e os aromáticos (tileno e tolueno);
○ Utiliza o processo de craqueamento.

5t
100t
20t Nafta Polietilen
Petróleo
o

○ Indústrias podem empregar Etano como matéria-


prima, mas resulta em apenas Olefinas;
○ Essa substituição não é muito comum no Brasil, pois
o armazenamento de Etano é considerado
Tipos de indústrias petroquímicas
➢ Secundária
○ Produtos petroquímicos básicos Polipropileno,
polietileno, entre outros;
➢ Terciária
○ Recebe os produtos da indústria secundária e,
através de aditivos, os materiais poliméricos são
modificados e depois conformados nos produtos de
consumo.
PROPRIEDADE DOS POLÍMEROS
MATERIAIS E PRODUTOS
POLIMÉRICOS
⮚Utilização dos materiais
Composição dos polímeros:
poliméricos:
● Origem orgânica em sua maioria
● Tubulações
● Compostos de hidrocarbonetos
● Fibras
● Macromoléculas
● Tomadas
● Ligações covalentes
● Pinturas
● Unidade estrutural chamada de
● Materiais de isolamento térmico
“mero”
⮚Copolímeros
●São compostos por cadeias
moleculares que são na
realidade, combinações de
dois ou mais polímeros ⮚Características gerais
✔ Baixa Densidade
✔ Baixa condutividade térmica
⮚Polímeros Sintéticos ✔ Ductibilidade
●Desenvolvimento mais ✔ Elevada resistência à corrosão
recente
●Produzidos de maneira
barata
●Propriedades administradas
CLASSIFICAÇÃO DOS MATERIAIS
POLIMÉRICOS VISANDO SUA UTILIZAÇÃO
⮚Classificação mais encontrada e aceita, feita de acordo com a
resposta mecânica do polímero em relação a temperatura:
1. Termoplásticos
2. Termofixos (Termorígidos)
3. Elastômeros
1. TERMOPLÁSTICOS

✔Amolecem quando
aquecidos
✔Endurecem quando
resfriados
✔Recicláveis
✔Estrutura linear e
ramificada com cadeias
flexíveis
✔Moles e dúcteis
✔Polimerização por adição
2. TERMOFIXOS
(TERMORÍGIDOS)
✔Duros e resistentes
✔Não recicláveis
✔Menos dúcteis
✔Estabilidade química
✔Estrutura composta por
ligações cruzadas
✔Polimerização por condensação
Neoprene –
3. ELASTÔMEROS Utilizado como
aparelho de apoio
✔Elasticidade em pontes

✔Em um estado sem tensões:


amorfo e composto por cadeias
moleculares altamente torcidas,
dobradas e espiraladas.
✔Em uma aplicação de carga de
tração: desenrola e destorce
parcialmente as cadeias,
alongando-as na direção da
tensão. Borracha de estireno
butadieno
Borracha de Nitrila
UTILIZAÇÃO DOS MATERIAIS POLIMÉRICOS NA CONSTRUÇÃO
CIVIL
● Tintas, vernizes, lacas e ● Mastiques ou selantes
esmaltes ● Materiais para reabilitação de
● Impermeabilização estruturas do concreto
● Adesivos ● Eletrodutos e materiais elétricos
● Películas ● Tubulação e conexões
hidrosanitárias
● Isolantes térmico
● Espumas
● Fio e fibras poliméricas
● Aparelho de apoio elastomérico
● Aditivos químicos
● Coberturas
PINTURAS

FUNÇÃO

• Proteger o material de um ambiente que possa


produzir reações corrosivas de deterioração ou
insalubres;

• Melhorar a aparência do material;

• Proporcionar isolamento elétrico.


PINTURAS

Geralmente os componentes dos materiais


utilizados como pinturas são poliméricos, esses
revestimentos orgânicos se enquadram dentro
das seguintes classificações:

• Tintas;
• Lacas;
• Vernizes;
• Esmaltes.
TINTAS

A Tinta é uma composição química


formada pela dispersão de pigmentos numa
solução ou emulsão de um ou mais
polímeros, que, ao ser aplicada na forma de
uma película fina sobre uma superfície, se
transforma num revestimento a ela aderente
com a finalidade de colorir, proteger e
embelezar.
TINTAS

Os pigmentos presentes na solução podem ser


ativos ou não:

• Pigmentos ativos: propriedade de


proteger os metais da corrosão, além poder
de cobertura a tinta. Ex: Chumbo e o
Cromato de Zinco

• Pigmentos não ativos (inertes): se


encarregam de proporcionar dureza,
consistência, e outras características. Ex:
pó de carbonato de cálcio.
VERNIZES

Resinas, naturais ou sintéticas em


um veículo (óleo secativo, solvente volátil,
que são convertidas em uma película útil
transparente, após aplicação em camadas
finas.

