Você está na página 1de 15

VISITAÇÃO

Uma Perspectiva Reformada da


Visita Pastoral 1
20
Conteúdo 1.A Base Bíblica da Visitação.
2.Razões da Visitação
3.O Antes da Visitação.
4.O Durante a Visitação.
5.O Após a Visitação
6.Premissas da Visitação
7.Cuidados Especiais da
Visitação
8.Atributos do Visitador
9.Princípios Gerais da

VISITAÇÃO
Visitação

2
20
A BASE BÍBLICA DA VISITAÇÃO
1. Os cristãos visitavam e ensinavam de
casa em casa. Atos 5:42.
2. Paulo e Barnabé visitando os irmãos.
Atos 15:36.
3. Pedro visitou Cornélio e pregou o
evangelho a ele e sua família. Atos 10.
4. Também visitou dorcas. Atos 9.

VISITAÇÃO
5. Paulo anunciou o evangelho
publicamente e também nas casas.
Atos 20:18-21.

3
20
II. RAZÕES DA VISITAÇÃO

1. Pela visitação, o pastor pode encorajar suas


ovelhas: (I Ts 5:11,14; II Tm 4:2; Tt 1:9)

2. Pela visitação, o pastor pode admoestar suas


ovelhas (Cl 1:28; 3:16; Rm 15:14; I Ts 5:12)

“Não é suficiente que, do púlpito, um pastor

VISITAÇÃO
ensine todas as pessoas conjuntamente, pois
ele não acrescenta instrução particular de
acordo com a necessidade e com as
circunstâncias específicas de cada caso”
J. Calvino
4
20
II. RAZÕES DA VISITAÇÃO (continuação)

4. Pela visitação, o pastor pode


repreender suas ovelhas (Pv 3:11; 9:8;
Tt 2:15; II Tm 4:2; Gl 6:1):

5. Pela visitação, o pastor pode ensinar e


guardar suas ovelhas (Atos 20:20):

VISITAÇÃO
5
20
III. CUIDADOS QUE DEVEMOS TER
ANTES DA VISITA
1. Certifique-se de que você sabe o nome
de todos os membros da família. O
esforço de aprender os nomes já é um
sinal de que você se preocupa com
eles.
2. Tenha em mente ou anotado em algum
lugar, as razões ou motivos que o

VISITAÇÃO
levaram a visitar aquela família.
3. Dedique um tempo em oração,
pedindo sabedoria para esta visita.

6
20
Cuidados a Tomar na Visitação

1. Não criticar religiões


2. Não divergir, nem discutir
3. Não envergonhar as pessoas
4. Não ser insistente
5. Não fazer perguntas indiscretas

VISITAÇÃO
6. Não falar demais
7. Não visitar sozinho pessoas do sexo oposto
8. Não visitar em horários impróprios.
7
20
IV. O QUE FAZER DURANTE A VISITA:

1. Não visitar sozinho pessoas do sexo


oposto
2. Não visitar em horários impróprios.
3. Não criticar religiões
4. Não divergir, nem discutir
5. Não envergonhar as pessoas

VISITAÇÃO
6. Não ser insistente
7. Não fazer perguntas indiscretas
8. Não falar demais

8
20
V. O QUE FAZER DEPOIS DA VISITA

1. ACOMPANHAR:
2. Retorne a visita

VISITAÇÃO
9
20
VI. PREMISSAS DA VISITAÇÃO

1. O pastor é um instrumento nas mãos de


Deus.

2. A principal pessoa no trabalho de


visitação não é você, mas é aquele ser
humano a quem você está visitando.
Cuidado para não monopolizar as

VISITAÇÃO
conversas.

3. A Bíblia possui as respostas para todas


as indagações espirituais.
10
20
VI. PREMISSAS DA VISITAÇÃO (continuação)

4. Existem problemas cujas causas são espirituais,


psíquicas ou até orgânicas. É preciso saber
identificar bem esses aspectos para proceder
um bom trabalho de acompanhamento.

5. É imprescindível reconhecer nossas próprias


limitações e saber quando se deve encaminhar
uma pessoa para alguém mais capacitado em

VISITAÇÃO
ajudá-la.

6. O pastor precisa tomar cuidado para não ditar o


que a pessoa precisa fazer, mas deve ajudá-la
a conduzir sua própria avaliação e decisão
11
20
VII. CASOS ESPECÍFICOS
DE VISITAÇÃO:

1. Momentos de crise: Dar orientação


bíblica.

2. Família enlutada: Trazer conforto.

VISITAÇÃO
3. Pessoas enfermas: Com o objetivo
orar, confortar e animar.
12
20
VII. CASOS ESPECÍFICOS
DE VISITAÇÃO (CONTINUAÇÃO):

4. Problemas espirituais: Para fortalecer a fé, estimular


no serviço e no crescimento espiritual.

5. Problemas delicados.

6. OS NOVOS NA FÉ: Para fortalecer-lhes a fé, envolvê-


los no trabalho, integrá-los na comunidade da

VISITAÇÃO
igreja e ajudá-los a formar novas amizades com os
membros.

7. Os afastados. Para ouví-los e aproximá-los novamente


de Jesus e da igreja.
13
20
1. Cuidado pessoal e bom gosto
com a aparência, usando a roupa
adequada.
2. Dar atenção e observar.
3. Ser capaz de pensar como se
estivesse no lugar da pessoa a
quem visita (empatia).
4. Deve ser amável e cheio de
simpatia.
5. Ser breve.
6. Ter boa postura e boas maneiras
7. Ser Pontual.
8. Ter conhecimento da Escritura

VISITAÇÃO
Sagrada.
9. Ter vida de oração e
dependência de Deus.
10. Ser consagrado a Deus.

14
20
FIM

15
20

VISITAÇÃO