Você está na página 1de 59

GÊNEROS

TEXTUAIS À
LUZ DA BNCC
FORMAÇÃO CONTINUADA DE
LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS
TECNOLOGIAS
APRESENTAÇÃO DA BNCC
PROCESSO DE ELABORAÇÃO
O LUGAR DA BNCC
AÇÕES DE IMPLEMENTAÇÃO
ORGANIZAÇÃO DA BNCC
ORGANIZAÇÃO DA BNCC
ORGANIZAÇÃO POR ÁREAS DE CONHECIMENTO

4.1.1.Língua
Portuguesa

4.1.4.
4.1. Área de 4.1.2.
Língua
Inglesa Linguagens Arte

4.1.3.
Educação
Física
L
Í
N
G
U
A

P
O
R
T
U
G
U
E
S
A
PLANO DE AULA DE LÍNGUA PORTUGUESA

 A notícia de esportes e suas marcas linguísticas


 Gênero: Notícia
 Finalidade da aula: Ler e comparar duas notícias online para perceber as escolhas linguísticas que denotam a
parcialidade/imparcialidades do jornalista na edição dos fatos.
 Objeto do conhecimento: Reconstrução do contexto de produção, circulação e recepção de
textos/caracterização do campo jornalístico e relação entre os gêneros em circulação, mídia e práticas da cultura
digital.
 Prática de linguagem: Leitura.
 Habilidades da BNCC: EF06LP01, EF06LP02, EF67LP01
 Sobre esta aula: Esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero notícia de
esportes e no campo de atuação jornalístico/midiático.
Título da aula: A notícia de esportes e suas marcas linguísticas

Finalidade da Ler e comparar duas notícias de esportes online para


aula: perceber as escolhas linguísticas que denotam a
parcialidade/imparcialidade do jornalista na edição dos fatos.

Gênero: Notícia de esportes

Objeto(s) do Reconstrução do contexto de produção, circulação e


conhecimento: recepção de textos/caracterização do campo jornalístico e
relação entre os gêneros em circulação, mídias e práticas
da cultura digital.

Prática de Leitura
linguagem:

Habilidade(s) da (EF06LP01) - (EF06LP02) - (EF67LP01)


BNCC
Notícia de esporte online e
suas características
VAMOS LER DUAS NOTÍCIAS SOBRE O JOGADOR
ADRIANO
Vamos ler a primeira
notícia?
Vamos ler a segunda
notícia?
Depois de ler a mesma
notícia em sites
diferentes, percebemos
que...
VÍDEOS EDUCAÇÃO FÍSICA – CENA DO FILME
DESAFIANDO GIGANTES

 Para estudantes: https://www.youtube.com/watch?v=Azxbti9nPj4

 Para professores: https://www.youtube.com/watch?v=Er05a6jmn1w


EDUCAÇÃO INTERDIMENSIONAL
Desenvolvimento do verdadeiro potencial humano que supera a repetição e a imitação, pois se vê capaz de:
 criar;
 sentir;
 pensar;
 inventar;
 inovar;
 querer;
 ousar.
Esse modo de olhar para o estudante em sua integralidade envolve a unidade entre corpo e mente, pois compreende
aspectos cognitivos e afetivos, intelectuais e práticos, políticos, singulares e coletivos, ou seja, implica em ser receptivo para
os aspectos humanos que passam a ser explorados intencionalmente.
Essa educação interdimensional visa contemplar equilibradamente aspectos racionais, relacionais, físicos e irrespondíveis
LEITURA_REAVALIANDO OS CONTOS DE FADA
ATRAVÉS DO GÊNERO JORNALÍSTICO

CONTENTS
1. INPUT: COVER AND INTRODUCTION OF BOOK “THE TRUE STORY OF
THE THREE LITTLE PIGS”
2. OUTPUT: IDENTIFYING THE ELEMENTS OF THE LEAD

