Você está na página 1de 20

Compreendendo o DCTM –

Documento Curricular do
Território Maranhense
Por Márcia Félix
A BNCC - Área de
Linguagens
Língua portuguesa – Arte – Educação Física - Inglês
• Componentes curriculares deverão construir
caminhos que conduzam os alunos a
aprendizagens relacionadas às múltiplas
linguagens verbal;
• Múltiplas linguagens verbal(oral ou visual-
motora, como libras e escrita), corporal, visual,
sonora e, contemporaneamente, a digital;
DCTM • Ensino de linguagens – forma de interação
humana para expressão pautada em princípios
éticos, políticos e estéticos;
• Nessa área, atenção à concepção de leitura de
textos verbais( múltiplas linguagens)
• Uso de um esquema de organização
com temas definidos de acordo com a
realidade dos educandos e daquilo que
Quando se precisa ser aprendido em cada ano;
• Destaque a assuntos de interesse e
trata de repercussão global ou local,
estabelecendo conexões analíticas para
metodologia a construção de conclusões e
proposições mais assertivas;
DCTM e orientações sobre o ensino de LP

• Reafirma que tal ensino deve estar pautado na concepção de linguagem enunciativa-
discursiva(capacidade que o ser humano tem de interagir com outros sujeitos a partir de
enunciados com finalidades discursivas específicas e adequadas a cada campo da atividade
humana;
• Língua como instrumento de interação social, que se estabelece por meio de textos
produzidos na modalidade padrão e também nas demais variedades linguísticas;
• Pressupõe práticas de ensino centradas no texto e no contexto de produção( formal e
informal)
• Desenvolvimento comunicativo do
aluno, uma vez que ao reconhecer o
propósito comunicativo, os modos de
produção, recepção e divulgação dos
Resulta em... gêneros textuais produzidos em cada
domínio e esfera social, poderá aplicar
socialmente esses saberes com
consciência e criticidade;
• Ampliação da competência
enunciativo-discursiva do educando,
por meio de práticas de linguagens que
envolvam leitura, escuta, oralidade,
Garantia de... escrita, análise linguística/semiótica ara
a ampliação dos multiletramentos, a
fim de possibilitar a participação do
educando em diferentes esferas e
campos da atividade humana.
No ensino da arte...

• Destacar que o próprio componente é composto por linguagens artísticas( artes visuais,
dança, música e teatro);
• Assim...o currículo deve alcançar habilidades e competências específicas em consonância
com as dimensões do conhecimento artístico: a criação, a expressão, a fruição, a estesia, a
crítica e a reflexão.
No trato pedagógico da cultura corporal do
movimento, em Educação Física...

• Conhecimento deverá ser vivenciado e refletido visando à apreensão da expressão corporal


como linguagem.
• As metodologias: devem abordar questões relacionadas ao corpo, movimento, às culturas
e às múltiplas linguagens por meio das manifestações culturais expressas pelos educandos,
por meio dos jogos e brincadeiras, danças, ginásticas, esportes, lutas e práticas corporais
de aventura.
• Importante idioma na formação humana integral
dos alunos e, para tanto, define direitos que
ampliam as possibilidades de aquisição de
conhecimentos, de comunicação e intercâmbio
cultural e científico;

Língua inglesa • Assim: importância de uma ensino voltado para o


letramento por meio de processos formativos em
que a oralidade, a leitura, a escrita, os
– componente conhecimentos linguísticos e a dimensão
intercultural são importantes eixos;
obrigatório • A L.I. possibilitará acesso aos saberes linguísticos
para o engajamento, exercício de cidadania ativa,
anos finais participação reflexiva e crítica...
• ...numa concepção educativa: compreender a
língua e transformar seus contextos, ter
oportunidades de relacionar a realidade social e
cultural com manifestações sociais e culturais de
outros povos.
Esses
componentes
reunidos na • Práticas e vivências diversificadas de linguagens,
para dinamizar a aprendizagem por meio do
área estímulo ao uso da criticidade sobre a
possibilitam realidade;