EXEMPLO DE APLICAÇÃO: Pintura de


madeira para proteger a superfície
LACAS

As lacas são compostas de um veículo


volátil, uma resina sintética, um plastificante e
ocasionalmente, um corante. EXEMPLO DE
APLICAÇÃO: Utilizada na construção civil para
revestimento de móveis.

ESMALTES
Esmaltes são obtidos adicionando-se
pigmentos aos vernizes ou as lacas, resultando daí
uma verdadeira tinta caracterizada pela capacidade
de formar um filme excepcionalmente liso.
Relação entre a base da pintura e o substrato.
Relação entre a base da pintura e o substrato.
Relação entre a base da pintura e o substrato.
IMPERMEABILIZAÇÃO
●Definição: Proteção das construções contra a infiltração de água na
forma líquida ou na forma de vapor.
●Materiais poliméricos + materiais betuminosos = Usados no serviço
de impermeabilização

● Principais materiais que possuem polímeros em sua composição


utilizados em impermeabilização são:
1. Concretos, argamassas ou cimentos modificados com polímeros
2. Membranas acrílicas e poliméricas
3. Mantas poliméricas
1. Concretos, argamassas ou cimentos modificados com polímeros
⮚Impermeabilizações rígidas tem baixa capacidade de absorver
deformações da base (principalmente deformações concentradas como
fissuras e trincas)
⮚Dois tipos:
Pré-dosada: cimento modificado com polímero ou argamassa polimérica
Dosada em canteiro: argamassa modificada com polímero – mistura com
resinas adequadas
➢ Utilização
Situações em que existe água de percolação e condensação: pisos
não sujeitados a movimentações excessivas da base, paredes
expostas, cozinhas, banheiros e varandas
2. Membranas acrílicas e poliméricas
●Impermeabilizações flexíveis pois absorve deformações da
base, inclusive fissuras e trincas.
●Moldadas no local da obra
2.1 – Membranas acrílicas
●Compostas por emulsões acrílicas puras ou estirenadas
●O material estruturante do sistema de impermeabilização pode
ser uma tela de poliéster ou poliamida.

●Dois tipos: sem adição de cimento e com adição de cimento


✔Sem adição de cimentos, regida pela NBR 13321 (ABNT
1995): semelhante à emulsão asfáltica (a frio)

IMPRIMAÇÃO APLICAÇÃO DE VÁRIAS


DEMÃOS DA EMULSÃO
ACRÍLICA COM MATERIAL
ESTRUTURANTE
●Espessura mínima de 1,5mm
●Aplicação de mais de 7
demãos
●Consumo mínimo de resina =
2,5kg/m²
●Principais aplicações:
❖ lajes e abóbadas sujeitas a
intempéries
❖ reservatórios
❖ lajes de térreo
✔Com adição de cimento (Membrana acrílica
impermeável)
●Resina acrílica+ cimento Portland
●Espessura mínima = 1mm
●Mínimo 3 demãos
●Consumo mínimo = 0,8 a 1,0kg/m²
●Utilizadas em superfícies não submetidas à pressão do lençol
freático, tais como reservatórios superiores, calhas,
jardineiras, etc.
2.2 - Membrana polimérica
⮚Com ou sem material estruturante
⮚Produto impermeável básico = polímero
⮚São elastômeros sintéticos, solubilizados em solventes
apropriados, que possuem boas características de elasticidade,
resistência à fadiga e etc.
⮚Adequadas à impermeabilização em grandes áreas e não
requerem proteção mecânica, porém deve proteger a
impermeabilização contra raios solares.
⮚Indicadas para áreas sem acesso.
⮚Ótima durabilidade quando devidamente especificada e aplicada.
3. Mantas poliméricas
●Impermeabilizações flexíveis = suportam deformações da
base com amplitudes variáveis, inclusive fissuras e trincas.
●Pré-formadas
●Classificadas em dois tipos:
✔ Mantas elastoméricas (butílica ou EPDM)
✔ Mantas plásticas (PVC, PEAD)
⮚Aplicação
● Normalmente não são aderidas
ao substrato
✔Não Aderida: ✔Aderida:
● Criação de um berço amortecedor ● Imprimação
● Distribuição das mantas
● Aplicação de adesivo
● Soldagem
● Distribuição da manta
● Colocação de camada de
● Soldagem com adesivo
amortecimento
● Espessura mínima da manta = ● Aplicação de fitas de caldeação
0,8mm, recomendável é 1,00 a ● Autofusão por ar quente ou
1,2mm, com consumo médio de aparelhos elétricos.
1,10m²/m²
●Utilização:
●Impermeabilização para água de percolação, de solo ou de
pressão hidrostática positiva, como no caso da
impermeabilização das piscinas
●Lajes com trânsito de pedestres ou tráfego de veículos,
dependendo da qualidade da argamassa de proteção
mecânica
ADESIVOS
⮚Adesivos

