Você está na página 1de 33

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias –

Educação Física
Ensino Médio, 3º Ano
A INFLUÊNCIA DAS PRÁTICAS CORPORAIS
NAS DOENÇAS CRÔNICO-DEGENERATIVAS
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

O QUE SE ENTENDE POR SAÚDE


/ DOENÇA?

Imagens da esquerda para a direita: Autor desconhecido / National Institutes of Health / Domínio público. : Educación al paciente / CC-BY-SA-3.0, GFDL & Creative
Commons Attribution-Share Alike 2.5 Generic, 2.0 Generic and 1.0 Generic. Mehregan Javanmard / CC-BY-SA-3.0, GFDL & Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5
Generic, 2.0 Generic and 1.0 Generic.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

•Quando se fala em SAÚDE/DOENÇA, está muito em


evidência, na sociedade atual, a busca por um “corpo
saudável”.

•Entretanto, a saúde envolve diversos aspectos da vida do


ser humano, como: saúde mental, qualidade de vida, relação
saudável de diversas ordens (trânsito, família, trabalho...),
relação saudável do homem com o meio ambiente...

•A saúde está condicionada a diversos fatores chamados


DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE: acesso a condições
de moradia, de lazer (inclui também as possibilidades de
práticas corporais)...

A SAÚDE NÃO COMO “UM BEM DE CONSUMO”, MAS COMO


“UM RECURSO PARA A VIDA”!
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

•As práticas corporais aparecem como um dos fatores


relacionados à saúde. Auxiliam no não aparecimento ou, até
mesmo, na melhora das doenças crônico-degenerativas, mas
elas não estão sozinhas.

•É preciso saber que existem outros fatores envolvidos, o que


leva a se VIVER COM SAÚDE ≠ BUSCAR NAS PRÁTICAS
CORPORAIS A CURA PARA AS DOENÇAS.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE SAÚDE

NO CENÁRIO MUNDIAL
Estado de completo bem-estar físico, mental e social OMS - a partir da
década de 40

Um direito humano Conferência Internacional sobre Cuidados


fundamental Primários de Saúde”, em Alma-Ata (ex-URSS)

NO BRASIL

Requisitos básicos: alimentação, moradia,


8ª Conferência
saneamento básico, condições favoráveis
Nacional
de meio ambiente, trabalho, renda,
de Saúde
educação... (DETERMINANTES SOCIAIS)
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

O que significa processo saúde-doença?

Representa o conjunto das relações e


variáveis que produz e condiciona o estado de
saúde e doença de uma população, o qual se
modifica nos diversos momentos históricos e
no desenvolvimento científico da humanidade
(1).
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

VIAJANDO NO TEMPO - Por que adoecemos?

•No passado, a principal causa das doenças era


microbiológica.
•Havia forte apelo das campanhas de vacinação.
•Com a descoberta da vacina e o avanço tecnológico,
várias doenças foram erradicadas.
•Na contemporaneidade, as doenças mais recorrentes
são as chamadas crônico-degenerativas: obesidade,
hipertensão, diabetes, entre outras.
•Existe forte apelo à mudança de hábitos. Alimentação
e exercício físico são os mais evidentes.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

O homem evoluiu, descobriu a vacina, encontrou a


cura.
•Porém, o avanço tecnológico trouxe o sedentarismo
e, com ele, as doenças relacionadas à falta de
práticas corporais no seu cotidiano.

O homem primitivo utilizava-se das práticas


corporais como recurso para poder sobreviver
(caçar, nadar, deslocar-se).

O homem contemporâneo, muitas vezes, não


necessita utilizar-se de práticas corporais como
recurso, mas pode vivenciá-las como parte da
cultura de lazer, de trabalho, de saúde.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Vivenciar uma cultura de práticas corporais leva a


uma vida com saúde, diferentemente de buscar nelas
a cura para as doenças.

As práticas corporais sempre fizeram parte da cultura


humana, e é cultural o sentido a elas atribuído em
diversos momentos históricos.

