Você está na página 1de 20

Universidade Federal de Minas Gerais

Faculdade de Odontologia
Departamento de Odontologia Restauradora

Clínica Integrada de Atenção ao Adolescente

Adequação do Meio Bucal


Controle da Infecção
Prof. Dr. Ênio Lacerda Vilaça
elvilaca@gmail.com
Adequação do Meio Bucal
Controle da Infecção
Conjunto de medidas que objetiva a
recuperação do equilíbrio biológico
Perdido; não sendo apenas um
procedimento isolado no controle das
doenças da cavidade bucal;
promovendo o retorno a homeostase
(fisiológica, reabilitação e estética)
Carvalho, Maltz, 1997
Adequação do Meio Bucal
Controle da Infecção

Eliminação todos os fatores retentivos de placa:


Lesões cariosas cavitadas
Excessos de restaurações
Restos radiculares
Dentes com necrose pulpar
Cálculos dentários
Placa ou biofilme – controle
Walter, 1999; Souki et al., 1990; Oliveira et al., 1998
Gengivas saudáveis não mostram vermelhidão ou inchaço.
A superfície parece levemente pontilhada. Os espaços
entre os dentes são cobertos por uma gengiva firme em
forma de "V"

Os primeiros sinais da doença periodontal são percebidos


através dos tecidos gengivais. Muitas pessoas apresentam
a gengiva inflamada, a qual se caracteriza pelo aumento de
volume e sangramento. Chamamos essa alteração de
gengivite.

Com a progressão da gengivite, estruturas de sustentação


e proteção dos dentes (ossos e ligamentos) são
comprometidas, iniciando-se a periodontite. A periodontite
pode manifestar-se de forma assintomática, sem dor,
sangramento ou retração gengival, passando muitas vezes
desapercebida pelo seu portador e às vezes até pelo
clínico geral.
Controle Placa – Mecânico e Químico
Escovação – Remoção cálculos
Controle Placa – Mecânico e Químico
Escovação – Remoção cálculos

Evidenciadores
Placa
Controle Placa – Mecânico e Químico
Escovação – Remoção cálculos
Cárie Dentária
A técnica da remoção da
dentina necrosada,
com a permanência da
dentina desmineralizada,
e, o selamento da cavidade,
impede o avanço da lesão
em direção a polpa dentária,
evitando a necrose pulpar.
Walter, 1999

A remoção da camada superficial da dentina (necrosada) permite


a recuperação da condição pulpar e paralisação da lesão cariosa,
promovendo na camada mais profunda e desmineralizada da dentina
endurecimento (com obliteração dos túbulos na superfície externa) e
mineralização ou esclorese nos túblos dentinários
Massler, 1997
Cárie Dentária

Tratamento expectante
Selamento de cavidades

O tratamento expectante representa um procedimento


restaurador, baseado em conhecimentos biológicos
sobre o processo de progressão da lesão de cárie,
através do estudo da natureza e características das
respostas dos tecidos dentários a esse processo
destrutivo. Trata-se de uma forma de terapia que é
prática e segura e que pode ser indicada na
odontologia restauradora moderna.
R. Ci. méd. biol., Salvador, v. 4, n. 3, p. 242-246, set./dez. 2005
Marcelo Filadelfo Silva, Lívia Reis Carvalho, Fernando Mandarino, André Luiz Barrachini Centola
Cárie Dentária
Tratamento expectante
Selamento de cavidades

R. Ci. méd. biol., Salvador, v. 4, n. 3, p. 242-246, set./dez. 2005


Marcelo Filadelfo Silva, Lívia Reis Carvalho, Fernando Mandarino, André Luiz Barrachini Centola
Cárie Dentária
Tratamento expectante
Selamento de cavidades
Óxido de zinco e Eugenol (OZE)
Cimento de
Ionômero de
Vidro (CIV)
Atraumatic Restorative Treatment: Clinical, Ultrastructural and Chemical Analysis.
Original Papers

Caries Research. 36(6):430-436, November/December 2002.


Massara, M. L.A. a; Alves, J. B. b,d; Brandao, P. R.G. c
Abstract:
With the purpose of checking, in vivo, the effect of atraumatic restorative treatment
(ART) on the remaining demineralized dentin, 12 primary molars with deep occlusal
lesions from children with ages ranging from 3 to 7 were evaluated. After lesion
excavation, and before glass ionomer cement placement, dentin samples were
collected from the pulpal wall of the cavity. After 3 months, the restorations were
removed and new samples were collected. Six microareas of each sample were
analyzed by X-ray energy dispersion spectrometer. Samples obtained before treatment
were infected and intertubular dentin had a loosely organized collagen matrix, with
well-defined collagen fibers. Following treatment, in addition to a drastic reduction of
the amount of bacteria, the intertubular dentin was denser, with more compact and
closely packed collagen fibers. An increased calcium concentration was observed in
dentin collected after treatment (p < 0.001), suggesting tissue remineralization, but
fluoride was not detected. We conclude that ART allows a one-session approach, with
the purpose of creating more favorable conditions for the healing process.
Urgência e Emergência
Tratamentos da Polpa
Conservador e Radical
Exodontias
Cirurgias Periodontais

Remoção restos radiculares


Dentes sem reabilitação
Medidas Preventivas
Fluor
Selantes
Polimento e acabamento restaurações
Remoções excessos restaurações
Medidas Educativas
Dieta
Portadores de diabetes
Portadores do HIV/Aids, imunossuprimidos
Portadores de hipertensão arterial, cariopatas
Dislipidemia

Adequação do
Meio bucal Gestante

Candidatos a transplante
Candidatos a enxertos
Cirurgias médicas e odontológicas
Pacientes em hospitais, CTI, UTI, entubados