Você está na página 1de 10

ESTRATÉGIAS DE

LEITURA
Clique no ícone
QUAL A FUNÇÃO para adicionar
DA LEITURA ? uma imagem
Compreender um texto e a
partir daí reconstruir sua
interpretação sobre
determinado assunto,
concordando ou não sobre o
que é dito. Para isso é
necessário:
 Conhecimento de mundo ;
 Conhecimento do gênero
textual
 Inferir sentido ao texto :
interpretando; gerando
hipóteses; fazendo previsões
e concluindo.
O 1º passo – leitura literal:
observar o título ; o domínio
discursivo; qual o título; o
vocabulário apresentado –
variantes linguísticas - ; e o
Ler é construir assunto abordado .
O 2º passo – leitura
sentido e não apenas contextual : Quais
decodifcar . informações estão ocultas ?
O texto é formal, informal ?
Estudo do vocabulário do
texto.
A leitura é uma prática em O 3º passo – leitura
que ocorre um processo de intertextual: Buscar relação
interação/relação entre o com seus conhecimentos
leitor e a informação prévios sobre o assunto
apresentada . abordado, sobre o gênero
textual e entre outras
informações.
ESTRATÉGIAS...
 Ler o texto pelo menos 3 vezes. A
primeira vez para se ter uma ideia do
assunto abordado,
 na segunda vez , grifar e anotar as
partes importantes eliminando os
comentários sobre o assunto e
 na terceira vez ler apenas as partes
grifadas observando se a ideia
principal prevalece.
 Concentre-se ! Limpe sua mente e
fique conectado apenas ao seu texto.
A LUA FOI AO CINEMA

A lua foi ao cinema,


passava um filme engraçado,
a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas


uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,


ninguém olhava para ela,
e toda a luz que ela tinha
cabia numa janela.

A lua ficou tão triste


com aquela história de amor,
que até hoje a lua insiste:
- Amanheça, por favor!
Paulo Leminski
A LUA FOI AO CINEMA

A lua foi ao cinema,


passava um filme engraçado,
a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas


uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,


ninguém olhava para ela,
e toda a luz que ela tinha
cabia numa janela.

A lua ficou tão triste


com aquela história de amor,
que até hoje a lua insiste:
- Amanheça, por favor!
Paulo Leminski
A LUA FOI AO CINEMA
Compare:
A LUA FOI AO CINEMA
A lua foi ao cinema,
passava um filme engraçado, A lua foi ao cinema,
a história de uma estrela passava um filme engraçado,
que não tinha namorado. a história de uma estrela
que não tinha namorado.

Não tinha porque era apenas Não tinha porque era apenas
uma estrela bem pequena, uma estrela bem pequena,
dessas que, quando apagam, dessas que, quando apagam,
ninguém vai dizer, que pena! ninguém vai dizer, que pena!

Era uma estrela sozinha,


Era uma estrela sozinha,
ninguém olhava para ela,
ninguém olhava para ela, e toda a luz que ela tinha
e toda a luz que ela tinha cabia numa janela.
cabia numa janela.
A lua ficou tão triste
A lua ficou tão triste com aquela história de amor,
que até hoje a lua insiste:
com aquela história de amor,
- Amanheça, por favor!
que até hoje a lua insiste:
Paulo Leminski
- Amanheça, por favor!
Paulo Leminski