Muito se divulga o papel das práticas corporais na


cura ou na prevenção de doenças crônico-
degenerativas; pouco se fala no seu significado maior
para a qualidade de vida das pessoas não só no
âmbito individual, mas também na saúde coletiva.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

JOGO – ESPORTE – GINÁSTICA – LUTA –


DANÇA
O corpo em ação proporciona prazer, lazer,
experiência, saúde.
1º )COMECE CONSTATANDO
1. Quais as partes do corpo mais solicitadas quando você
dança, joga, anda, corre...?
2. Quais os sistemas mais solicitados: musculoesquelético ou
cardiorrespiratório?
Exemplificando
1. Já observou sua postura quando está sentado no
salão, jogando dominó, xadrez, dama...?
O sistema musculoesquelético está em ação.
2. Já se apercebeu de coração acelerado,
quando está dançando, correndo...?
O sistema cardiorrespiratório está em ação.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Esclarecendo conceitos

Postura é a posição/alinhamento do corpo parado ou em movimento,


equilibrando as suas diversas partes sob a ação da gravidade. A posição
mantida constantemente em várias situações acaba se tornando hábito
postural que, às vezes, pode ser mau hábito ou o chamado vício postural.
Uma boa postura é aquela que o alinhamento postural proporciona pouco
stress às partes do corpo (coluna vertebral, joelhos, quadris etc.) envolvidas
na atividade. A postura depende muito da força, da resistência muscular
localizada e da flexibilidade.

!!!Baixa aptidão muscular pode causar problema postural, maior risco de


lesão muscular, dor lombar e, no caso do idoso, maior risco de queda.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Esclarecendo conceitos

SISTEMA CARDIORRESPIRATÓRIO
Você tem dúvida de que ele é um dos mais importantes do corpo?
Há quem afirme que a aptidão cardiorrespiratória é a aptidão
para a vida!!!!
Para que o organismo se mantenha vivo e seja capaz de realizar as
tarefas do dia a dia, físicas ou mentais, é necessário que nossas células
recebam constantemente oxigênio e nutrientes. Cabe a esse sistema
composto por coração, pulmões e circulação sanguínea fazer esse trabalho!
Durante qualquer atividade muscular, é fundamental o bom funcionamento
desse sistema para evitar a fadiga precoce.

!!!Baixa aptidão cardiorrespiratória pode causar diminuição da capacidade


de trabalho, fadiga precoce durante as atividades de lazer, de trabalho ou do
dia a dia.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

2º )CONSTRUA UMA PRÁTICA CONSCIENTE


(alguns instrumentos podem ajudá-lo)
Não ultrapasse seus limites!!!
1. Você pode aferir o seu número de batimentos cardíacos enquanto
joga, dança, corre...
Calcule a sua frequência cardíaca assim:
em 15 seg – No de bat x 4= No de bat/minuto
em 30 seg – No de bat x 2 = No de bat/minuto
Calcule a sua FC máxima, utilizando a fórmula: 208 – (0,7 x idade).

É importante considerar a intensidade de esforço ou a quantidade/nível de


esforço ao realizar atividades físicas. Para pessoas com baixo nível de aptidão
física, recomenda-se permanecer entre 50% e 70% da FC máx , enquanto pessoas
mais jovens e com melhor aptidão física até 80-90% da FC máx
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

ESCALA DE BORG
0 Nenhuma
0,5 Muito, muito leve
A Escala de Borg 1 Muito leve
também pode ajudá-lo na 2 Leve
sua percepção da
3 Moderada
intensidade do esforço
4 Pouco intensa
realizado, seja jogando,
5 Intensa
dançando, caminhando,
pedalando... 6
7 Muito intensa
8
9 Muito, muito intensa
10 Máxima
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

3º ) AMPLIE SEU CONHECIMENTO


Vamos debater sobre o gasto
energético nas práticas Pense!
corporais, as relações com os Você tem
fatores nutricionais e a dúvida de que o
composição corporal? esporte, a luta, ou
qualquer prática
Os nutrientes encontrados nos alimentos fornecem energia corporal e/ou
vital para a realização de suas atividades no cotidiano. intelectual solicitam
um gasto de energia
Classificação dos nutrientes:
Cinco grupos principais:
para se realizarem?
carboidratos, gorduras, proteínas (macronutrientes), E de onde vem essa
vitaminas e minerais (micronutrientes), além de um energia?
componente vital – a água.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Uma alimentação saudável deve considerar os aspectos quantitativos


(referem-se à quantidade de calorias consumidas) e qualitativos (referem-se
ao tipo de alimento consumido).
Um atleta de alto nível vai precisar consumir, em média, 4 a 5 mil
calorias diárias.
Adultos jovens, na faixa etária entre 18 e 35 anos, necessitam
consumir, em média, 2.000 calorias (mulher) e 2.700 calorias (homem),
porém é necessário levar em conta fatores individuais.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Como anda a sua alimentação?


(mais instrumentos para ajudá-lo)

Existe um importante instrumento para ajudá-lo na sua


autoavaliação – a PIRÂMIDE ALIMENTAR.