HABILIDADE DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR


(EF06LI12) INTERESSAR-SE PELO TEXTO LIDO, COMPARTILHANDO
SUAS IDEIAS SOBRE O QUE O TEXTO INFORMA/COMUNICA.
(EF06LI26) AVALIAR, PROBLEMATIZANDO ELEMENTOS/ PRODUTOS
CULTURAIS DE PAÍSES DE LÍNGUA INGLESA ABSORVIDOS PELA
SOCIEDADE BRASILEIRA/ COMUNIDADE.
You might know their story...
But do you know his side of the
story?
TO READ AND EXPLORE A
CLASSIC FAIRY TALE FROM A
DIFFERENT POINT OF VIEW
The True Story of the Three Little Pigs
https://www.penguin.co.uk/ladybird/books/38888/the-true-story-of-the-three-
little-pigs/9780140540567/
The true story of the three little
pigs

SOMERSET PA (AP) -- A. Wolf took the stand today in


his own defense. This shocked and stunned the media
who predicted that he would not testify in the brutal
double murder trial. A. Wolf is accused of killing (and
eating) The First Little Pig, and The Second Little Pig.
This criminal trial is expected to be followed by a civil
trial to be brought by the surviving Third Little Pig. The
case has been characterized as a media circus.

His testimony is transcribed below:


The 5 Ws in Journalism
Tells who the article is about.
Who?

Explains what event is being covered in the


What?
article.

Tells when the event happened.


When?
Tells where the event happened.
Where?
Explains why the event happened.
Why?
The 5 Ws in “The True Story of the Three Little
Pigs”
Who?

What?

When?

Where?

Why?
WHAT DID YOU LEARN TODAY?

● CONTEXTUALIZATION: REMEMBERING THE CLASSIC TALE


○ Characters
○ Action
○ Moral
○ New vocabulary

● UNDERSTANDING THAT THERE ARE AT LEAST TWO SIDES TO EVERY STORY

● THE STRUCTURE OF A NEWSPAPER


○ Title
○ Front page
○ Headline
○ Template
○ Images
○ Columns

● THE STRUCTURE OF A NEWSPAPER ARTICLE


○ The importance of the first paragraph (lead)
○ The elements in the lead

● HOW TO IDENTIFY THE 5 WS


○ Who
○ Where
○ What
○ When
○ Why
Sequência Didática

Etapas de Produção
O que é a SD?
- Um conjunto de atividades ligadas entre si e
planejadas para o ensino de um conteúdo específico
abrangendo todas as etapas de ensino.
- Ela é organizada de acordo com os objetivos que o
professor elencar e envolve atividades de
aprendizagem e de avaliação.
Etapas de elaboração da Sequência Didática
Título,
Público Alvo (Caracterização dos Alunos, da Escola e da
Comunidade Escolar),
Problematização,
Objetivos (Gerais e Específicos),
Conteúdos,
Dinâmicas,
Avaliação e
Bibliografia (Referencial Teórico e Material) utilizado).
A sequência didática será desenvolvida em etapas:

Etapa 1: Objetivo Geral, Objetivos Específicos e


Conteúdos.

Etapa 2: Definição de Título, Público Alvo e


problematização.

Etapa 3: Dinâmica/Metodologia,Avaliação e Bibliografia.


TÍTULO:
Embora seja o elemento mais simples da SD , deve ser
capaz de ser atrativo e refletir em linhas gerais a temática
na qual os conteúdos serão desenvolvidos.

PÚBLICO ALVO:
A SD deve definir o público a que se destina, assim como
os elementos e a metodologia deve estar de acordo com
o público. Aqui devem ser definidos a série, semestre e a
escola onde será aplicada.
PROBLEMATIZAÇÃO:
É a formulação de um problema. Problematizar é trazer a
tona uma abordagem contextualizada. Contextualizar é
problematizar. É uma forma de abordar o conteúdo. É
promover o interesse do aluno a partir de perguntas bem
colocadas. O aluno deve se sentir desafiado a mobilizar
seus conhecimentos no sentido de responder a
problemática apresentada. E, mais importante, estimulado a
aprender mais a respeito a fim de construir explicações
satisfatórias.
OBJETIVO GERAL:
Refere-se a uma meta a ser atingida e se relaciona à
aprendizagem ou a algum atributo de
desenvolvimento do aluno.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
Apresentam as intenções de ensino, e ajudam no
planejamento no que se refere à escolha das
metodologias mais adequadas e das formas de
avaliação.
CONTEÚDOS:
Referem-se ao conteúdo a ser trabalhado, de acordo com o
combinado com o professor regente da disciplina de Ciências. Os
conteúdos devem se relacionar com os demais elementos da SD.