aos
educandos:
• Compreender as linguagens como construção
humana, histórica, social e cultural, de natureza
dinâmica, reconhecendo-as e valorizando-as
Conforme a como formas de significação da realidade e
expressão de subjetividades e identidades
BNCC, a área sociais e culturais;
• Conhecer e explorar diversas práticas de
de linguagens linguagem9artísticas , corporais e linguísticas)
prevê seis em diferentes campos da atividade humana
para continuar aprendendo, ampliar suas
competências possibilidades de participação na vida social e
colaborar para a construção de uma sociedade
mais justa, democrática e inclusiva;
• Utilizar diferentes linguagens – verbal(oral ou
visual-motora, como libras, e escrita), corporal,
visual, sonora e digital -, para se expressar e
Conforme a partilhar informações, experiências, ideias e
sentimentos em diferentes contextos e produzir
BNCC, a área sentidos que levem ao diálogo, à resolução de
conflitos e à cooperação;
de linguagens • Utilizar diferentes linguagens para defender
prevê seis pontos de vista que respeitem o outro e
promovam os direitos humanos, aconsciência
competências socioambiental e o consumo responsável em
ãmbito local, regional e global, atuando
criticamente frente a questões do mundo
contemporâneo;
• Desenvolver o senso estético para reconhecer, fruir
e respeitar as diversas manifestações artísticas e
culturais, das locais às mundiais, inclusive aquelas
Conforme a pertencentes ao patrimônio cultural da
humanidade, bem como participar de práticas
BNCC, a área diversificadas, individuais e coletivas, da produção
artístico-cultural, com respeito á diversidade de
de linguagens saberes, identidades e culturas;
• Compreender e utilizar tecnologias digitais de
prevê seis informação e comunicação de forma crítica,
significativa e ética nas diversas práticas
competências sociais(incluindo as escolares), para se comunicar
por meio das diferentes linguagens e mídias,
produzir conhecimentos, resolver problemas e
desenvolver projetos autorais e coletivos
Anos iniciais Anos finais
Campo da vida cotidiana
Campo artístico-literário Campo artístico-literário
L.P - campos Campo das práticas de estudo e Campo das práticas de estudo e
de atuação pesquisa pesquisa
Campo de atuação na vida Campo jornalístico-
pública midiático/Campo de atuação na
vida pública
• Correspondem a questões
contemporâneas que integram a vida
social, alguns com força normativa...
• Eles assumem postura desafiadora,
pois leis e prescrições isoladas não têm
E os temas poder de mudar a realidade social – é
integradores... preciso vivenciá-la e incorporá-la e isso
envolve não só a prescrição curricular,
mas o comprometimento de
profissionais da educação e
estudantes, numa postura de
enfrentamento, tomada de decisões
num contexto de formação cidadã
consciente
• Incluir os temas integradores na dinâmica da escola implica novas formas de organização
curricular com planejamentos coletivos, utilização de novos espaços e novas estratégias
que visem à formação de valores e atitudes;
• A perspectiva da integração passa pela forma de olhar a vida e pela postura relativa às
tarefas diárias.
• Integrar o currículo é estabelecer conexões e construir “pontes” para outros
conhecimentos, áreas, séries e para a vida...
• Assim, o temas integram: conteúdos de um mesmo componente curricular,
componentes curriculares de uma mesma área, componentes curriculares de áreas
diferentes, turmas diferentes da mesma série, turmas de séries diferentes, toda escola
em seu contexto social.
• I – igualdade de condições para acesso e
permanência na escola;
Art. 3º O • II – liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e
ensino será divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o
saber;
ministrado • III – pluralismo de ideias e de concepções
pedagógicas;
com base nos • IV – respeito à liberdade e apreço à tolerância;
seguintes • V – coexistência de instituições públicas e
princípios: privadas de ensino;
• VI – gratuidade do ensino público em
estabelecimentos oficiais;
• VII – valorização do profissional da educação
Art. 3º O escolar;
• VIII – gestão democrática do ensino público, na
ensino será forma desta Lei e da legislação dos sistemas de
ensino;
ministrado • IX – garantia de padrão de qualidade;
com base nos • X – valorização da experiência extraescolar;
seguintes • XI – vinculação entre a educação escolar, o
trabalho e as práticas sociais;
princípios: • XII – consideração com a diversidade étnico-
racial.