Você está na página 1de 51

RELIGAMENTO MONOPOLAR:

MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO ARCO


SECUNDÁRIO

Aluno: Leonardo Moizinho Pinheiro

Orientador: Prof. Dsc. Otto Wanner Ganvini Asencios


1
OBJETIVO

Validar a manobra monopolar em sistemas elétricos


distintos, através de simulações utilizando o software
APL
ATP.

2
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Modelar sistemas elétricos a partir de dados disponíveis em seus
diagramas de impedâncias e fluxo.
Modelar uma linha de transmissão.
Aplicar nesses sistemas métodosAPL
que objetivam a extinção do arco
secundário.

3
MOTIVAÇÃO
O curto circuito monofásico é o curto predominante em linhas de transmissão.

Tipo do defeito Bonneville Power Swedish State


APL
Administration Power Board

Nível de tensão 500 kV 400 kV 200 kV

Faltas monofásicas para a terra 93% 70% 56%

Faltas bifásicas 4%
23% 27%
Faltas bifásicas para a terra 2%

Faltas trifásicas 1% 7% 17%

4
MOTIVAÇÃO
Realizar apenas o religamento do pólo defeituoso, em alternativa ao
religamento tripolar.
APL

5
RELIGAMENTO MONOPOLAR

Aumenta a estabilidade do sistema.


Mantém a transferência de potência.
Mantém a disponibilidade da linha.

6
RELIGAMENTO MONOPOLAR

APL

7
ARCO SECUNDÁRIO

APL
Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases
saudáveis e a fase sob defeito.
Influencia no tempo morto necessário para o religamento.

8
ARCO SECUNDÁRIO

APL

9
ARCO SECUNDÁRIO

APL

10
ARCO SECUNDÁRIO

APL

11
TEMPO DE EXTINÇÃO DO ARCO
SECUNDÁRIO

APL

12
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO ARCO
SECUNDÁRIO

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


Chaves de aterramento rápido
fase sob defeito
(HSGS)
Compensadores reativos

13
CHAVES DE ATERRAMENTO RÁPIDO

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


Fornecem um caminho defase sobimpedância
baixa defeito

Extinguem o arco instantaneamente

14
CHAVES DE ATERRAMENTO RÁPIDO

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


fase sob defeito

15
COMPENSADORES REATIVOS

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


Reduzem o valor eficaz dafase sob defeito
corrente de arco secundário.

16
COMPENSADORES REATIVOS

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


fase sob defeito

17
SISTEMAS PROPOSTOS

Surge através do acoplamento eletromagnético entre as fases saudáveis e a


Sistema de 230kV, 9 barras,fasedo
sob defeito
livro Power System and Analysis do
P.M. Anderson
Sistema de 500kV, com LT modelada usando o ATP

18
SISTEMA DE 230 KV

APL

19
SISTEMA DE 230 KV

APL

20
SISTEMA DE 230 KV

APL

21
SISTEMA DE 9 BARRAS NO ATP

APL

22
CONFIGURAÇÃO INICIAL DO
ATP

APL

23
PARAMETROS DAS LINHAS DE
TRANSMISSAO

Linha R+(Ω/km) R0(Ω/km) APL L0(Ω/km)


L+(Ω/km) C+(µS/km) C0 (µS/km)
4-5 0.05290 0.15870 0.4496 1.34880 3.327 9.981
4-6 0.08933 0.26799 0.48668 1.46004 2.987 8.961
7-5 0.16928 0.50784 0.85169 2.55507 5.784 17.352
7-8 0.04496 0.13488 0.38100 1.14300 2.820 8.460
9-8 0.06300 0.18900 0.53300 1.59900 3.950 11.850
9-6 0.20631 0.61893 0.89930 2.69790 6.767 20.301

24
PARAMETROS DAS LINHAS DE
TRANSMISSAO

APL

25
PARAMETROS DOS TRANSFORMADORES

Vlow (kV) Rlow (Ω) Llow APL


(Ω) VHigh (kV) RHigh (Ω) LHigh (Ω)

T1 16.5 0.0002 0.235 230.00 0.0152 15.235

T2 18.0 0.0003 0.304 230.00 0.0165 16.531

T3 13.8 0.0002 0.167 230.00 0.0155 15.5

26
PARAMETROS DOS TRANSFORMADORES

APL

27
PARAMETROS DOS GERADORES

APL
Gerador V (pu) Fase V-base V(ff) V-peak
G1 1.04 0.0 16500 17160 14011.08
G2 1.025 9.3 18000 18450 15064.36
G3 1.03 4.7 13800 14145 11549.34

28
PARAMETROS DOS GERADORES

APL

29
PARAMETROS DAS CARGAS

Carga Admitancia Yc (pu) Impedancia Zc (pu) Impedancia Zc (ohm)


APL
A 1.2610 - j0.504 0.68 + j0.27 361.91 + j144.76
B C 0.8777 - j0.2926 1.03 + j0.34 542.84 + j180.95
0.9690 - j0.3391 0.92 + j0.32 486.47 + j170.2

30
PARAMETROS DAS CARGAS

APL

31
COMPARATIVO ENTRE O FLUXO TEORICO
E MEDIDO
Fluxo Te´orico Fluxo Medido
Erro P (%) Erro Q (%)
P (MW) Q (MVar) P (MW) Q (MVar)
G1 71,60 27,00
APL
70,97 26,70 0,87 1,10
G2 163,00 6,70 163,23 6,57 0,14 2,00
G3 85,00 -10,90 85,53 -10,94 0,63 0,33
Carga A 125,00 50,00 125,00 50,00 0,00 0,00
Carga B 90,00 30,00 90,01 30,00 0,01 0,01
Carga C 100,00 35,00 100,00 34,99 0,00 0,04

32
CIRCUITO COMPLETO

APL

33
SIMULAÇÃO
CORRENTE DE CC E ARCO SECUNDARIO

APL

34
SIMULAÇÃO
CORRENTE ATRAVÉS DOS HSGS

APL

35
SIMULAÇÃO
VALOR EFICAZ DA CORRENTE DE CURTO

APL

36
SIMULAÇÃO
POTENCIAS NOS GERADORES

APL

37
SISTEMA DE 500 KV

APL

38
MODELAGEM DA LT DE 500KV

APL

39
MODELAGEM DA LT DE 500KV

APL

40
Caso 1 - Comportamento da corrente de falta sem esquema de extinção de arco.

APL

41
Caso 2- Comportamento da corrente de falta, com utilização dos HSGS

APL

42
Caso 3 - Comportamento da corrente de falta, com compensacao de 30%

APL

43
Caso 4 - Comportamento da corrente de falta, com compensaçao de 30% da linha e reator de
neutro Xn = 7.28 kΩ

APL

44
Caso 5 - Comportamento da corrente de falta, com compensação de 50% da linha

APL

45
Caso 6 - Comportamento da corrente de falta, com com- pensac˜ao de 50% da linha e reator de
neutro Xn = 506.07 Ω

APL

46
Caso 6 - Comportamento da corrente de falta, com com- pensac˜ao de 50% da linha e reator de
neutro Xn = 506.07 Ω

APL

47
Valor eficaz da corrente de arco secundário, de acordo com o método utilizado, e tempo morto estimado

APL

48
DISCUSSÃO

•Importância da sequência zero


•Impedância constante doAPL
arco

49
TRABALHOS FUTUROS

• Análise dinâmica acompanhada da modelagem do


arco secundário APL

50
OBRIGADO!

APL

51