DINÂMICA/METODOLOGIA:
É importante que sejam selecionadas dinâmicas de aula variadas,
de acordo com as possibilidades oferecidas pela escola. As
dinâmicas devem estar intimamente relacionadas aos conteúdos
trabalhados e aos objetivos propostos.
AVALIAÇÃO:
As formas de avaliação devem ser descritas. Tais métodos
precisam ter relação com os objetivos e com os
conteúdos previstos na SD. O que se avalia deve estar
diretamente relacionado com o que se pretende ensinar.
BIBLIOGRAFIA:
Este item deve ser apresentado todo material bibliográfico
utilizado para preparar e aplicar a SD, tanto no que se
refere ao referencial teórico quanto aos materiais
utilizados (livros didáticos, textos, vídeos, jogos
educativos).
EXEMPLIFICANDO SD
DELICIOUS É ESTUDAR INGLÊS
 Bloco de conteúdo: refeições.
 Conteúdos: comidas, pedidos, palavras interrogativas (what ...? how much...?), números cardinais.
 Objetivos
Integrar conceitos e estruturas gramáticas em situações reais de comunicação; ampliar o universo
vocabular; empregar adequadamente estruturas interrogativas em pedidos; reconhecer as palavras em um
contexto específico de comunicação.

 Ano: 7º ano
 Tempo estimado: 1 mês.
 Materiais: caderno, lápis, caneta, livro didático, papel, computador com conexão – Web, CD, impressora,
equipamento de som, câmera fotográfica.
DESENVOLVIMENTO
1ª etapa:
 Trabalhe com os estudantes o vocabulário sobre alimentos em inglês –
Foods Vocabulary. Faça exposições no quadro dos nomes dos alimentos tanto em
inglês quanto em português. Se preferir poderá utilizar o livro Keep in Mind (p. 55-58)
para trabalhar as palavras relacionadas a refeições. Se preferir trabalhar com o livro
didático, peça para que os alunos ouçam em casa o CD que acompanha o livro para
memorizar e praticar a pronúncia das palavras.
 Nessa etapa enfatize as diferenças de palavras do inglês britânico e do norte-
americano (potato chips, french fries, jellow...). O interessante nesse momento é
apresentar um pequeno diálogo simulando a participação do aluno em um pub ou
emrestaurant inglês. Estimule a participação dos alunos fazendo perguntas do
tipo: What is this? What do you like to eat? Is it a fruit? Is it a vegetable?
2ª etapa:
 Apresente um pequeno diálogo que contemple os aspectos
referentes à visita a um restaurante. Pratique a pronúncia do
texto com os estudantes, de maneira a não ficarem dúvidas
quanto aos nomes de comidas e às expressões de pedido (I’d
like...,What would you like?)
3ª etapa:
 Apresente à turma a moeda inglesa; aproveite esse momento para revisar
os números cardinais em inglês. O interessante nessa situação é apresentar
as réplicas da Libra Esterlina. Confeccione modelos de moedas para que os
alunos possam visualizar melhor a moeda e mergulhar na abstração da
simulação. Se preferir poderá apresentar os modelos de cédulas na moeda
nacional e do dólar também. Entregue figuras das moedas para que os
alunos recortem; não se esqueça de selecionar imagens que tenham
escrito que são modelos de cédulas.
4ª etapa:
 Com antecedência, providencie um cardápio simples, mas interessante,
para ser servido aos alunos (popcorn, hot dog, potatos crisps – não podem
faltar!), não precisa colocar todos os alimentos estudados, mas deverá
ser interessante. Organize as bancas da sala de maneira a deixar o centro
do ambiente apenas com mesas para simular um restaurante. Distribua
as funções: gerente (para recepcionar os clientes), garçons (para atender
o público),chefs de cozinha, caixas, clientes. Oriente para que todos falem
apenas em inglês e pagem a conta com a “Libra Esterlina”. Tudo pronto?!
Agora é só registrar e avaliar a desenvoltura de seus “inglesinhos” e Enjoy
so much! Enjoy your meal!
 Registre com fotos ou filmagens a participação ativa e animada de seus
alunos.
 Sugestão de adaptação: Se não quiser empreender
tanto tempo e dinheiro, poderá confeccionar com os
alunos flash cards com os alimentos. Fizemos a opção
de trabalhar com a cultura inglesa, porém, se preferir, a
sequência poderá ser adaptada para o inglês americano,
australiano ou de sua preferência.
Avaliação
 É interessante ter uma ficha para ser preenchida durante
todo o processo, contendo critérios de avaliação como:
participação ativa, pronúncia, capacidade de substituição de
palavras, autoavaliação, entre outros. Estimule-os a identificar
os pontos positivos e os pontos a melhorar. A avaliação não
precisará ser realizada apenas pelo professor, mas a
participação dos alunos será essencial para o sucesso do
trabalho. É trabalhoso, mas, sem sombra de dúvidas, os
aprendizados e experiências serão para a vida toda. Good
work!
JOGO SE VIRA NOS 30’

