Você está na página 1de 9

Limites de obediência

à autoridade
Limites de obediência à autoridade
■ Submissão é uma questão de coração,
mas obediência é uma questão de
conduta.
■ Devemos nos submeter sempre à
autoridades, mas nem sempre temos de
obedecê-las.
Limites de obediência à autoridade
■ Somente Deus é objeto de submissão
ilimitada. A submissão ao homem é
sempre limitada.
■ Se a autoridade representativa dá uma
ordem nitidamente contrária à ordem de
Deus, deve ser desobedecida.
Limites de obediência à autoridade
■ 1. A hierarquia de autoridades
– Existe uma hierarquia de autoridades que segue
a seguinte ordem:
▪ A autoridade soberana de Deus.
▪ A autoridade da Bíblia.
▪ A autoridade de nossas consciências.
▪ A autoridade delegada.
■ Qualquer autoridade delegada deve ser
submissa aos três níveis mais elevados de
autoridade.
Limites de obediência à autoridade
■ Qualquer autoridade, seja na família, no
governo, na empresa ou na igreja que diz
para fazermos algo que esteja em conflito
com Deus, com a Bíblia ou com nossas
consciências precisa ser desobedecida.

■ Além desses limites de nível superior


precisamos ainda observar os seguintes
pontos:
Limites de obediência à autoridade
■ a. Toda autoridade delegada tem um
limite
– O chefe somente pode dar ordens com
respeito ao trabalho. Ele não pode determinar
nada na minha casa. O mesmo se aplica na
igreja. O pastor, o líder ou qualquer outra
autoridade está limitado a aquilo para o que
foi delegado ou designado. Um pastor não
pode escolher com quem devo me casar ou
interferir na minha vida profissional ou
doméstica.
Limites de obediência à autoridade

■ b. Nem toda autoridade é


permanente
– Existem autoridades a quem nos submetemos
momentaneamente ou por força de contrato
ou tarefa conjunta.
Limites de obediência à autoridade

■ c. Existe uma autoridade na tradição


e no costume
– Dentro dos limites da Palavra de Deus
devemos nos sujeitar aos costumes e às
tradições do lugar e da igreja onde vivemos.
Limites de obediência à autoridade
■ d. Existe uma autoridade que é
basicamente funcional
– Autoridade baseada em aptidão natural. Nos
sujeitamos porque ele tem um dom natural.
– Autoridade baseada em instrução. Nos
sujeitamos porque ele sabe mais que nós.
– Autoridade baseada na experiência. Nos
submetemos porque ele fez antes de nós
várias vezes.
– Autoridade baseada na Unção de Deus. Nos
submetemos porque vemos a capacitação
sobrenatural de Deus.