Você está na página 1de 32

TECNOLOGIAS AVANÇADAS

AULA 11
Java Avançado
Introdução

Java é uma Linguagem de Programação orientada a


objetos, projetada para ser portável entre diferentes
plataformas de hardware e software, ou seja, um programa
criado no ambiente Windows pode ser executado no
ambiente Linux ou UNIX.

Java lhe permite escrever programas para desktop, ou


construir páginas Web, que podem ser acessadas por um
navegador.
Java Avançado

É uma linguagem compilada, o que significa que seu código-


fonte deve ser compilado. Ao passo que outras linguagens
criam, com a compilação, um código-objeto (código-fonte
traduzido para linguagem de máquina) seguido de um
código-executável final (como C e C++ por meio da
linkedição):

Código- Código- Código-


Edição fonte objeto executável
de Compilação Linkedição
prog.cpp prog.obj prog.exe
textos
Java Avançado

Java cria, com a compilação, um código intermediário


denominado Bytecode, igualmente em código binário, mas
que necessita de uma máquina virtual Java (ou JVM, Java
Virtual Machine) para ser executado:

JVM
Código- Windows
Edição fonte Bytecode
de Compilação
prog.java prog.class
textos JVM
Linux
Java Avançado

Assim, todo sistema que contiver uma JVM instalada,


poderá executar o Bytecode da mesma forma. E é isso que
confere à Java a flexibilidade de rodar em qualquer
plataforma.
Java Avançado
Eclipse

Para criar códigos em Java, pode-se utilizar um editor de


textos comum. Porém, para ganhos de desempenho pode-
se utilizar um IDE (Integrated Development Environment),
ambiente de desenvolvimento integrado, que realiza edição
de texto, compilação e execução, além de outras tarefas,
como depuração do código-fonte e refatoração (refactoring),
que é a alteração do código mantendo as mesmas
funcionalidades. É uma técnica que visa a procura e a
eliminação de bugs (problemas) num sistema de software.
Java Avançado

Há ótimos IDEs para Java, dentre eles, Eclipse e Netbeans.

Neste trabalho será utilizado o Eclipse IDE for Java


Developers Neon (nome da versão 4.6), e que pode ser
obtido em:

https://www.eclipse.org/downloads/eclipse-packages/

Outras versões, com certeza, virão, porém, o conceito


envolvido será o mesmo utilizado para o Eclipse Neon.
Java Avançado

Feito o download, descompacte o arquivo .zip em uma pasta


de sua preferência e execute o Eclipse (eclipse.exe).
Aparece, em seguida a janela de abertura do Eclipse na
versão selecionada:
Java Avançado

Em seguida, deve-se informar ao Eclipse um local no HD


para conter os arquivos dos projetos. Este local é chamado
Workspace.
Java Avançado

Após clicar o botão OK, surge o ambiente de


desenvolvimento.
Java Avançado

Feche a janela de Boas-vindas (aba Welcome, no canto


superior esquerdo).
Java Avançado

É mostrada, então, a “bancada de trabalho” (workbench),


com as funcionalidades pertinentes à perspectiva Java.
Java Avançado

Uma perspectiva define funcionalidades úteis para uso dentro


daquela perspectiva. Para trabalhar com depuração (debug),
por exemplo, deve-se alterar da perspectiva Java para a
Debug, clicando em:
Window .... Perspective .... Open Perspective .... Other...
Java Avançado

Em seguida, deve-se selecionar a perspectiva desejada:


Debug.
Java Avançado

A bancada de trabalho (workbench) é alterada de acordo


com a perspectiva Debug:
Java Avançado

Depois de observar a diferença entre as bancadas de


trabalho em função da perspectiva ativa (Java ou Debug),
retorne à perspectiva Java.

Java

Debug
Java Avançado

Para compilação dos códigos-fonte a serem criados no


projeto, o Eclipse necessita do JDK.

Dessa forma, deve-se obter o Java SE (JDK + JRE) para os


trabalhos de compilação (JDK) e execução (JRE).
Java Avançado

A máquina virtual utilizada, trabalha com a versão 7


de Java (Java SE Development Kit 7u79). Por isso,
certifique-se que esta versão está instalada em seu
computador. Ela pode ser obtida em:

http://www.oracle.com/technetwork/pt/java/javase/
downloads/jdk7-downloads-1880260.html
Java Avançado

Em seguida, deve-se configurar o ambiente de compilação.


Clique em Window Preferences, expanda a opção Java,
clique em Compile. A versão utilizada deve ser a 1.7.
Java Avançado

Em seguida:
- Expanda o item Installed JREs
- Clique em Execution Environments
- Clique em JavaSE-1.7
- Clique em jdk1.7
- Clique em OK.
Java Avançado

Em seguida:
- Expanda o item Installed JREs

- Clique em Execution Environments


- Clique em JavaSE-1.7
- Clique em jdk1.7
- Clique em OK.
Java Avançado

Em seguida:
- Expanda o item Installed JREs
- Clique em Execution Environments

- Clique em JavaSE-1.7
- Clique em jdk1.7
- Clique em OK.
Java Avançado

Em seguida:
- Expanda o item Installed JREs
- Clique em Execution Environments
- Clique em JavaSE-1.7

- Clique em jdk1.7
- Clique em OK.
Java Avançado

Em seguida:
- Expanda o item Installed JREs
- Clique em Execution Environments
- Clique em JavaSE-1.7
- Clique em jdk1.7
- Clique em OK.
Java Avançado

Se surgir a mensagem:
You must provide at least one JRE to act as the workspace default.

será necessário adicionar uma JRE ao workspace.


Java Avançado

Apesar da mensagem dizer respeito à JRE, para


compilar os códigos-fonte a serem criados no projeto, o
Eclipse necessitará do JDK.

Portanto, será utilizado o JDK1.7 e não a JRE.


Java Avançado

a) Clique em Add...
Java Avançado

b) Selecione Standard VM. Clique em Next >.


Java Avançado

c) Clique em Directory... e configure o parâmetro JRE


home, informando o diretório de instalação da JDK1.7
(não use JRE). Para terminar, clique em Finish.
Java Avançado

d) Selecione JDK1.7 na janela Installed JREs.


Java Avançado

e) Para terminar, clique em OK.


Java Avançado

Pronto!
O ambiente de compilação está configurado.

O próximo passo é aprender como criar projetos com o Eclipse.