Você está na página 1de 6

Profissionais das EAB/SB/ESF/NASF + Gestão Municipal

COMPONENTES AÇÕES CENTRAIS RESULTADOS INTERMEDIÁRIOS RESULTADO FINAL

Indução da ampliação do acesso e a melhoria da qualidade da atenção básica, com garantia de um


Ampliação do impacto da atenção básica sobre as

transparência e efetividade das ações governamentais direcionadas à Atenção Básica em Saúde.


padrão de qualidade comparável nacional, regional e localmente, de maneira a permitir maior
I - Formalização da Adesão pelo município, através de formulário eletrônico, de condições de saúde da população e e satisfação dos
forma voluntária, com pactuação local, municipal, estadual e federal. usuários.
Incentivo financeiro

ADESÃO E
CONTRATUALIZAÇÃO

Fortalecimento dos processos de autoavaliação,


II - Contratualização das EAB e do gestor municipal, por meio dos compromissos. monitoramento e avaliação, apoio institucional e
educação permanente nas três esferas de governo.

Verificação in locus dos padrões previamente definidos e Certificação de


AVALIAÇÃO E CERTIFICAÇÃO
desempenho das equipes de saúde e gestão da atenção básica
Melhoria da qualidade da alimentação e uso dos
sistemas de informação.

Pactuação dos municípios, com incremento de novos padrões e indicadores de Estabelecimento de padrões de boas práticas e
RECONTRATUALIZAÇÃO
qualidade, estimulando a institucionalização de um processo cíclico e sistemático. organização das UBS que norteiem a melhoria da
qualidade da AB;

Promoção de maior conformidade das UBS com os


TRANSPARÊNCIA E Informação da adesão ao programa ao CMS, à CIR e à CIB e divulgação dos princípios da AB.
PARTICIPAÇÃO SOCIAL resultados obtidos para a população.

Institucionalização de uma cultura de avaliação da AB


no SUS e de gestão.

DESENVOLVIMENTO
Definição do foco da AB no usuário, promovendo
transparência dos processos de gestão, a participação
Educação e o controle social na melhoria das condições de
Autoavaliação Apoio Institucional
Permanente saúde.

Monitoramento dos Cooperação


indicadores pactuados Horizontal
RESULTADOs
ATIVIDADES RESULTADO FINAL
INTERMEDIÁRIOS
OBJETIVOS

Ampliação do impacto da atenção básica sobre as condições de saúde da população e e satisfação dos
1 . definir parâmetro
de qualidade,
considerando-se as COMPONENTES
diferentes realidades
de saúde
2. Fornecer padrões
de boas práticas e
organização das UBS. Ampliação do acesso
ADESÃO E AVALIAÇÃO E RECONTRATUALIZAÇÃO
3. Promover maior
CONTRATUALIZAÇÃO CERTIFICAÇÃO
conformidade das
UBS com os princípios Educação
da AB. Permanente
4. Fortalecer os
processos de
autoavaliação,
monitoramento e

usuários.
DESENVOLVIMENTO Apoio Institucional
avaliação, apoio
institucional e I - Formalização da
educação Adesão pelo
permanente nas três município, através de
esferas de governo.
Autoavaliação formulário eletrônico,
5. Institucionalizar de forma voluntária,
uma cultura de com pactuação local,
avaliação da AB no municipal, estadual e
SUS e de gestão. federal.
6. Estimular o foco da Monitoramento dos Cooperação II - Contratualização Melhoria da qualidade
AB no usuário, indicadores pactuados Horizontal das EAB e do gestor
promovendo municipal, por meio
transparência dos dos compromissos.
processos de gestão, Verificação in locus
a participação e o dos padrões
controle social na previamente
melhoria das definidos e
condições de saúde. Certificação de
desempenho das
equipes de saúde e
gestão da atenção
básica
Pactuação dos
municípios, com
RESULTADOs
ATIVIDADES RESULTADO FINAL
OBJETIVOS COMPONENTES INTERMEDIÁRIOS

