Você está na página 1de 23

EVOLUÇÃO HISTÓTICA

DAS POLÍTICAS DE SÁUDE


NO BRASIL

PROFESSORA ESP.
MORGANA TELES
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) Movimento Higienista


e modelo Campanhista
Primeira metade do século XIX;
Atenção voltada à saúde dos habitantes;
Doença era um fenômeno social devido as condições do
ambiente;
Instalação de água tratada, esgotos canalizados,
iluminação das ruas;
Vacinação obrigatória
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• REPÚBLICA VELHA (1889 – 1930) Movimento Higienista


e modelo Campanhista
Combate a epidemias: febre amarela, varíola
(resistência popular – REVOLTA DA VARÍOLA);

Criação do DNSP - DEPARTAMENTO NACIONAL


DE SAÚDE PÚBLICA (1920)
Oswaldo Cruz – conduziu as ações.
Criação dos CAPS (1923) – assistência médica
previdenciária, restrita a Trabalhadores de
determinadas empresas – Lei Eloy Chaves
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• ERA VARGAS (1930 – 1964) Modelo Sanitarista


Institucionalização da
Saúde Pública
Controle de certos agravos ou determinantes fatores de
risco;
Intervenções de saúde esta organizada de forma de
campanhas e programas especiais;
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• ERA VARGAS (1930 – 1964) Modelo Sanitarista


Institucionalização da
Saúde Pública
Criação do Ministério da Educação e Saúde Pública –
MESP (1930)
Programas Especiais - administração única e vertical,
ações fragmentadas sem articulação.
Substituição dos CAPS pelos IAPs
IAPs: categorias profissionais, assistência
médica com internação por 30 dias e
medicamentos, aposentadoria e
pensão (comerciários, bancários, servidor do estado).
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• ERA VARGAS
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

Criação do Serviço de Atendimento Médico


Domiciliar de Urgência – SAMDU (1942):
atendimento universal.
Criação do Ministério da Saúde (1953) – legislação
e politicas sanitárias, ações preventivas e
ambulatoriais.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO (1964 - 1984)


Movimento Médico
Assistencialista Medicina Privatista
Esta voltado para os indivíduos,
reforçando que os indivíduos só
procurem os serviços quando
estão doentes - MEDICALIZAÇÃO
DOS PROBLEMAS

Centrado na figura do Médico


Especialista, utilizando tecnologia
para diagnóstico e tratamento
das doenças – MODELO
HEGEMÔNICO
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO (1964 -
1984)
Doença – curativa, forma
individual e excludente;
Atendimento da demanda
espontânea;
Assistência Privatista –
cooperativas medicas,
seguro saúde e serviços
públicos (hospitais e
laboratórios).
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO
Superintendência de Campanhas de Saúde Pública –
SUCAM (1970): atividades de erradicação e controle de
endemias.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO
 PRORURAL (1971) – inclusão dos trabalhadores rurais
no seguro social.
 Trabalhadores Domésticos (1972) – inclusão dos
Trabalhadores Doméstico na previdência.
 VII Conferência Nacional de Saúde (1980) –
programa nacional de serviços básicos, serviços
especializados, participação da comunidade,
serviço de Odontologia.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO
Instituto Nacional de
Assistência Médica (1977) –
INAMPS – assistência médica
aos trabalhadores em
atendimento clínico,
cirúrgico, farmacêutica e
odontológica.
Trabalhadores: servidores
urbanos, do Estado e Rurais.

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA =
para a população não
contribuinte.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO
 Criado a AIS (Ações Integradas de Saúde - 1983), novo
modelo assistencial objetivo era articular todos os
serviços que prestavam assistência à saúde da
população de uma região e integrar ações preventivas
e curativas.
AÇÕES:
# Universalização da acessibilidade
# Descentralização da Saúde brasileira –
saúde para maior parte da nação
# População não contribuinte era atendida
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• AUTORITARISMO
Reforma Sanitária (1984) – movimentos populares e dos
trabalhadores, com a perspectiva de reformulação do
sistema de saúde brasileiro com a criação de um sistema
único de saúde, acabando com o duplo comando do
Ministério da Saúde e INAMPS.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• NOVA REPÚBLICA (1985 - 1988) Redemocratização e


Reforma Sanitária

 Predominante até hoje no Brasil;


Intervenção sobre os problemas e necessidades pela saúde
pública convencional;
 VIII Conferência de Saúde (1986) – MARCO DA REFORMA
SANITÁRIA NO BRASIL
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• NOVA REPÚBLICA (1985 - 1988) Redemocratização e


Reforma Sanitária

Pontos importantes:
# Saúde como política de Estado
# Universalização do acesso
# Criação do sistema único (desvincula a
Previdência Social)
# Integração das ações e da
atenção à saúde (determinantes sociais)
# Participação popular
# Criação do SUS
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• NOVA REPÚBLICA
 Criação do Programa de Desenvolvimento de Sistemas
Unificados e Descentralizados de Saúde – SUDS (1987)
desconcentração de recursos e poder da esfera federal
para estadual;

Constituição Federal (1988) – A saúde


Como Direito.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

• PÓS – CONSTITUINTE (1988 – DIAS ATUAIS) SUS e


implantação dos
modelos com foco
nos Determinantes
Sociais da Saúde.

 SUDS passa a ser SUS;


 Para organizar o funcionamento do SUS, foram elaboradas e
aprovadas as Leis Orgânicas da Saúde: Lei 8.080/90 e Lei
8.142/90.
A POLÍTICA NA HISTÓRIA
Lei 8080/90 – Lei Orgânica da Saúde.
Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e
recuperação da saúde, a organização e o
funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras
providências.
Art. 2º - A saúde é um direito fundamental do ser humano,
devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao
seu pleno exercício.
Art. 3º - A saúde tem como fatores determinantes e
condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o
saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a
renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos
bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da
população expressam a organização social e econômica
do País.
ATENÇÃO: Atividade Física esta incluído como fator
determinante ( Lei 12.864/13)
A POLÍTICA NA HISTÓRIA

Lei 8142/90 – Lei Orgânica da Saúde.


Introduziu a gestão participativa no SUS(controle
social); forma de alocação dos recursos oriundos do
Fundo Nacional de Saúde.

• Normas Operacionais Básicas (NOB), cujo objetivo


é operacionalizar o sistema, detalhando as
responsabilidades e atribuições das três esferas da
Administração Pública.
RECAPITULANDO...
SEC.XX

00 – 20 30 60-70
SANITARISMO IAPs INAMPS MOV. REFORMA
CAMPANHISTA DICOTOMIA (Assistência Médica
SANITÁRIA aos contribuintes e
(ESTADO: prevenção, a família)
vacina e saneamento/ IDEIAS QUE LEVARAM
PREVIDENCIA SOCIAL: À CRIAÇÃO DO SUS
curativas, individuais,
excludente)
80
DITADURA MILITAR (TRANSIÇÃO DEMOCRÁTICA)

1986 – 8º CONFERÊNCIA 1988 – CONSTITUIÇÃO FEDERAL


DE SAÚDE

PROPOSTA DE CRIANÇÃO DO SUS


CRIANÇÃO DO SUS
PRÓXIMA AULA

• Constituição Federal: Seguridade Social,


Previdência e Assistência (Art 195 a 200);
• Princípios do SUS.