Você está na página 1de 17

RADIOATIVIDADE

A DESCOBERTA
O fenômeno da radioatividade foi descoberto pelo
físico francês Henri Becquerel, em 1896.
Guardou sais de Urânio juntamente a chapas
fotográficas
Becquerel realizou diversos estudos e verificou que
sais de urânio emitiam radiação e os chamou de raios-
X por não saber do que se tratava, impressionando
chapas fotográficas.
O que é radioatividade?

Radioatividade é um fenômeno natural pelo qual os


núcleos dos átomos de certos elementos emitem
radiações espontaneamente de modo a adquiriram
estabilidade.

A Radioatividade provocará alterações no núcleo do


átomo, fazendo-o com que se transforme em outros
elementos e emita raios alfa, beta e gama.
Por que ocorre a radioatividade?

A radioatividade natural ocorre, geralmente,


com os átomos de números atômicos maiores
que 82.

 Os átomos radioativos tem uma instabilidade


nuclear devido ao desbalanceamento ocorrido
entre prótons e neutrons.
Radiação Alfa

As partículas alfa são constituídas por 2 prótons e 2


nêutrons, isto é, o núcleo de um átomo de hélio (He).
Quando o núcleo as emite, perde 2 prótons e 2
nêutrons.

2 prótons
+
2 nêutrons
Radiação Beta – desintegração de um neutron
Quando o núcleo emite uma partícula β, seu número de
massa permanece constante e seu número atômico
aumenta 1 unidade.

1 elétron
Radiação Gama

As partículas, possuem diferente poder


de penetração. Uma partícula α pode penetrar até 0,05
cm na pele e uma β até 1,5 cm. A radiação γ, por sua
vez, facilmente atravessa todo o nosso organismo.
A emissão de partículas alfa e beta é o modo
encontrado pelo núcleo para aliviar a instabilidade.

As radiações alfa (α) e beta (β) são partículas que


possuem massa, carga elétrica e velocidade. Os raios
gama (γ) são ondas eletromagnéticas (não possuem
massa), que são emitidas por núcleos instáveis logo
em seguida à emissão de uma partícula alfa ou beta e
se propagam com a velocidade de 300.000 km/s.
Tempo de meia-vida
Por que enterrar o lixo radioativo?
Exatamente por causa do tempo de meia-vida, pois a
maioria desses materiais tem tempo meia-vida muito
longo emitindo tais radiações por um grande período.

 Uma grande quantidade de chumbo é utilizada para


envolver tal material, pois impede a passagem das
radiações.
Fissão nuclear
Fissão Nuclear é a quebra do núcleo de um átomo
instável em dois menores e mais leves, como por
exemplo, após a colisão da partícula nêutron no mesmo.
Esse processo pode ser rotineiramente observado em
usinas nucleares e/ou em bombas atômicas.
 Usinas nucleares: É uma fonte de
energia limpa, porém o grande problema
esta no lixo radioativo gerado. O tipo de
reação ocorrida é de fissão nuclear.

http://noticias.r7.com/internacional/noticias/entenda-o-vazamento-de-energia-nuclear-no-japao-20110315.html
 Bomba atômica: é uma reação de fissão nuclear de
vários núcleos.
Fusão nuclear
Fusão Nuclear é o processo no qual dois ou mais
núcleos atômicos se juntam e formam um outro núcleo
de maior número atômico. A fusão nuclear requer muita
energia para acontecer, e geralmente libera muito mais
energia do que consome.

O principal tipo de fusão ocorre no interior das estrelas é


o de Hidrogênio em Hélio, onde dois prótons se fundem
em uma partícula alfa (um núcleo de hélio), liberando
dois pósitrons, dois neutrinos e energia.
Exercícios:

1. O iodo-125, variedade radioativa do iodo, com


aplicações medicinais, tem meia-vida de 60 dias.
Quantas gramas de iodo-125 restarão, após 6 meses,
a partir de uma amostra contendo 2,00 gramas do
radioisótopo?

a) 1,50.
b) 0,75.
c) 0,25.
d) 0,60.
e) 0,10.
2. O átomo 92U238 emite uma partícula alfa, originando
um átomo do elemento X; este, por sua vez, emite
uma partícula beta, originando um átomo do
elemento Y. Podemos concluir que:

a) Y tem número 91 e 143 nêutrons


b) Y é isóbaro do urânio inicial
c) Y tem número atômico 89 e número de massa 234
d) X tem número atômico 94 e número de massa 242
e) X e Y são isômeros.