Você está na página 1de 51

I SEMANA DE VALORIZAÇÃO DA VIDA - SVV

Escola Estadual de Ensino Médio Professora Aglae Kehl

“Saúde Mental: Prevenindo


a Depressão, Ansiedade e
Doenças Emocionais”

Psicóloga Virginia IC Murr


CRP: 07/06373
Para você...
O que significa saúde?

O que é importante para se ter uma vida


saudável?
Saúde...

estado de equilíbrio dinâmico entre o


organismo e seu ambiente, o qual mantém
as características estruturais e funcionais do
organismo dentro dos limites normais para
sua forma de vida e para a sua fase do ciclo
vital.

A definição oficial de Saúde possui


implicações legais, sociais e econômicas;
O que pode influenciar
sua SAÚDE MENTAL?
Fatores

BIOPSICOSSOCIAIS
Fatores psicológicos

•processos cognitivos;
•nível de resiliência
•fatores estressores...
Fatores biológicos –

•genética,
•metabolismo e/ou
•fatores externos que influenciam o
organismo...
Fatores Socioculturais:

•presença ou não de rede social,


•expectativas da sociedade e do
meio cultural,
•influências da família, de amigos,
modelos de papéis sociais, …
Epidemiologia
Os distúrbios mentais mais frequentes são as
fobias.
agorafobia (medo mórbido de se achar sozinho em grandes
espaços abertos ou de atravessar lugares públicos...)

fobia social (medo intenso de situações sociais evita a


socialização com o medo de ser julgado por conhecidos e
estranhos ou se tornar o centro das atenções de algum
público);

Síndrome do Pânico (causa uma sensação muito forte


de morte ou desmaio na pessoa)
o abuso e a dependência de
substâncias químicas (sobretudo álcool;

e
os transtornos afetivos, sobretudo a
depressão
ALGUNS DADOS
IMPORTANTES
• Segundo estimativas da Organização Mundial da
Saúde (OMS) divulgadas em 2017, 9,3% dos
brasileiros têm algum transtorno de ansiedade e a
depressão afeta 5,8% da população.

• Pesam nesse cenário, fatores socioeconômicos


como:
Pobreza;
Desemprego;
Ambiente e
Estilo de vida em grandes cidades.
•Brasil é o país com a maior taxa de
pessoas com transtornos de
ansiedade no mundo e o quinto em
casos de depressão.

Jamil Chade e Isabela Palhares, O Estado de S. Paulo


23 Fevereiro 2017 | 16h26
Brasil é recordista em ansiedade

É importante observar que


muitas pessoas tem
tanto depressão
quanto transtornos
de ansiedade.
DIFERENÇAS ENTRE
DEPRESSÃO
ANSIEDADE
BIPOLARIDADE
Os sintomas de
ansiedade,
depressão e
transtorno bipolar

podem até ser confundidos entre si,


mas apesar de parecerem semelhantes
são bem diferentes
ANSIEDADE
Preocupação intensa, excessiva e persistente, medo de
situações cotidianas

Alguns sintomas:
frequência cardíaca elevada;
respiração rápida;
sudorese;
sensação de cansaço.

A ANSIEDADE é normal, mas pode ser um indicador de


algo mais sério quando os sentimentos se tornarem
excessivos, obsessivos e interferirem na vida
cotidiana.
BIPOLARIDADE

• O transtorno bipolar são oscilações de humor mais graves e


duradouras.
• Há uma alteração no modo de ser habitual da pessoa, que
surgem como episódios depressivos alternados com os de
euforia em diferentes graus de intensidade.
• Os episódios maníacos incluem sintomas como euforia,
dificuldade para dormir e perda de contato com a realidade.

• Já os episódios depressivos são caracterizados por falta de


energia e motivação, além de perda de interesse nas
atividades cotidianas.
Até 2020,
depressão será doença
mais incapacitante
do mundo
DIFERENEÇAS ENTRE

TRISTEZA
E
DEPRESSÃO
NA TRISTEZA O INDIVÍDUO COSTUMA APRESENTAR
PERÍODOS DE MELHORA AO LONGO DO DIA,
CONSEGUINDO ESQUECER POR MOMENTOS A CAUSA
DA SUA TRISTEZA, POR EXEMPLO, DURANTE A VISITA
DE ALGUMA PESSOA QUERIDA
NA DEPRESSÃO, O SENTIMENTO É
CONTÍNUO E NÃO ALIVIA COM A AJUDA
DOS OUTROS.

A DEPRESSÃO COSTUMA TAMBÉM,


PROVOCAR UM SENTIMENTO DE CULPA,
MAS SEM MOTIVO APARENTE.

O DEPRIMIDO SENTE UMA PESADA


CULPA, MAS NÃO SABE EXPLICAR BEM
POR QUÊ.
DEPRESSÃO

É o resultado de uma alteração da ação de


neurotransmissores no cérebro.

