Você está na página 1de 8

Malhas de Processo

(CONTROLE FEEDBACK)
Introdução:
Controle de malha fechada. Também chamado
de controle retroativo (realimentação ou feedback).
necessita de informações da saída do controlador através de
elementos sensores ou transdutores, compara o sinal da saída
com o set-point(referência) e corrige a saída caso a mesma
esteja desviando-se dos parâmetros programados.
Definição de controle por
realimentação:
O controle e feito com base na comparação entre o resultado
obtido e desejado.
controle por realimentação feedback: maneira mais tradicional
de controle em processos. E feita através da medição e
comparação do valor medido com o valor desejado(set point)
e alimenta um erro em um controlador feedback de modo a
levar a variável e o valor desejado.
Controle Em Malha Fechada
No controle em malha fechada, informações sobre como a saída de controle está
evoluindo são utilizadas para determinar o sinal de controle que deve ser aplicado ao
processo em um instante específico. Isto é feito a partir de uma realimentação da
saída para a entrada. Em geral, a fim de tornar o sistema mais preciso e de fazer com
que ele reaja a perturbações externas, o sinal de saída é comparado com um sinal de
referência (chamado no jargão industrial de set-point) e o desvio (erro) entre estes
dois sinais é utilizado para determinar o sinal de controle que deve efetivamente ser
aplicado ao processo. Assim, o sinal de controle é determinado de forma a corrigir
este desvio entre a saída e o sinal de referência. O dispositivo que utiliza o sinal de erro
para determinar ou calcular o sinal de controle a ser aplicado à planta é chamado
de controlador ou compensador. O diagrama básico de um sistema de controle em
malha fechada.
O processo na planta HART
O processo é determinado como um processo de Controle De
Nível Simples Feedback.

Os instrumentos a serem utilizados são:

- Sensor – placa de orifício


- Atuador – válvula globo
- CLP – SIEMENS S1200
- Motor bomba
Processo na planta
Descrição do processo na planta HART:

 1º etapa : Consiste em, através de um sensor ou o acionamento pelo CLP a iniciação do


enchimento do tanque ligando a bomba e abrindo a válvula.

 2º etapa: Através do setpoint determinamos através de um sinal de 4 a 20mA o quanto


queremos de nível queremos no tanque.

 3º etapa: Em seguida, através da placa de orifício podemos obter através da variável


pressão, o nível que está no tanque no momento da verificação ou também podemos
constatar o mesmo pela régua que está instalada ao lado do tanque

 4º etapa: Através da realimentação e do comparador podemos relacionar o valor


encontrado com o valor do setpoint, se o valor medido não é o que desejamos utilizamos do
PID para corrigi-lo tornando assim o processo mais exato
conclusão

Em resumo, a utilização da realimentação e, portanto, do controle em malha fechada,


permite entre outros:

 aumentar a precisão do sistema.

 reduz o efeito de perturbações externas.

 melhorar a dinâmica do sistema e, eventualmente, estabilizar um sistema naturalmente


instável em malha aberta.

 diminuir a sensibilidade do sistema a variações dos parâmetros do processo, ou seja,


tornar o sistema robusto