Você está na página 1de 13

Programa Ensino Médio Inovador

Transferência de Tecnologia
Jovem de Futuro

São Paulo
23/11/2011
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR
Concepção

• Reafirmar o Ensino Médio como etapa final da educação


básica e com centralidade na sua função educativa.
• Assumir a participação dos estudantes no processo
educativo, sejam jovens ou adultos, com suas
características bio-psicológicas, sócio-culturais e
econômicas.
• Construir uma concepção curricular centrada no
princípio da unidade entre trabalho, ciência,
tecnologia e cultura.
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR
Concepção

• Formação integral do ser humano como um direito de


todos.
• Interdisciplinaridade e articulação de saberes como
superação da fragmentação dos conhecimentos
específicos
• Organização curricular que articule os campos
disciplinares e atividades integradoras.
• Revalorização do Projeto Político Pedagógico como
construção coletiva da Escola e exercício de sua
autonomia.
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR

Objetivo Geral

Promover apoio técnico e financeiro com


vistas ao fortalecimento e desenvolvimento
de propostas curriculares inovadoras nas
escolas de ensino médio não profissional.
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR

Finalidades

 Apoiar propostas pedagógicas inovadoras e a organização


curricular das Escolas Públicas Estaduais de ensino médio
selecionadas pelas Secretarias Estaduais de Educação;

 Desenvolver uma rede de intercâmbio entre Escolas Públicas do


Ensino Médio;

 Elaborar e divulgar um Banco de Projetos de inovação curricular


para o Ensino Médio não profissional;

 Promover o debate nacional sobre as Políticas Públicas para o


Ensino Médio.
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR
Portaria nº 971, de 09/10/09

São objetivos do Programa Ensino Médio Inovador:

 Expandir o atendimento e melhorar a qualidade do ensino médio;


 Desenvolver e reestruturar o ensino médio não profissional, de forma a
combinar formação geral, científica, tecnológica, cultural e
conhecimentos técnico-experimentais;
 Promover e estimular a inovação curricular no ensino médio;
 Incentivar o retorno de adolescentes e jovens ao sistema escolar e
proporcionar a elevação da escolaridade;
 Fomentar o diálogo entre a escola e seus sujeitos – docentes,
discentes e comunidade escolar;
PROGRAMA ENSINO MÉDIO INOVADOR
Estrutura Organizacional (atual)

Instituições Proponentes: Secretarias de Educação Estaduais e do


Distrito Federal;
Órgão Financiador/Concedente: Fundo Nacional de Desenvolvimento
da Educação (FNDE);
Coordenação Geral: Secretaria de Educação Básica – MEC;
Comitê Estadual
Professor articulador da unidade escolar
Indicações metodológicas para o Projeto
Político Pedagógico
• Iniciação cientifica e produção artístico-cultural
• Articular o trabalho intelectual com as práticas experimentais
• Pesquisa como principio pedagógico
• Interdisciplinaridade e atividades integradoras no currículo
• Utilização de novas mídias e tecnologias
• Currículo social e estimulo a solidariedade
• Estimular a participação do estudante no processo educativo
• Desenvolver o conhecimento da realidade brasileira e reconhecer
as facetas da exclusão social
• Inclusão das temáticas que valorizem os direitos humanos e
contribuam para o enfrentamento do preconceito, da
discriminação e da violência
• Sustentabilidade sócio ambiental
Ensino Médio Inovador (MEC) e Projeto
Jovem de Futuro (Instituto Unibanco)
• Ensino Médio Inovador
. Centralidade no currículo e na questão pedagógica;
. Ênfase nas atividades e projetos integradores;
. Metodologias e referências para a organização curricular;
. Apoio ao projeto político pedagógico da escola.

• Projeto Jovem de Futuro


. Centralidade na gestão e na avaliação de resultados;
. Ênfase no planejamento e monitoramento;
. Metas e indicadores;
. Apoio as políticas públicas do Estado.
Atualização Ensino Médio Inovador
(2011)
• Possibilidade de adesão as Tecnologias do Guia
do MEC
• Indicativos de reestruturação curricular
• Estrutura organizacional
(Comitê estadual/Professor articulador)
• Projetos de Reestruturação Curricular (PRC)
• Macrocampos ( 2 obrigatórios)
• Matriz de Referência
• Plano de Atendimento Global
Fluxograma
• Capacitação e organização SEEDUC/PJF (IU)
• Documento Orientador EMI (SEB/MEC)
• Adesão formal dos Estados com definição das
escolas e do Comitê estadual (SEEDUC)
• Capacitação das UE/PJF (IU)
• Elaboração PRC/Matriz de referência e
lançamento SIMEC/MEC (Unidade Escolar)
• Analise Comitê Estadual
• Elaboração do Plano de Atendimento Global e
encaminhamento formal ao MEC (SEEDUC)
• Formalização FNDE e liberação de recursos
Orientações

• Parecer nº 11/09 (CEB/CNE/MEC)


• Parecer nº 5/11 – DCN do ensino médio (CEB/CNE/MEC)
• Documento Orientador Programa Ensino Médio Inovador
(versão não definitiva SEB/MEC)
• Resolução nº 9, de 2 de março de 2011 (FNDE/MEC)
• Resolução nº 17 de 19 de abril de 2011(FNDE/MEC)
• Resolução nº 38 de 21 de junho de 2011 (FNDE/MEC)
• Projeto de Resolução PDDE / 2012 (FNDE/MEC)
Carlos Artexes Simões

artexes@gmail.com
(21) 95856087