É uma doença com sintomas bem específicos


e pode ser caracterizada quando estes
perduram por no mínimo duas semanas.
Depressão

é uma doença, que pode ser grave e


acompanhada de grande sofrimento.
COMO É DIAGNOSTICADA A
DEPRESSÃO
• Começa com um exame físico;

• Investigar o histórico familiar;

• Investigar o uso de substâncias, álcool e drogas;

• Ser encaminhado para um psicólogo ou psiquiatra;

• A psicoterapia é a primeira forma de tratamento


CAUSAS DA DEPRESSÃO
CAUSAS DA DEPRESSÃO
• SOLIDÃO;
• EXCESSO DE TRABALHO
• FALTA DE APOIO;
• ESTRESSE;
• HISTÓRICO FAMILIAR;
• PROBLEMAS DE RELACIONAMENTO OU CONJUGAL;
• TENSÃO FINANCEIRA;
• TRAUMA OU ABUSO NA INFÂNCIA;
• USO DE ÁLCOOL E/OU DROGAS;
• SITUAÇÃO DE DESEMPREGO OU SUBEMPREGO.
• PROBLEMAS DE SAÚDE OU DOR CRÔNICA.
Componente Genético:

 chance de ter depressão é até 3 vezes


maior em pessoas que tem um parente em
primeiro grau com o mesmo problema.
Dificuldade em lidar com questões
da vida adulta:

principalmente na adolescência e na
velhice
Desequilíbrio no funcionamento do
cérebro:

alteração na produção de substâncias


(noradrenalina, serotonina, fator de
crescimento neural)
Abuso de álcool ou outras drogas:

até 30% dos que abusam de álcool tem


depressão
Estresse agudo

morte de um ente querido


 doença grave
Depressão

A depressão pode trazer dificuldades no


relacionamento familiar, afetivo e no
trabalho

MAS
ATENTE-SE
Ao contrário do que muita gente pensa,

depressão não é uma bobagem,

não é “frescura” de quem não tem com que se


preocupar.
SINTOMAS DA DEPRESSÃO
• INSÔNIA OU SONOLÊNCIA EM EXCESSO;
• DIFICULDADE DE CONCENTRAÇÃO;
• DORES INEXPLICÁVEIS PELO CORPO;
• FORTES SENTIMENTOS DE INUTILIDADE E CULPA;
• SENTIEMNTO DE DESESPERO E DESAMPARO;
• NÃO CONSEGUE CONTROLAR OS PENSAMENTOS NEGATIVOS;

• PERDA DE APETITE OU GULA;


• PERDA DE INTERESSE NAS ATIVIDADES DIÁRIAS;
• IRRITAÇÃO EM EXCESSO E HUMOR DIMINUÍDO DO HABITUAL;

• CONSTANTES PENSAMENTOS EM SUICÍDIO.


Doenças exigem abordagens
diferentes e acompanhamento
profissional.

Procurar ajuda é essencial quando


sintomas duram mais de duas
semanas.
MAS

ENTÃO?

O QUE É SAÚDE
É o nosso estado natural.

SAÚDE é mais do que a ausência de doença


ou enfermidade:

É o estado de perfeito
bem-estar físico, mental
e social.
TRATAMENTO
• Inibidores seletivos responsáveis pela recaptação de
SEROTONINA

• Alguns exemplos de medicação:

• PAROXETINA

• SERTRALINA
• ESCITALOPRAM
• CITALOPRAM
• FLUOXETINA
• QUETIAPINA
Na adolescência é comum confundir as mudanças
de humor, cuja a origem se devem aos hormônios,
com estados depressivos.

A depressão
caracteriza-se pela
permanência de humor
negativo, com sintomas
a nível físico.
A depressão na adolescência é um problema têm
muito impacto na vida de um adolescente.

Se não for tratada, poderá conduzir a problemas


na escola e em casa, abuso de drogas, ódio por si
mesmo e até tragédias irreversíveis como
homicídios ou suicídio.

Não conseguem entender os sentimentos que


sentem e não conversam sobre isso.
Se você não tem certeza se o quadro é ou não de
depressão, fique atento à duração e à gravidade dos
sintomas. Procurar ajuda médica é sempre bom.

Sinais de alerta:
- Tristeza ou desespero
- Choro frequente
- Raiva, irritabilidade e muita hostilidade
- Isolamento
- Perda de interesse em atividades que costuma fazer
- Mudanças nos hábitos de higiene, sono, alimentação
- Cansaço crônico
- Desmotivação
- Pensamentos ou ideias suicidas
Suicídio entre os jovens
Crescimento constante:

•Taxa de suicídio entre jovens sobe


10% desde 2002

•Dados do Mapa da Violência 2017


obtidos com exclusividade pela BBC
Brasil mostram 2.928 casos somente
em 2014.
Suicídio

•Número de suicídios aumentou 12% no Brasil,


mostra Ministério da Saúde

•Análise foi feita pela pasta entre os anos de 2011


e 2015