Você está na página 1de 49

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR.

JORGE AUGUSTO CORREIA


Direção de Serviços da Região do Algarve
ES/3EB Dr. Jorge A. Correia

Ensino Profissional de Nível Secundário – 2018/2021

Área de Integração
10º Ano
Módulo 1

Tema Problema
4.1 – Pessoa e Cultura
PESSOA e PERSONALIDADE
PESSOA

• O termo PESSOA deriva do termo latino persona.

• Este termo foi utilizado no teatro, durante séculos e

significava personagem – ou seja a máscara que

usamos ao longo da vida, nas relações sociais ( com os

outros) em função dos papéis (personagens) que

desempenhamos.
Mais tarde na idade média ( do século V ao XV)

adquiriu um novo significado:

Uma Pessoa será a um individuo racional ,

dotado de personalidade. A personalidade permite

distinguir os indivíduos pelas caraterísticas

próprias de cada um , como a forma de pensar, de

sentir e de agir.
No séc. XX, após duas guerras mundiais, o termo pessoa ainda se

tornou mais complexo.

Esta complexidade vem explicitada na Declaração Universal dos

direitos do Homem (proclamada em 10 de dezembro de 1948).

Esta Declaração promove o valor de cada pessoa , expressando os

seus direitos humanos básicos.

http://ensina.rtp.pt/artigo/declaracao-universal-direitos-do-hom

em
DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM

DAS NAÇÕES UNIDAS

Versão Simplificada dos 30 Artigos da Declaração Universal dos Direitos do

Homem vamos analisar 15

• 1. Todos Nascemos Livres e Iguais. Nascemos todos livres. Todos temos os nossos

pensamentos e ideias. Deveríamos ser todos tratados da mesma maneira.

• 2. Não Discrimine. Estes direitos são de todos, independentemente das nossas diferenças.

• 3. O Direito à Vida. Todos temos o direito à vida, e a viver em liberdade e segurança.


• 4. Nenhuma Escravatura. Ninguém tem o direito de nos escravizar. Não

podemos fazer de ninguém nosso escravo.

• 5. Nenhuma Tortura. Ninguém tem o direito de nos magoar ou de nos

torturar.

• 6. Você Tem Direitos Onde Quer que Vá. Eu sou uma pessoa igual a

todos os restantes!!

• 7. Somos Todos Iguais Perante a Lei. A lei é igual para todos. Deve

tratar-nos com justiça.


•8. Os Direitos Humanos são Protegidos por Lei. Todos podemos pedir ajuda da

lei quando formos tratados com injustiça.

•9. Nenhuma Detenção Injusta. Ninguém tem o direito de nos prender sem uma

razão válida, de nos manter lá, ou de nos mandar embora do nosso país.

•10. O Direito a Julgamento. Se formos julgados, o julgamento deve ser público. A

pessoa que nos julga não deve ser influenciada por outras pessoas.

•11. Estamos Sempre Inocentes até Prova em Contrário. Ninguém deveria ser

acusado por fazer algo até que esteja provado. Quando as pessoas dizem que fizemos

uma coisa errada temos o direito de provar que não é verdade .


• 12. O Direito à Privacidade. Ninguém deveria tentar ferir o nosso bom nome.

Ninguém tem o direito de entrar na nossa casa, abrir as nossas cartas ou incomodar-

nos ou à nossa família sem uma boa razão.

• 13. Liberdade para Locomover Todos temos o direito de ir aonde quisermos

dentro do nosso próprio país e de viajar para onde quisermos.

• 14. O Direito de Procurar um Lugar Seguro para Viver. Se tivermos medo de

ser maltratados no nosso país, temos o direito de fugir para outro país para estarmos

seguros.

• 15. Direito a uma Nacionalidade. Todos temos o direito de pertencer a um país.


Ser Pessoa
Implica as
seguintes
caraterísticas:
Existência de um ser único, singular e
irrepetível. Não existem dois seres humanos
iguais porque cada um tem as suas próprias
caraterísticas e a sua forma de ver e pensar o
mundo.
Cada pessoa tem a sua própria identidade que a

distingue das outras.


Ser Racional *, livre e responsável,
capaz de criar as suas metas e integrar na
sua própria vida.
Ser pessoa é sinónimo de ser autónomo,
respondendo pelas consequências dos
seus atos e tornando-se, assim, responsável;
Racional - alguém que é dotado e faz uso da

razão, que raciocina, que é razoável,

está conforme à razão.


Nunca estar totalmente realizado – procurar a

sua autorrealização. Desejar sempre alcançar no

futuro os sonhos do presente, pelo que tem

sempre algo a conquistar para se sentir feliz.


Ser pessoa exige abertura em relação ao

mundo e ao próximo, relacionando-se e

comunicando.

A existência/presença dos outros é essencial para

que nos sintamos seguros. A Interação com os

outros é fundamental para à existência.


Personalidade
Personalidade – conjunto de traços psicológicos
que caraterizam o individuo, tais como:
• Gostos;
• Valores;
• Interesses;
• Formas de ser e de estar, face à realidade.
Cada pessoa é dotada de personalidade o que lhe

confere determinadas caraterísticas ( a sua máscara) que

tornam mais previsíveis os seus comportamentos.

As influências hereditárias , as experiências

pessoais e o meio social são as principais

condicionantes para a formação da personalidade.