 Escolha um número no painel para responder em 30’.


 Cada resposta correta valerá 1pt.
 Quem obtiver o maior número de pontos será o vencedor.
PAINEL DE PERGUNTAS

4
1

3
ATIVIDADE #3 – INTERTEXTUALIDADE E A COMPLEXIDADE DOS
CONHECIMENTOS PRÉVIOS
 CAMPO DAS PRÁTICAS DE ESTUDO E PESQUISA – Leitura, Escuta e
Análise linguística/semiótica

 (EF69LP43) Identificar e utilizar os modos de introdução de outras vozes no texto


– citação literal e sua formatação e paráfrase –, as pistas linguísticas responsáveis por
introduzir no texto a posição do autor e dos outros autores citados (“Segundo X;
De acordo com Y; De minha/nossa parte, penso/amos que”...) e os elementos de
normatização (tais como as regras de inclusão e formatação de citações e paráfrases,
de organização de referências bibliográficas) em textos científicos, desenvolvendo
reflexão sobre o modo como a intertextualidade e a retextualização ocorrem nesses
textos.
BINGO SONG

 https://www.youtube.com/watch?v=YjeC_RdWDH4
1. QUAL DAS OPÇÕES ABAIXO MELHOR DEFINE UMA SEQUÊNCIA
DIDÁTICA?

 (a) Conjunto de atividades que trazem dinamismo, uma aula independente da


outra.
 (b) Conjunto sistematizado de atividades ligadas entre si, planejadas para
ensinar um conteúdo etapa por etapa.
 (c) Conjunto sistematizado de atividades que sugere a elaboração de um texto
no final de cada uma.
 (d) Conjunto de atividades ligadas entre si, planejadas junto com os alunos
antes de cada aula.
EPA, AÍ SIM!

VOLTAR
VOLTAR
VOLTAR
MELHOR PENSAR MAIS UM POUCO!

VOLTAR
2 - QUAL É A FORMA MAIS INDICADA PARA CONCLUIR UMA SEQUÊNCIA
DIDÁTICA PARA O ENSINO DE UM GÊNERO TEXTUAL?

 a) Publicar os textos produzidos pelos alunos em veículos de comunicação


adequados ao gênero trabalhado.
 b) Propor que os alunos escrevam uma carta para o professor, contando como
foi escrever o texto.
 c) Publicar os textos produzidos, independente do gênero, no jornal da escola.
 d) Organizar uma reunião com o prefeito da cidade, contando como foi a
experiência de trabalhar poesia com aquela turma.

Você também pode gostar