Você está na página 1de 21

Tabela Periódica

Estrutura do Átomo:
Tabela Periódica:
• 118 elementos químicos (92 naturais e
26 artificiais)
• Criada por Dmitri Mendeleiev (1834-
1907), no ano de 1869.
Representação dos Elementos Químicos:
Períodos:
• Elementos com mesmo número de
camadas eletrônicas.

Período N° de Elementos Químicos


1° 2
2° 8
3° 8
4° 18
5° 18
6° 32
7° 32
Famílias:
• Grupo A e B (Elementos representativos e
de transição)
Famílias:
Famílias A:
• Família 1A: Metais Alcalinos (lítio, sódio, potássio, rubídio, césio
e frâncio).
• Família 2A: Metais Alcalino-Terrosos (berílio, magnésio, cálcio,
estrôncio, bário e rádio).
• Família 3A: Família do Boro (boro, alumínio, gálio, índio, tálio e
unúntrio).
• Família 4A: Família do Carbono (carbono, silício, germânio,
estanho, chumbo e fleróvio).
• Família 5A: Família do Nitrogênio (nitrogênio, fósforo, arsênio,
antimônio, bismuto e ununpêntio).
• Família 6A: Calcogênios (oxigênio, enxofre, selênio, telúrio,
polônio, livermório).
• Família 7A: Halogênios (flúor, cloro, bromo, iodo, astato e
ununséptio).
• Família 8A: Gases Nobres (hélio, neônio, argônio, criptônio,
xenônio, radônio e ununóctio).
Família 1A: Metais Alcalinos
• Muito reativos com a água.
• São eletropositivos, metais bons
condutores de eletricidade e formam
bases fortes.
• São sólidos, apresentam brilho metálico e
quando expostos ao ar oxidam facilmente.
• Aplicações: iluminação no caso das
lâmpadas de sódio, purificação de metais
e fabricação de sabões quando
combinados com gordura.
Família 2A: Metais Alcalinos-Terrosos
• São bastante reativos, porém menos
que os metais da família 1A.
• São eletropositivos, e mais duros e
densos do que os metais alcalinos.
• Aplicações: ligas metálicas como o
Berílio (Be), composição do gesso e do
mármore com o cálcio (Ca) e em
fogos de artifício com o magnésio
(Mg) e estrôncio (Sr).
Família 6A: Calcogênios
• Características metálicas e não
metálicas.
• Principais destaques: oxigênio e
enxofre.
• Presentes na respiração e na
chuva ácida.
Halogênios:
• Mais eletronegativos: tendência de
receber elétrons em uma ligação.
• Combinam com quase todos os
elementos da tabela periódica.
Gases Nobres:
• Maior Estabilidade: orbitais
completamente preenchidos.
• Não possuem tendência a
formarem ligações.
Famílias B:
Famílias B:
• Família 1B: cobre, prata, ouro e roentgênio.
• Família 2B: zinco, cádmio, mercúrio e copernício.
• Família 3B: escândio, ítrio e sério de lantanídeos (15
elementos) e actinídeos (15 elementos).
• Família 4B: titânio, zircônio, háfnio e rutherfórdio.
• Família 5B: vanádio, nióbio, tântalo e dúbnio.
• Família 6B: cromo, molibdênio, tungstênio e
seabórgio.
• Família 7B: manganês, tecnécio, rênio e bóhrio.
• Família 8B: ferro, rutênio, ósmio, hássio, cobalto,
ródio, irídio, meitnério, níquel, paládio, platina,
darmstádio.
Curiosidades:
• IUPAC (União Internacional de Química
Pura e Aplicada): padrão das tabelas
periódicas
• Glenn Seaborg: descobridor do Pu ao No.
Tabela Periódica (Antiga):
Classificação dos Elementos:
• Metais: São bons condutores de calor e
eletricidade. São sólidos nas CNTP (com
exceção do mercúrio), além de maleáveis
e dúcteis.
• Não metais: São maus condutores de
corrente elétrica e calor. Podem assumir
qualquer estado físico na temperatura
ambiente.
• Gases nobres: Apresentam baixa
reatividade, sendo até pouco tempo
considerados inertes.
Símbolos dos Elementos Químicos:
Elemento Químico Símbolo Elemento Químico Símbolo
Alumínio Al Hidrogênio H
Arsênio As Iodo I
Bromo Br Magnésio Mg
Cálcio Ca Mercúrio Hg
Carbono C Nitrogênio N
Chumbo Pb Ouro Au
Cobre Cu Oxigênio O
Enxofre S Prata Ag
Ferro Fe Silício Si
Flúor F Sódio Na
Fósforo P Tungstênio W
Hélio He Urânio U
OBRIGADO
PELA ATENÇÃO
DE VOCÊS!!!