Você está na página 1de 24

ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA


EDUCAÇÃO
Aula de Revisão para a AV2

Prof. Dr. Mauro Leão

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

Nesta aula vamos refletir sobre:

• os conteúdos das aulas de 1 a


10, com o objetivo facilitar o
estudo para a AV2.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O CONCEITO ANTROPOLÓGICO DE CULTURA

Segundo Edward Tylor, em seu trabalho


intitulado Primitive Culture, de 1871, a
cultura poderia ser definida como todo
aquele conjunto de conhecimentos, que MODELO DE MOLDURA PARA
IMAGEM COM ORIENTAÇÃO
inclui crenças, arte, moral, lei, costumes e VERTICAL

quaisquer outras capacidades e hábitos


adquiridos pelo homem como membro de
um grupo ou sociedade.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

ETNOCENTRISMO

O etnocentrismo é um
fenômeno universal. Os
indivíduos veem o mundo MODELO DE MOLDURA PARA
através de sua cultura e têm IMAGEM COM ORIENTAÇÃO
HORIZONTAL
a propensão em considerar o
seu modo de vida como o
mais correto e o mais
natural.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O POSITIVISMO

Auguste Comte (1798-1857)

A Lei dos Três Estados:

Teológico Metafísico Positivo

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A Lei dos Três Estados

Positivo

Metafísico

Teológico

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O pensamento
sociológico de
Émile Durkheim
(1858-1917)

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O CONCEITO DE FATO SOCIAL

Em As Regras do Método Sociológico, Durkheim afirma que


o objeto de estudo da Sociologia são os fatos sociais. Eles
seriam aqueles modos de agir, pensar e sentir que
exercem sobre os indivíduos uma coerção externa e que
possuem existência própria.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

AS FORMAS DE SOLIDARIEDADE OU
DE COOPERAÇÃO SOCIAL

Segundo Durkheim, o meio moral em determinada


sociedade é produzido pela cooperação entre os indivíduos,
por meio de um processo de interação que ele definiu
como a divisão do trabalho social. Neste sentido haveriam
duas formas básicas de se construir esta cooperação ou
solidariedade, que seriam a solidariedade mecânica e a
solidariedade orgânica.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO PARA


DURKHEIM

A educação para Durkheim seria o processo pelo qua os


indivíduos aprendem a ser membros da sociedade.
Conseqüentemente, as práticas de educação adequadas,
para este autor, seriam aquelas próprias ao meio moral
compartilhado por cada um.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

NAS PALAVRAS DO PRÓPRIO


DURKHEIM:
A educação é a ação exercida pelas
gerações adultas sobre as gerações que
não se encontram ainda preparadas
para a vida social; tem por objeto
suscitar e desenvolver na criança, certo
número de estados físicos, intelectuais
e morais pela sociedade política, no seu
conjunto, e pelo meio moral a que a
criança particularmente se destinem
(Durkheim, Educação e Sociologia).
AULA DE REVISÃO AV2
ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A SOCIOLOGIA DE KARL MARX

Karl Marx
(1818-1883)

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O MATERIALISMO HISTÓRICO

O método de abordagem da vida social, elaborado por


Marx, foi chamado posteriormente de Materialismo
Histórico. De acordo com tal concepção, as relações
materiais que os homens estabelecem entre si, o modo
como produzem os seus meios de vida, formam a base
de todas as suas relações.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O MATERIALISMO HISTÓRICO

FORÇAS
PRODUTIVAS

MODO DE
PRODUÇÃO

RELAÇÕES
DE
PRODUÇÃO

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

Na sociedade capitalista, segundo Marx, este


antagonismo de classes se daria entr
Burguesia X Proletariado

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O CONCEITO DE ALIENAÇÃO
O trabalho na sociedade
capitalista é considerado como
algo sobre o qual o próprio
trabalhador não possui nenhum
controle. Este saber lhe foi
expropriado num processo
histórico, juntamente com os
meios de produção. Este
mecanismo é definido por Marx
como alienação.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A IDEOLOGIA
[Para a teoria marxista a ideologia
seria] “o conjunto de proposições
existentes com a finalidade de fazer
aparentar os interesses da classe
dominante com o interesse coletivo,
construindo uma hegemonia daquela
classe, tornando-se uma verdade
absoluta e natural”.

(Chauí, Marilena. O que é ideologia,


São Paulo, Ed. Brasiliense, pg. 81).

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O indivíduo integralmente desenvolvido

Para Marx o objetivo das práticas de educação deveria ser o


de romper com o processo de alienação, presente na
sociedade capitalista. Segundo ele todos deveriam
conjugar trabalho manual e intelectual e desta forma
substituir o indivíduo com uma formação fragmentada por
um outro integralmente desenvolvido.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A FORMAÇÃO INTEGRAL
A análise das obras de Marx
permite concluir que, para este
autor, os conteúdos
educacionais adequados devem
contemplar três dimensões:
uma educação intelectual, uma
educação tecnológica e uma
educação física.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A SOCIOLOGIA DE MAX WEBER

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A SOCIOLOGIA COMPREENSIVA
Esta compreensão do sentido subjetivo das
ações dos indivíduos, que se relacionam com
os demais membros da sociedade ou grupo é
a base da sociologia weberiana. Neste
sentido, para Weber a sociologia seria uma
ciência compreensiva.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

O CONCEITO DE AÇÃO SOCIAL

A base da sociologia weberiana pode ser estruturada a


partir do conceito de ação social, que segundo Weber
seria todo tipo de conduta humana relacionada a outros
indivíduos e dotada de um sentido subjetivamente
elaborado.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A PEDAGOGIA DO CULTIVO
A pedagogia do cultivo teria como
objetivo educar o indivíduo e
prepará-lo culturalmente para a
camada social em que vive,
desenvolvendo nele certas formas
de reflexividade, com vistas ao
comportamento social. Esta
prática pode ser comparada à
educação humanista do Ocidente,
assumindo a característica de uma
“qualificação cultural” no
sentido de uma educação de
caráter abrangente.

AULA DE REVISÃO AV2


ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

A PEDAGOGIA DO TREINAMENTO
A racionalização da vida social e
a crescente burocratização do
Estado moderno, fez com que a
educação deixasse gradualmente
de ter como objetivo a
“qualidade da posição do homem
na vida” e passasse a se
constituir num projeto
especializado com o objetivo de
formar peritos e especialistas,
com vistas ao mercado de
trabalho.
AULA DE REVISÃO AV2