Ampliação do impacto da atenção básica sobre as condições de saúde da população e e satisfação dos
I Formalização da Adesão
IContratualização dos compromissos.
1 . definir parâmetro
de qualidade,
considerando-se as Verificação in locus dos padrões previamente definidos
diferentes realidades
Certificação de desempenho das equipes de saúde e
de saúde
gestão da atenção básica
2. Fornecer padrões AVALIAÇÃO E
ADESÃO E RECONTRATUALIZAÇÃO Ampliação do acesso
de boas práticas e CERTIFICAÇÃO
CONTRATUALIZAÇÃO
organização das UBS. Pactuação dos municípios, com incremento de novos
3. Promover maior padrões e indicadores de qualidade
conformidade das
UBS com os princípios
da AB.
4. Fortalecer os Educação Permanente
processos de

usuários.
autoavaliação,
monitoramento e
avaliação, apoio
Apoio Institucional
institucional e
educação
permanente nas três
esferas de governo. DESENVOLVIMENTO
5. Institucionalizar Autoavaliação
uma cultura de
avaliação da AB no
SUS e de gestão. Melhoria da qualidade
6. Estimular o foco da
AB no usuário, Monitoramento dos
promovendo
indicadores pactuados
transparência dos
processos de gestão,
a participação e o
controle social na
melhoria das Cooperação
condições de saúde. Horizontal
RESULTADOs
ATIVIDADES RESULTADO FINAL
OBJETIVOS COMPONENTES INTERMEDIÁRIOS

Ampliação do impacto da atenção básica sobre as condições de saúde da população e e satisfação dos
I Formalização da Adesão
IContratualização dos compromissos.
1 . definir parâmetro
de qualidade,
considerando-se as Verificação in locus dos padrões previamente definidos
diferentes realidades
Certificação de desempenho das equipes de saúde e
de saúde
gestão da atenção básica
2. Fornecer padrões
de boas práticas e Ampliação do acesso
organização das UBS. Pactuação dos municípios, com incremento de novos
3. Promover maior padrões e indicadores de qualidade
conformidade das
UBS com os princípios
da AB.
4. Fortalecer os Educação Permanente
processos de

usuários.
autoavaliação,
monitoramento e
avaliação, apoio
Apoio Institucional
institucional e
educação
permanente nas três
esferas de governo.
5. Institucionalizar Autoavaliação
uma cultura de
avaliação da AB no DESENVOLVIMENTO Melhoria da qualidade
SUS e de gestão.
6. Estimular o foco da
AB no usuário, Monitoramento dos
promovendo
indicadores pactuados
transparência dos
processos de gestão,
a participação e o
controle social na
melhoria das Cooperação
condições de saúde. Horizontal
RESULTADOs
ATIVIDADES RESULTADO FINAL
OBJETIVOS COMPONENTES INTERMEDIÁRIOS

Ampliação do impacto da atenção básica sobre as condições de saúde da população e e satisfação dos
I Formalização da Adesão
IContratualização dos compromissos.
1 . definir parâmetro
de qualidade,
considerando-se as Verificação in locus dos padrões previamente definidos
diferentes realidades
Certificação de desempenho das equipes de saúde e
de saúde
gestão da atenção básica
2. Fornecer padrões
de boas práticas e Ampliação do acesso
organização das UBS. Pactuação dos municípios, com incremento de novos
3. Promover maior padrões e indicadores de qualidade
conformidade das
UBS com os princípios
da AB.
4. Fortalecer os Educação Permanente
processos de

usuários.
autoavaliação,
monitoramento e
avaliação, apoio
Apoio Institucional
institucional e
educação
permanente nas três
esferas de governo.
5. Institucionalizar Autoavaliação
uma cultura de
avaliação da AB no
DESENVOLVIMENTO
SUS e de gestão. Melhoria da qualidade
6. Estimular o foco da
AB no usuário, Monitoramento dos
promovendo
indicadores pactuados
transparência dos
processos de gestão,
a participação e o
controle social na
melhoria das Cooperação
condições de saúde. Horizontal
OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS

1. Ampliar o impacto da atenção básica sobre as condições de saúde da RESULTADO


população e e satisfação dos usuários.

2. Fornecer padrões de boas práticas e organização das UBS.


Acesso
3. Promover maior conformidade das UBS com os princípios da AB.

4. Fortalecer os processos de autoavaliação, monitoramento e avaliação, apoio


Qualidade
institucional e educação permanente nas três esferas de governo.

Induzir a ampliação do acesso e a


melhoria da qualidade da atenção
5. Melhorar a qualidade da alimentação e uso dos sistemas de informação.
básica, com garantia de um padrão
de qualidade comparável nacional,
regional e localmente.
6. Institucionalizar uma cultura de avaliação da AB no SUS e de gestão.

7. Estimular o foco da AB no usuário, promovendo transparência dos processos


de gestão, a participação e o controle social na melhoria das condições de saúde.