• A Formação da Personalidade é um

processo complexo, nunca acabado, que

depende de muitos fatores e dos papeis que

representamos ao longo da vida.


http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/
0,,
EMI285925-17933,00-ESTUDO+MOSTRA+QU
E+A+PERSONALIDADE+INFLUENCIA+O+QUAN
TO+UMA+PESSOA+PESA.html
A personalidade constrói-se com base em
quatro princípios:
• Totalidade – integra todas as caraterísticas do
individuo (aspetos fisiológicos, morais,
psicológicos e sociais);
• Singularidade – diferencia um individuo de
outro qualquer;
• Continuidade – o comportamento de um
individuo é constante e, muitas vezes,
previsível;
• Dinamismo – apresenta-se em permanente
construção.
Herança Biológica
•Conceitos

Ciência que estuda a variabilidade


Genética
das caraterísticas de cada ser e a sua
transmissão à geração seguinte

Hereditariedade Transmissão de caraterísticas


genéticas dos progenitores aos
seus descendentes
Herança Biológica
Em termos genéticos existem dois tipos de
hereditariedade que coexistem no mesmo
individuo :
O aspeto, os hábitos, as atitudes e as reações não

são fruto unicamente da transmissão genética.

A sociedade a que cada um pertence também

molda e ensina comportamentos para o ser

humano.
Socialização e Herança Cultural
A socialização é o processo pelo qual as pessoas
apreendem os aspetos culturais da sociedade em
que vivem assumindo como seus.
• Este processo de aprendizagem vai acontecendo a
partir de modelos e por imitação , a maior parte das
vezes de forma espontânea (natural) – Assimilação
Espontânea.

• Cada individuo está, constantemente e de forma


inconsciente , a ser condicionado pelos outros nos
gestos mais simples do dia a dia.
• A forma de estar vai-se adaptando aos comportamentos
que são comuns aos membros da comunidade.
Para os Portugueses é natural
as mulheres cumprimentarem-se
com um beijo em cada face

mas se se tratar de dois seres do


sexo masculino o cumprimento
já é diferente, cumprimentam-se
com um aperto de mão.
A Socialização é um processo contínuo ao longo
da vida e permite que cada pessoa tenha um
conjunto de comportamentos idênticos aos dos
outros indivíduos da comunidade a que pertence.
A Socialização ocorre em duas situações:
• Socialização Primária;
• Socialização Secundária.
Socialização Primária
A Socialização primária ocorre durante a infância
e adolescência.
A família , a escola e o grupo de pares (amigos,
colegas) são os principais agentes da Socialização
– são eles que transmitem as principais regras , os
princípios e os hábitos para a vida em sociedade.
Socialização Primária
Através dela o individuo adquire um conjunto
de hábitos necessários para a adaptação as
mais adversas situações da vida quotidiana
como, por exemplo: comunicar com os outros ; as
regras básicas da educação (limpar a boca ao
guardanapo, comer com faca e garfo, vestir …, etc.) e
boas maneiras (dizer obrigado, cumprimentar o
outro….)
Socialização Secundária
A Socialização Secundária acontece sempre que o
individuo , já na idade adulta, tem que se adaptar a
novas atitudes e adotar novos comportamentos.
Acontece sempre que ocorrem
alterações no estatuto pessoal, profissional ou social.
Por exemplo: Quando a pessoa se casa ou divorcia;
quando tem filhos; quando começa a trabalhar ou muda
de emprego; quando emigra, etc.
Agentes da Socialização
• O ser humano necessita de viver em grupo e

é em interação com os outros que constrói a

sua personalidade e adquire valores e

regras de comportamento da Sociedade a

que pertence.
Sociedade – conjunto de indivíduos que
interagem entre si, unidos por gostos , costumes ,
tradições , etc.
Dos agentes da Socialização destacam-se os
seguintes:
• Família
• Escola
• Grupo de amigos ou grupo de pares
• Meios de Comunicação
Dos agentes da Socialização destacam-se os
seguintes:
• Família
• Escola
• Grupo de amigos ou grupo de pares
• Meios de Comunicação
Família
• A família tem um papel imprescindível no processo de
Socialização de uma criança: é a família que transmite
traços culturais e valores próprios do grupo social, bem
como modelos de comportamento.
• É com a família que aprendemos, por exemplo, as
regras básicas da boa educação, os hábitos de higiene e
de alimentação, a falar, a exprimirmo-nos, a ouvir
musica e a ler um determinado livro.
Escola
• Depois da família, surge como agente de socialização
mais importante a escola. Na escola existe todo um
conjunto complexo de aprendizagens que são
acrescentadas à socialização feita pela família.
• Na escola as crianças aprendem alguns
conhecimentos técnicos, a comportar-se na sala de
aula, a ser pontuais, a cumprir determinadas regras
de disciplina e a respeitar o professor e os colegas.
Grupo de amigos ou grupo de
Pares
São agentes de socialização muito influentes.

São pessoas com idades próximas e/ou interesses

comuns formam fortes laços .


Meios de Comunicação
São agentes de socialização que exercem
grande influencia., de forma positiva ou
negativa.
O cinema, a televisão, os jornais, as revistas, a
rádio e a internet são meios que estimula
comportamentos e constituem instrumentos
de aprendizagem.
A influencia das tendências de moda e da
publicidade nas atitudes de consumo é
enorme.
Socialização no Espaço e no Tempo
• O Processo de Socialização está em constante
adaptação e mudança, tanto no espaço como no
tempo.
• Os fenómenos humanos só podem ser
entendidos nos contextos históricos em que se
integram e nas relações estabelecidas pelas
pessoas que habitam num certo espaço.
Estudo caso 2
Cultura
• Para além da Herança biológica e social ,
herdamos também a Cultura.

• Cultura – herança de um conjunto de


costumes, rituais e ideias adotadas pelo ser
humano enquanto membro da sociedade e
transmitidas de geração em geração.

Igreja Sta Maria Chaves

Você também pode gostar