Você está na página 1de 8

1º Macro – João Pessoa

2º Região de Saúde
Alagoinha

Aplicação da Auriculoterapia como complemento do


tratamento dietoterápico para controle de obesidade.

Martiniano da Silva Lima


Nutricionista, NASF-AB.

João Pessoa, 2019.


Dados do Paciente Porta de Entrada
Paciente: A. f. D. Encaminhamento do médico da
Sexo: Feminino UBSF, pelo motivo de queixa de
Idade: 20 anos. aumento de peso.

1° Consulta:
Avaliação Nutricional
-Baixa ingestão hídrica;
-Sedentária;
-Ingestão alimentar de baixa qualidade nutricional;
-Sinais de constipação.
-Obesidade.
Genética

Dietético

Consequências: Diabetes, Emocional


hipertensão, cardiopatias,
articulares, impotência sexual,
dislipidemia, entre outras.
Genética

Conduta:

Dietoterápica para mudança dos


hábitos, aumento do consumo de Dietético
água, estimulo ao exercício físico,
escolha alimentares adequadas e
prescrição de planejamento alimentar
qualitativo.
Consequências: Diabetes, Emocional
hipertensão, cardiopatias,
articulares, impotência sexual,
dislipidemia, entre outras.
2° Consulta (30 dias): Durante
Avaliação Nutricional Anamnese a
-Melhorou ingestão hídrica; paciente relatou
- Caminhada três vezes na semana; dificuldade em
-Melhorou a qualidade da ingestão dietética; seguir o plano
-Amenizou os sinais de constipação; dietético pelo
-Obesidade (redução ponderal pouco significativa 900g). motivo de sentir
ansiedade
Conduta: Aconselhamento dietético + aplicação de relacionada ao
auriculoterapia como método complementar ao medo de não
tratamento dietoterápico. Auriculoterapia para controle da conseguir
ansiedade e das emoções. emagrecer.
3° Consulta (37 dias):
A paciente apresentou
melhora dos sinais de
ansiedade, demonstrou estar
4° Consulta (44 dias): mais tranquila e relatou
comprometimento com o
planejamento alimentar.
Conduta: Reaplicação dos
pontos no pavilhão auricular.
5° Consulta (51 dias):
A jovem continuo apresentando resultado
satisfatório a auriculoterapia, como também
ao comportamento alimentar, apresentando
6° consulta (61 dias): redução ponderal de 2kg.
Conduta: Reaplicação da auriculoterapia e
plano alimentar qualitativo para continuar
redução do peso corporal.
Considerações Finais

Assim podemos considerar que a utilização da


auriculoterapia como uma ferramenta complementar
proporcionou de forma eficaz a adesão da paciente ao
tratamento dietoterápico contribuindo para o controle da
ansiedade/emoções e redução do peso corporal.