EXPERIMENTE SE AUTOAVALIAR, CONSTRUINDO SUA


PRÓPRIA PIRÂMIDE.

Fique ligado também na pirâmide da


Atividade Física.
Veja esses sites:
http://www.alimentacaosaudavel.org
www.agitasp.org.br
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

APRENDA A
LER O

Imagem Extraídas do Guia de Bolso do Consumidor Saudável


RÓTULO
DOS
ALIMENTOS!
!!

(pdf) / ANVISA – Ministério da Saúde.


EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

EM CADA
PARTE, UM
ESCLARE-

Imagem Extraídas do Guia de Bolso do Consumidor Saudável


CIMENTO
PARA A SUA
SAÚDE!!!

(pdf) / ANVISA – Ministério da Saúde.


Imagem Extraídas do Guia de Bolso do Consumidor Saudável
(pdf) / ANVISA – Ministério da Saúde.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Consumo x Gasto de Energia – Implicações na


Composição Corporal

Se o total de calorias dos alimentos que você consome é maior que a


quantidade do gasto diário de energia, as calorias excedentes irão se
acumular na forma de reserva de gordura no tecido adiposo.

...SE VOCÊ PRETENDE PERDER


PESO.
O IDEAL É EQUILIBRAR A
BALANÇA...
GASTO
ENERGÉTICO

CONSUMO
CONSUMO GASTO
ENERGÉTICO CONSUMO
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Mas não confunda!!!! Excesso de Peso ≠ Excesso de Gordura (esta


pode levar à obesidade). Está aí a importância de conhecer a
composição corporal.

Ao se estudar a composição corporal, geralmente são considerados dois


componentes principais – a gordura corporal relativa (percentual de
gordura) e a massa corporal magra (inclui fluidos corporais, músculos e
ossos). O percentual de gordura e a massa magra são indicadores na
prevenção de doenças, aspectos estéticos e melhor performance
atlética.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Há diversas formas de se avaliar a Composição Corporal. A mais simples


de conhecer se a massa corporal (peso) está dentro do recomendável para a
saúde é fazer o cálculo do chamado Índice de Massa Corporal (IMC).

Sua utilização é mais adequada à faixa etária entre


IMC = Peso corporal (kg) 18 e 65 anos de idade e sua interpretação se faz
(Estatura em metros)2 por meio de uma tabela proposta pela Organização
Mundial de Saúde (OMS):

IMC Classificação

até 18,4 Baixo peso

Fonte: NAHAS(2006, p. 98)


18,5 – 24,9 Faixa Recomendável

25 – 29,9 Sobrepeso

30 – 34,9 Obesidade I

35 – 39,9 Obesidade II

40 ou mais Obesidade III


EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Alerta! A obesidade é um
problema social. Já é considerada
uma epidemia mundial e uma
questão de saúde pública! Ela pode
começar na infância ou na
adolescência.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Conclusão
Posso utilizar esses recursos na minha
vivência, no meu dia a dia, quando estou
jogando com meus amigos, dançando com
meus familiares, dançando quadrilha na
minha comunidade; todos podem se
apropriar desse conhecimento para
experimentar uma prática mais prazerosa
e mais consciente, fazendo a saúde
acontecer em nosso meio, pelo menos no
que se refere às práticas corporais...
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

... posso construir uma vida mais saudável


em todas as comunidades: na escola, no
trabalho, na rua, no bairro.
Criar uma cultura que promova saúde é muito
mais que incorporar hábitos saudáveis.
É viver em ambiente saudável, com relações
saudáveis entre as pessoas, boa alimentação,
práticas corporais vivenciadas de forma
consciente, contribuindo para a saúde de
todos e não somente como a cura de doenças
já instaladas.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Para Refletir
Onde estão os espaços de lazer na comunidade, na
escola...?
Onde as pessoas costumam “entrar na dança”?
O que é necessário para as práticas corporais fazerem
parte da cultura da comunidade? O trabalho organizado,
na sociedade atual, proporciona a todos tempo adequado
para o lazer, utilizando-se de práticas corporais?
Como fazer para todos terem acesso a práticas corporais
contribuindo para a saúde? O acesso à saúde, como
direito/bem comum, é componente da cidadania.
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Curiosidades
Dançar pode ser uma atividade física das mais
intensas.
Em Sergipe, foi realizada uma pesquisa, que analisou a
frequência cardíaca de 119 dançarinos de quadrilha
competitiva durante 30 minutos de apresentação.
Chegou-se à conclusão de que esse tipo de dança é
uma atividade física que está na categoria “pesada” e
de “capacidade máxima.”
Pense no FREVO,
no FORRÓ,
no SAMBA, PAGODE, AXÉ !!!
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas

