Você está na página 1de 53

FACULDADE ESTÁCIO DE SERGIPE

NUTRIÇÃO EM SAÚDE COLETIVA

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE SAÚDE

Profª.: Jamille Oliveira Costa


O QUE É INFORMAÇÃO?

• “Significado atribuído a um determinado dado, por


meio de convenções e representações (Carvalho &
Eduardo, 1998)”;
• Gerar uma decisão, que leva a uma ação;
INFORMAÇÃO

DECISÃO

AÇÃO
SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL
SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE SAÚDE NO BRASIL

 Para planejar devemos ter conhecimento das necessidades de


saúde de populações;

 Para implantar programas e ações em saúde deve-se conhecer


o perfil de necessidades e a oferta de serviços existente;

 Para a avaliar programas e serviços de saúde, a informação


ocupa papel relevante.
SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE ATENÇÃO BÁSICA

Utilização
 Criado em 1998 pelo Depto. de
informação e informática do SUS em
substituição ao SINPACS;
 Sistema idealizado para agregar e
processar as informações sobre a
população visitada e/ou atendida;
 Papel de “fiscalizador” do
desenvolvimento das ações da ESF;
 Para o recebimento da verba e
incentivos a USF devem informar
mensalmente sua produção.
SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE ATENÇÃO BÁSICA

Instrumentos de Coleta de Dados


 Cadastramento Familiar;
 Acompanhamento de gestantes;
 Acompanhamento de diabéticos;
 Acompanhamento de hipertensos;
 Acompanhamento de pacientes com
tuberculose;
 Acompanhamento de pacientes com
hanseníase;
 Acompanhamento de crianças(cartão
da criança);
 Registro de atividades, Procedimentos
e notificações.
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE PARA A ATENÇÃO
BÁSICA-SISAB

SISAB
(2013)
SIAB
(1998)

PORTARIA Nº 1.412, DE 10 DE JULHO DE 2013


SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
e-SUS

e-SUS ATENÇÃO BÁSICA (e-SUS AB)


 É uma estratégia do DAB para
reestruturar as informações da AB em
nível nacional.
A qualificação da gestão da informação
é fundamental para ampliar a
qualidade no atendimento à
população.
 A estratégia e-SUS, faz referência ao
processo de informatização
qualificada do SUS em busca de um
SUS eletrônico.
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
e-SUS

e-SUS ATENÇÃO BÁSICA (e-SUS AB)

É o espaço onde você pode acessar


informações rápidas sobre o SISAB
que é a nossa base nacional de dados
da AB, alimentada pelos sistemas de
software:
- CDS (Coleta de Dados Simplificada)
- PEC (Prontuário Eletrônico do
Cidadão).
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
E-SUS

Vantagens
 Informatização das Unidades;
 Oferecer ferramentas para ampliar o
cuidado;
 Melhora o acompanhamento da
Gestão (Reestruturar o SIAB);
 Reduzir o retrabalho de coleta dados;
 Individualização do Registro;
 Produção de informação integrada;
 Cuidado centrado no indivíduo, na
família e na comunidade e no
território
 Desenvolvimento orientado pelas
demandas do usuário da saúde
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
E-SUS
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
E-SUS
SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE
E-SUS
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL
CURSO NA REDENUTRI
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL

Implantado no Brasil em 1977 por


incentivo da OMS, OPAS, FAO e UNICEF ;

Objetivo: Organizar um sistema de


informação para vigilância do estado
nutricional e da situação alimentar da
população brasileira.
SISVAN- MARCOS LEGAIS

• Portaria nº 1.156/1990 Instituiu o SISVAN


• Revogada pela portaria nº 2.246/2004
1990

• Torna-se pré-requisito para o financiamento e a implantação de programas assistenciais


com foco na recuperação da desnutrição e no cuidado de crianças e gestantes em risco
1994 nutricional  “Leite é Saúde”

• Foi reforçada a preocupação com a VAN de gestantes e do crescimento das crianças.


• 3ª Diretriz da PNAN, o Sisvan foi ampliado e aperfeiçoado, tendo seus procedimentos
1999 agilizados e sua cobertura estendida para todo o País.

• A VAN foi incluída na agenda de compromissos das famílias participantes do Programa


Nacional de Renda Mínima, vinculado à Saúde (Bolsa Alimentação).
2001
SISVAN- MARCOS LEGAIS

• Unificação dos programas de transferência de renda e a criação do


Programa Bolsa Família (PBF).
• A VAN do público infantil foi reforçada na agenda de compromissos das
2003 famílias.

• Lançamento do Sisvan web


2008

• A atualização da Pnan, pela Portaria nº 2.715/2011, reforça essa concepção


de VAN e destaca sua importância para a organização da atenção nutricional
2011 no SUS
SISVAN- MARCOS LEGAIS
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL

O objetivo do SISVAN é
“Promover informação contínua sobre as
condições nutricionais da população e os
fatores que as influenciam. Esta
informação irá fornecer uma base para
decisões a serem tomadas pelos
responsáveis por políticas, planejamento
e gerenciamento de programas
relacionados com a melhoria dos
padrões de consumo alimentar e do
estado nutricional.”

MS,
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL

A coleta de dados antropométricos e de São pesquisas epidemiológicas de base


consumo alimentar das crianças menores populacional (amostra representativa da
de 5 anos são realizadas em Campanha população sob vigilância) que viabilizam uma
Nacional de Imunização. fotografia instantânea da situação de saúde e/ou
de alimentação e de nutrição.
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL

Informações
 Data de nascimento; Sexo;
 Peso, altura, peso ao nascer;
 Aleitamento materno;
 Peso pré-gestacional;
 Data da última menstruação e
doenças associadas ao aspecto
nutricional.
SISTEMA DE VIGILÂNCIA ALIMENTAR E
NUTRICIONAL
• O SISVAN permite o registro das condicionalidades do setor
saúde do Programa Bolsa Família: vacinação e crescimento de
crianças, realização de pré-natal entre gestantes.
• Público: beneficiários do PBF com perfil saúde (crianças
menores de 7 anos e mulheres em idade fértil)
SISVAN- ESTADO NUTRICIONAL
SISVAN- ESTADO NUTRICIONAL
ÍNDICES E PARÂMETROS DE VAN
SISVAN- Materiais de apoio
SISVAN- Materiais de apoio
SISVAN- Consumo Alimentar

É um dos determinantes do estado nutricional e relaciona-se à


saúde em todas as fases do curso da vida.

O monitoramento das práticas de consumo alimentar, como


parte da VAN, colabora com:
 Diagnóstico da situação alimentar e nutricional;
 Subsídios para o planejamento e a organização do cuidado da
população adstrita aos serviços de Atenção Básica.
SISVAN- Consumo Alimentar
SISVAN- Consumo Alimentar
SISVAN- Consumo Alimentar
SISVAN- PUBLICAÇÕES
SISVAN- PUBLICAÇÕES
APLICAÇÕES DO SISVAN
Próxima aula....

ESCOLHA UM GRUPO ETÁRIO E:

1) Realize pesquisa para consumo alimentar e estado


nutricional na plataforma do SISAN dos dados mais antigos e
mais atuais;

2) Faça uma comparação dos dados encontrados;

3) Descrever de forma sucinta os dados encontrados e ações


propostas.