● É uma substância usada para colar as superfícies de dois materiais


sólidos com o objetivo de produzir uma junta com elevada
resistência ao cisalhamento.
✔ Epóxis, elastômeros, acrílicos, poliuretanos e adesivos naturais, como,
cola animal, caseína amido e rosina, podem servir como adesivos.
ADESIVOS

⮚ Adesivos Poliméricos

○ Utilização
○ Desvantagem

*As forças de ligação entre o adesivo e as superfícies


aderidas são consideradas eletroestáticas, assim como as
forças secundárias entre as cadeias moleculares em
polímeros termoplásticos.
ADESIVOS
⮚ Adesivos estruturais

○ À base de epóxi
○ Vantagens

*Essa alta capacidade ligante se deve não só ao travamento


mecânico entre as superfícies porosas dos materiais e o
adesivo, como também às ligações químicas entre o
adesivos e os matérias que estão sendo ligados.
ADESIVOS

⮚ À base de elastômeros e acrílico

⮚ À base de polituretano,
PELÍCULAS
● Espessura entre 0,025mm e 0,125mm
● Sacos para proteção e embalagens de produtos da construção civil
● Baixa densidade
● Alto grau de flexibilidade
● Altos limites de ruptura à tração e resistência à ruptura
● Resistência à umidade e produtos químicos
● Baixa permeabilidade a alguns gases (vapor de água)
● Polímeros utilizados: polietileno, Celofane, Acetato de celulose.
ISOLAMENTO TÉRMICO