Curiosidades
!!!Flexibilidade diminuída pode causar problemas
posturais, limitação nos movimentos envolvidos tanto
nas atividades diárias quanto nos jogos, danças, etc.
Para o idoso, pode limitar a sua condição de realizar,
com independência, inúmeras atividades do
cotidiano.
Pense no alongamento como um aliado por toda a
vida!
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas
Referências bibliográficas
McARDLE, William D. et. al. Fisiologia do exercício: nutrição, energia e
desempenho humano. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

MARANHÃO, Damaris Gomes. O processo saúde-doença e os cuidados


com a saúde na perspectiva dos educadores infantis. Cad. Saúde Pública.
Rio de Janeiro, 16(4), out-dez, 2000.

NAHAS, Markus Vinicius. Atividade física, saúde e qualidade de vida.


Londrina: Midiograf, 2006.

TAVARES, M.; LORENZINI, A. R.; SOUZA JR, M. et. al. Orientações teórico-
metodológicas da Educação Física – Ensino fundamental e médio.
Pernambuco: SEE, 2010

TOSCANO, José J.; OLIVEIRA, Antonio C. C. Determinação do nível de


intensidade de esforço da quadrilha junina. Rev.Bras.Cienc.Mov. v.12, n.3,
set, 2004.
(Entre outras)
EDUCAÇÃO FÍSICA, 3º Ano
A Influência das Práticas Corporais nas Doenças
Crônico-Degenerativas
Referências bibliográficas

ALMEIDA, Eurivaldo S.; CASTRO, Cláudio G. J.; LISBOA, Carlos A. O


conceito de Saúde e do Processo Saúde-Doença. Distritos Sanitários:
Concepção e Organização. MANUAL 01 DO PROJETO SAÚDE E
CIDADANIA. DISPONÍVEL EM:
http://www.saude.sc.gov.br/gestores/sala_de_leitura/saude_e_cidadania/index.
html (Entre outras)
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

2a Autor desconhecido / National Institutes of http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Good 23/02/2012


Health / Domínio público _Food_Display_-_NCI_Visuals_Online.jpg

2b Educación al paciente / CC-BY-SA-3.0, GFDL & http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Relac 23/02/2012


Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 i%C3%B3n_M%C3%A9dico_Paciente.png
Generic, 2.0 Generic and 1.0 Generic

2c IMehregan Javanmard / CC-BY-SA-3.0, GFDL & http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Infan 23/02/2012


Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 t_smile.jpg
Generic, 2.0 Generic and 1.0 Generic
Tabela de Imagens
Slide Autoria / Licença Link da Fonte Data do
Acesso

18, 19 e 20 Imagens Extraídas do Guia de Bolso do http://portal.anvisa.gov.br/wps/portal/anvisa/ 23/02/2012


Consumidor Saudável (pdf) / ANVISA – anvisa/home/alimentos/!ut/p/c5/rZC7dqNAEE
Ministério da saúde S_RR9gTTMzwBCCGF7isQgkAQkH6wkICYuVMH
y98WYb2E7cFXTQp_rWKZShSdfiWZ6Kv-
XtWlxQgjIpX5iqRWUXACRtAbYp-
pIYBmA6gLYoAZpH1dDaYz2uKujfI5f3nrvrPd1wo
5ETr9KCqFq5ETxGX_cgitPRj9MemCJsjJCrprc8b7
vZxEq_ZEGAf0jioKx8beb9rpnDnFKJEAFPCxNMF
HnKmX3j__f98w5fjAo_-
AWUokzONyZm1tIUpkSyBjaPLSMAg4QYUPyLTX
3Pwr_K-
q9XhVDMBCYTURKoJFG09VMs6p3dc3WTO1G
Dq9UhG0jYwsDfwubAnEs18N36lT_p4QQhuYtn
8XY-KjWpmRraj0FZ0gM-e4ubdmc616uLV4b-
snuJhSJ0vBKzqlRuweZ9te2r6CXZJ5uA42d-pdp-
7xWX7g7uat1chEfKjlJdbkliXPEYOEnr_LE6BVvLu
5xRbF4tueMnC5dNG_G6rbL4rVBZnRt6YlFuN-
p6hnzr1hxQ2zxd0eFH_1NUnX0ACTiREg!!/dl3/d
3/L2dBISEvZ0FBIS9nQSEh/?pcid=d0d8078046f
d7203ba6fff9614c65306

Você também pode gostar