Poliestireno expandido em sistema de cobertura


ISOLAMENTO TÉRMICO

Poliestireno expandido como fôrma EPS para laje pré-moldada


FIO E FIBRAS POLIMÉRICAS
● Fibras são estruturas alongadas
de origem natural ou sintética
que, agrupadas
unidirecionalmente, apresentam
e atribuem aos compósitos
(materiais de moldagem
estrutural) maior resistência à
tração.
● Características das fibras:
● Quando em uso, as fibras podem ficar sujeitas a uma variedade de
deformações mecânicas, como:
✔Estiramento
✔Torção
✔Cisalhamento
✔Abrasão
● Para superar as tensões geradas por essas deformações
mecânicas, as fibras possuem propriedades controladas pela
química das cadeias dos polímeros e também pelo processo de
estiramento do fio.
Fiação
● Processo pelo qual as fibras são modeladas a partir do material
polimérico bruto. Muitas vezes as fibras são submetidas a um
processo conhecido como fiação do material fundido.
● Etapas:
1. Material é aquecido, até se tornar um líquido relativamente
viscoso.
2. Líquido é bombeado através de uma placa conhecida como
fiadora, que contém vários orifícios redondos e pequenos.
3. Material fundido passa pelos orifícios.
4. Fibra única se forma e se solidifica quase imediatamente ao
passar através do ar.
●Principais usos das fibras:
✔Concretos em fibras
✔Fibras aramides (empregadas em materiais compósitos)
✔Maioria dos polímeros em fibras é usada na indústria têxtil
Fibras para concretos:
●1960 – fibras de asbestos (amianto)
●Atualmente – usadas fibras de aço, polipropileno, carbono,
vidro, náilon, celulose, acrílico, polietileno, madeira, etc
Fibras para concretos:
• Aumentar a ductibilidade
(propriedade que representa o grau
de deformação que um material
suporta até o momento de sua
fratura) dos concretos
• Fibras descontínuas, distribuídas
aleatoriamente no concreto, irão
atravessar as fissuras causadas pela
ação de cargas externas e/ou
mudanças de temperatura e umidade .
⮚Fibras de polipropileno:
●Fibra de polímero mais utilizada
●Encontradas no mercado na forma de monofilamentos
cilíndricos e na forma de multifilamentos fibrilados
⮚Fibras de náilon:
●Aumentar a ductibilidade do concreto
●Possuem pequeno diâmetro, maleabilidade e maior densidade
do que a água 🡪 não aparecem na superfície do concreto
(acabamento livre de fibras)
ADITIVOS QUÍMICOS
● Produtos empregados na elaboração de concretos, argamassas e caldas
de cimento para modificar propriedades do material fresco ou endurecido,
tornando-os mais fáceis de manusear e incrementando sua
resistência diante das solicitações físico-químicas.
⮚Aditivos químicos
● Largamente utilizados (“quarto componete” dos concretos)
● Boa relação custo-benefício
● Vários aditivos para concreto tem sua composição baseada em polímeros
(ex: aditivos aceleradores de pega, plastificantes e superplastificantes,
incorporadores de ar, desmoldantes, etc)
MASTIQUES OU SELANTES
⮚Composições usadas para
calafetar juntas de
dilatação, fissuras, furos e
etc.
⮚Características:
• Elasticidade
• Ductilidade
• Aderência permanente
⮚Selantes mais utilizados na
contruçao civil:
• Selantes à base de silicone e
mastiques poliuretano:
✔Silício + cloro
✔Colagem, vedação e selagem
de materiais como: cerâmica,
metal, vidro, plástico e entre
outros.
✔Deformações máximas
admissíveis, resistência ao
intemperismo
MATERIAIS PARA REABILITAÇÃO DE ESTRUTURAS
DO CONCRETO

• Reparos, recuperações e reforços de estruturas de


concreto podem ser feitos com materiais poliméricos ou
que possuam polímeros nas suas composições
• Polímeros mais encontrados na construção civil:
✔SBR (Borracha de Estireno Butadieno)
✔Epóxi
✔PVA (menor desempenho)
⮚Aplicação:
●Resinas empregadas para a
injeção de fissuras passivas
das estruturas de concreto –
epóxi
● Adesivos aplicados na união
do concreto velho com o
material de reforço das
estruturas – epóxi e acrílica
●Argamassas de reparo ou
reforço – acrílica e SBR
ELETRODUTOS E MATERIAIS ELÉTRICOS
•São utilizados para a fabricação de eletrodutos e materiais
elétricos devido a sua alta resistência elétrica
•Os eletrodutos utilizados na construção civil são basicamente
compostos de cloreto de polivinila (PVC) ou polietileno de alto
impacto
⮚ PVC:
•Maior número de utilização
•Baixo custo
•Caneletas de embutir fios elétricos e o próprio revestimento dos
fios elétricos
⮚Polietileno:
●Estrutura anelar
●Flexíveis
●Fabricação de conectores,
carretéis de bobinas e outros
componentes elétricos
TUBULAÇÃO E CONEXÕES
HIDROSANITÁRIAS
⮚Cloreto de Polivinila(PVC)
⮚Poliestireno de alta
densidade
APARELHO DE APOIO ELASTOMÉRICO
●Três principais funções dos aparelhos de apoio:
✔ Transmitir esforços da superestrutura à mesoestrutura ou infraestrutura
✔ Permitir os movimentos longitudinais, devidos à retração própria da
superestrutura e aos efeitos da temperatura, expansão e retração
✔ Permitir as rotações da superestrutura provocadas pela carga
permanentes e pela carga móvel, conforme a NORMA DNIT 091 (DNIT,
2006).
⮚ Neoprene
Elastômero ou borracha
sintética que apresenta
qualidades excepcionais
de resistência à ação do
ozônio, das intempéries,
da luz solar e do calor,
não alterando suas
condições de elasticidade
e aderência sob
condições diversas